Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

7 Dicas para viver melhor com a Endometriose

A Endometriose causa dor abdominal, cólicas intensas, além de dor e desconforto durante ou após o contato íntimo. Estes sintomas podem ser diminuídos através da prática de exercício físico, ou através do aumento do consumo de alimentos ricos em omega-3, por exemplo.

Além disso, acompanhar o ciclo menstrual, usando um calendário pode ajudar a observar melhor quando os sintomas da endometriose pioram e quando melhoram. Por isso experimente anotar os dias em que os sintomas se intensificam e tente relacionar os hábitos que favorecem este aumento.

Sistema reprodutor feminino normalSistema reprodutor feminino normal
Sistema reprodutor feminino com EndometrioseSistema reprodutor feminino com Endometriose

Existem alguns truques e dicas que podem ajudar a lidar melhor com esta doença, ajudando a diminuir os sintomas de dor e desconforto e a viver melhor, como:

1) Fazer exercícios

A prática de exercício físico leve, como caminhada por exemplo, ajuda a diminuir o desenvolvimento da endometriose, pois o exercício físico reduz os níveis de estrogênio no organismo, o principal hormônio que controla o ciclo menstrual da mulher.

Além disso, o uso de um calendário do ciclo menstrual, ajudar a entender melhor qual a influência da prática de exercício físico nos sintomas da doença.

2) Tomar remédios para a dor e cólica

Alguns remédios como Danilon, Motrin ou Artril, ajudam a aliviar a dor, o desconforto e os espasmos causados pela endometriose, ajudando assim a ultrapassar os períodos da doença onde os sintomas são mais evidentes.

3) Alimentação - Investir no ômega 3

Fazer uma alimentação abundante em alimentos ricos em omega-3 como salmão, sardinha ou atum, sementes como linhaça ou chia, e frutos oleaginosos como castanhas e amendoim, ajuda a reduzir naturalmente a produção de hôrmonios prostaglandinas, diminuindo assim a inflamação e os sintomas apresentados.

Além disso, o consumo de café ou de bebidas contendo cafeína como alguns chás ou refrigerantes, deve ser evitado pois em alguns casos a cafeína pode piorar a dor.

4) Evitar usar absorvente interno

O uso de absorventes internos deve ser evitado por quem tem endometriose, pois o fluxo menstrual deve sempre estar livre e desimpedido, sendo por isso recomendado usar absorventes normais durante a menstruação. Os absorventes internos vão obstruir o canal vaginal como uma espécie de rolha, o que pode piorar a dor e cólicas menstruais.

5) Compressas para o alivio da dor

Usar compressas quentes de calor úmido, como uma toalha molhada aquecida, ou uma bolsa de água quente, é um truque que ajuda a diminuir a cólica menstrual, a dor lombar e o desconforto na menstruação. Nestes casos, é recomendado que coloque uma a compressa quente no local com dor, sempre que tiver dor ou cólica.

Por outro lado, em algumas pessoas as compressas quentes podem não funcionar, sendo nestes casos recomendado experimentar compressas frias feitas com gelo, que devem ser aplicadas sobre a região inferior do abdômen, durante cerca de 15 minutos, sempre que a dor formais intensa.

Além disso, beber bebidas mornas como chá de Hortelã pimenta, ajudam a diminuir os espasmos, dor e cólica menstrual. Veja como fazer este chá em Benefícios do chá de Hortelã.

6) Acupressão

A acupressão é uma antiga terapia alternativa, que ajuda a aliviar algumas dores, sem necessidade de usar remédios analgésicos, através da compressão de diferentes pontos do corpo. Assim, para o alivio da dor pode ser pressionado um ponto que se localiza no interior da perna, cerca de 5 cm acima do tornozelo, durante cerca de 1 minuto, com força suficiente para deixar a ponta da unha do polegar branca.

Outro ponto de acupressão que pode ser pressionado para o alivio da dor localiza-se nas mãos, no ponto central entre o polegar e o indicador.

7) Usar de lubrificante íntimo

Algumas mulheres com endometriose, podem ter dor e dificuldade durante o contato íntimo, sendo por isso recomendado que experimente novas posições, que possa descobrir qual a causa menos dor e desconforto. Além disso, o uso de lubrificante também pode ajudar a diminuir a dor e desconforto durante o contato íntimo.

Se pretender engravidar, pode também usar lubrificante próprio para engravidar, como é o caso do Conceive Plus, um lubrificante que pode ajudar a mulher a engravidar, pois favorece o pH ideal, aumentando as chances do espermatozoide chegar ao óvulo.

Além disso, compartilhar os seus sentimentos com outras pessoas, também pode ajudar a lidar melhor com a doença e a enfrentar melhor todas as complicações e problemas que esta trás. Por isso, uma conversa com um familiar chegado, uma amiga ou até mesmo com um psicologo pode fazer toda a diferença.

Mais sobre este assunto:
Carregando
...