Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Como saber o seu tipo de pele

A classificação do tipo de pele deve ter em conta as características do filme hidrolipídico, resistência, fototipo e idade da pele, que podem ser avaliadas através de um exame visual, tátil ou através de aparelhos específicos, que podem ser realizados com a ajuda de um profissional.

Identificar o tipo de pele é muito importante no momento de obter os produtos cosméticos que vão ser usados diariamente, para que se obtenham melhores resultados.

Como saber o seu tipo de pele

Tipos de pele em função das características hidrolipídicas

1. Pele normal

Geralmente, a pele normal não apresenta aspeto oleoso nem seco, tem brilho moderado, é luminosa, rosada, e é normalmente suave e firme ao tato, sem imperfeições. Os poros são geralmente imperceptíveis a olho nu e geralmente não apresenta espinhas.

2. Pele seca

A pele seca causa normalmente uma sensação de repuxamento após contacto com a água e é mais baça, com tendência a desenvolver rugas finas e a descamar. Não se deve confundir pele seca com pele desidratada, pois uma pele desidratada é uma pele que têm falta de água, enquanto uma pele seca tem falta de nutrientes e óleos. Além disso, pessoas com pele oleosa podem ter também pele desidratada. Saiba como tratar a pele seca.

3. Pele oleosa

Existem vários tipos de pele oleosa:

  • Pele oleosa seborreica, que é uma pele espessa, com excesso de oleosidade, brilhante, com poros muito visíveis e com gordura percetível ao toque e que geralmente não apresenta descamação nem vermelhidão;
  • Pele oleosa desidratada, que é uma pele com excesso de oleosidade, brilhante, com os poros percetíveis e com tendência a descamação, vermelhidão e irritação;
  • Pele oleosa com retenção de sebo, que apresenta brilho, retenção de sebo com aparecimento de espinhas, aspeto pálido, desidratação e tendência à irritação.

Veja como tratar a pele oleosa.

4. Pele mista

Geralmente, a pele mista é oleosa na zona T, que é a região da testa, nariz e queixo, e é seca ou normal nas regiões restantes.

Como saber o seu tipo de pele

Resistência da pele

A pele pode ainda ser resistente ou sensível. A pele sensível é uma pele que geralmente reage perante diferentes estímulos, como o frio e o calor, stress, alimentação, fatores hormonais ou uso de alguns produtos que contenham perfume e alguns ingredientes que causam irritação, podendo ocorrer queimadura, ardor, coceira, picadas, descamação e secura.

Fototipo da pele

A pele pode ainda ser classificada segundo a sua pigmentação e a forma como reage quando exposta ao sol:

FototiposDescriçãoSensibilidade ao sol
Tipo 1 - Muito claraQueima com facilidade e nunca bronzeiaMuito sensível
Tipo 2 - ClaraQueima com facilidade e bronzeia poucoSensível
Tipo 3 - Morena claraQueima e bronzeia moderadamente Normal
Tipo 4 - Morena moderadaQueima pouco e bronzeia com facilidadeNormal

Tipo 5 - Morena escura

Queima raramente e bronzeia bastantePouco sensível
Tipo 6 - NegraNunca queima e é totalmente pigmentadaInsensível

Como avaliar o tipo de pele

Existem várias formas de avaliar o tipo de pele e para o fazer, a pessoa não deve estar maquilhada nem ter nenhum produto cosmético na pele. A avaliação deve ser realizada com luz direta e sem sombras:

1. Exame visual

O exame visual consiste essencialmente na avaliação visual da textura e uniformidade da pele e identificação de anomalias cutâneas como poros dilatados, espinhas, descamação, vermelhidão entre outros.

2. Exame tátil

O exame tátil consiste em avaliar a pele através do toque e perceber a sua textura, elasticidade, firmeza e presença ou não de oleosidade.

3. Entrevista

A entrevista deve ser realizada pelo profissional de saúde que pode questionar a pessoa em relação aos seus hábitos de higiene, como a pele reage ao frio, calor, sol e vento, que tipo de produtos cosméticos a pessoa usa, qual o seu estilo de vida e atividade profissional e se ela tem alguma doença ou toma algum medicamento que poderá interferir no aspeto da pele.

4. Avaliação instrumental

Existem ainda vários aparelhos que permitem avaliar o tipo de pele através da avaliação de perda de água ou medição da oleosidade e outros que permitem medir a resistência da pele e a pigmentação. Estes exames devem ser realizados por um profissional de saúde.

Além disso, um bom método caseiro para determinar o tipo de pele, é passar um lenço de papel limpo no rosto, logo após acordar e observar a pele e o lenço num local com bastante claridade. Geralmente, em uma pele normal o lenço fica limpo, em pele mista e oleosa, o lenço pode ficar com alguma sujeira e em pele seca, pode-se sentir que fica um pouco ressecada e repuxada e pode-se ver descamação de pele no lenço

Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...