Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Como identificar a herpes genital

A herpes genital pode ser identificada pelo médico através da observação da região genital, da análise dos sintomas da doença e da realização de exames laboratoriais.

A herpes genital é uma Infecção Sexualmente Transmissível (IST), que se pode transmitir através de relações sexuais desprotegidas, durante o contato direto com o líquido liberado pelas bolhas formadas pelo vírus do herpes, levando ao surgimento de sintomas como ardência, coceira e desconforto na região genital.

Como identificar a herpes genital

Como identificar os sinais e sintomas

Os sintomas da herpes genital incluem bolhas ou bolinhas arredondadas, muito próximas umas das outras, contendo um líquido rico em vírus, de cor amarelada, e com vermelhidão ao redor.

Através da observação da área afetada, é possível determinar qual a região que está mais sensível à dor e com coceira, e se existe vermelhidão ou bolhas com líquido. Em alguns casos, as bolhas com líquido podem-se romper, devido à fricção ou ao ato de coçar, ou devido ao uso de roupas muito apertadas, por exemplo, o que aumenta as chances de desenvolver infecções secundárias, devido a entrada de bactérias.

Além disso, a pessoa também pode ter febre, calafrios e dor de cabeça e sentir ardor e dor ao urinar e defecar, principalmente se as bolhas estejam próximas da uretra e do ânus, sendo recomendado lavar a região com água e sabão neutro, sempre que se vai no banheiro.

Este vírus pode ser facilmente transmitido, o que geralmente acontece quando se entra em contato ou se tem uma relação íntima sem camisinha com uma pessoa que tem bolhas ou feridas com liquido. Saiba mais sobre como evitar pegar herpes genital.

Como é feito o diagnóstico

Para o diagnóstico da herpes genital, o ginecologista ou urologista poderá observar a região genital e realizar uma raspagem na ferida, a fim de armazenar uma pequena quantidade de líquido vindo de seu interior, para depois ser analisada em laboratório. Além disso, o médico também irá questionar a pessoa em relação aos sintomas que a levaram a deslocar-se à consulta.

Ao identificar o vírus, o médico poderá recomendar o tratamento com um antiviral como o aciclovir ou o valaciclovir, aplicação de pomadas com anestésico local, para aliviar a dor causada pelas bolhas, e orientar a pessoa a não ter relações sexuais enquanto houver ferida ou a usar camisinha para evitar a transmissão. Saiba mais sobre o tratamento para a herpes genital.

Bibliografia >

  • SOCIEDADE BRASILEIRA DE INFECTOLOGIA. Herpes Simples. Disponível em: <https://www.infectologia.org.br/pg/985/herpes-simples>. Acesso em 23 Jul 2020
  • PENELLO, Angelo M. et al. Herpes Genital. J bras Doenças Sex Transm. Vol.22(2). 64-72, 2010
  • BOSTON PUBLIC HEALTH COMMISSION INFECTIOUS DISEASE BUREAU. Herpes genital. 2011. Disponível em: <http://www.bphc.org/whatwedo/infectious-diseases/Infectious-Diseases-A-to-Z/Documents/Fact%20Sheet%20Languages/Genital%20Herpes/Portuguese.pdf>. Acesso em 23 Jul 2020
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem