Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Para que serve e quando ir à consulta pós-parto

Agosto 2020

A primeira consulta da mulher após o parto deve ser cerca de 7 a 10 dias após de nascimento do bebê, quando o ginecologista ou obstetra que a acompanharam durante a gravidez irá avaliar a recuperação depois do parto e o seu estado de saúde em geral.

As consultas de pós parto são importantes para identificar problemas como alterações na tireoide e pressão alta, ajudando na recuperação da mulher e facilitando o retorno à rotina diária normal.

Para que serve e quando ir à consulta pós-parto

Para que servem as consultas

As consultas de acompanhamento da mulher após o nascimento do bebê são importante para detectar problemas como anemia, infecção urinária, pressão alta, diabetes, problemas na tireoide e trombose, além de avaliar a amamentação e a recuperação da vagina, em caso de parto normal, e dos pontos da cirurgia, em caso de cesariana.

Essas consultas também ajudam a identificar infecções na mãe que podem acabar passando para o bebê, além de o médico conseguir avaliar o estado emocional da mãe e diagnosticar casos de depressão pós-parto, quando é necessário acompanhamento de psicoterapia.

Além disso, a consulta pós parto também tem como objetivo avaliar o estado de saúde do recém nascido, apoiar e orientar a mãe em relação à amamentação e orientar os cuidados básicos a ter com o recém-nascido, assim como avaliar a sua interação com a mãe.

Veja também os 7 testes que o recém-nascido deve fazer.

Quando fazer as consultas

Em geral, a primeira consulta deve ser feita cerca de 7 a 10 dias depois do parto, quando o médico irá avaliar a recuperação da mulher e pedir novos exames.

A segunda consulta ocorre no fim do primeiro mês, e depois a frequência diminui para cerca de 2 a 3 vezes por ano. No entanto, caso algum problema seja detectado, as consultas deverão ser mais frequentes, podendo também ser necessário o acompanhamento com outros profissionais, como um endocrinologista ou um psicólogo.

Quando tomar anticoncepcional

Para evitar uma nova gravidez, a mulher pode optar por tomar pílula anticoncepcional específica para esta fase da vida, que contém apenas o hormônio progesterona, devendo ser iniciada cerca de 15 dias após o parto.

Essa pílula deve ser tomada diariamente, sem intervalo entre as cartelas, e deve ser trocada pelas pílulas convencionais quando o bebê passar a mamar apenas 1 ou 2 vezes por dia ou quando o médico indicar. Veja mais sobre que anticoncepcional tomar durante a amamentação.

Bibliografia >

  • MINISTÉRIO DA SAÚDE. PRÉ-NATAL E PUERPÉRIO: ATENÇÃO QUALIFICADA E HUMANIZADA. 2006. Disponível em: <https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/manual_pre_natal_puerperio_3ed.pdf>. Acesso em 18 Ago 2020
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem