Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Descolamento da retina

O descolamento da retina consiste na separação da retina, que é a parte que forma as imagens no olho, da camada de vasos sanguíneos no fundo do olho. Assim, a retina deixa de receber a quantidade de oxigênio necessário, podendo causar cegueira caso não seja tratada a tempo.

Geralmente, o descolamento da retina é mais frequente após os 50 anos, devido ao envelhecimento, porém, também pode surgir em pacientes jovens que sofreram pancadas na cabeça ou olho, que têm diabetes ou que apresentam problemas no olho, como glaucoma.

O deslocamento da retina tem cura através de cirurgia, no entanto, o tratamento deve ser iniciado o mais rápido possível para evitar complicações permanentes, como diminuição do campo de visão.

Olho normalOlho normal
Olho com descolamento da retinaOlho com descolamento da retina

Sintomas de descolamento de retina

Os sintomas de descolamento da retina podem incluir:

  • Flashes de luz que surgem de forma repentina;
  • Pequenas manchas escuras, semelhantes a fios de cabelo, que surgem no campo de visão;
  • Sombra escura que cobre uma parte do campo de visão.

Estes sintomas, normalmente, surgem antes do descolamento da retina e, por isso, é recomendado consultar um oftalmologista imediatamente para fazer um exame completo do olho e iniciar o tratamento adequado, evitando complicações graves, como cegueira.

Cirurgia para descolamento da retina

A cirurgia é a única forma de tratamento para descolamento da retina, podendo ser feita através de laser, injeção de gás no olho ou substituição do líquido do olho.

No pós-operatório da cirurgia para descolamento da retina, o paciente pode apresentar desconforto, vermelhidão e inchaço no olho nos primeiros 7 dias e, por isso, o médico receita colírios para aliviar os sintomas até à consulta de revisão.

A recuperação do descolamento da retina depende da gravidade do descolamento, sendo que, nos casos mais graves, em que houve descolamento da parte central da retina, o tempo de recuperação pode durar várias semanas e a visão pode não ficar igual ao que era antes.

Links úteis:

Mais sobre este assunto:


Carregando
...