Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Como é que a sibutramina emagrece?

A sibutramina é um remédio indicado para auxiliar na perda de peso em pessoas obesas com índice de massa corporal acima de 30 kg/m2, porque aumenta a saciedade, fazendo com que a pessoa consuma menos alimentos, e aumenta o metabolismo, facilitando assim a perda de peso.

No entanto, este medicamento tem riscos para a saúde e, além disso, ao interromper o tratamento com a sibutramina, algumas pessoas podem voltar ao peso que tinham inicialmente antes de começar a tomar o medicamento, podendo mesmo, em alguns casos, ultrapassar esse peso. Por isso, é muito importante o acompanhamento do médico durante o tratamento.

Como é que a sibutramina emagrece?

A sibutramina emagrece mesmo? Como funciona?

A sibutramina age inibindo a recaptação dos neurotransmissores serotonina, noradrenalina e dopamina, a nível cerebral, fazendo com que estas substâncias permaneçam em maior quantidade e durante mais tempo a estimular os neurônios, causando uma sensação de saciedade e aumentando o metabolismo.

O aumento da saciedade leva a uma menor ingestão de alimentos e o aumento do metabolismo leva a maiores gastos energéticos pelo organismo, o que contribui para a perda de peso. Estima-se que a perda de peso após cerca de 6 meses de tratamento, associado à adoção de um estilo de vida mais saudável, como uma alimentação equilibrada e prática regular de exercício físico, seja de cerca de 11 kg.

Saiba como usar e quaisas contra-indicações da sibutramina.

Posso voltar a engordar?

Vários estudos comprovam que, ao interromper a sibutramina, algumas pessoas voltam ao peso anterior com grande facilidade e algumas vezes engordam mais, chegando a ultrapassar o peso anterior, sendo, por isso, muito importante o acompanhamento médico.

Conheça outros remédios que o médico pode indicar para emagrecer.

A sibutramina faz mal?

O aumento de concentração de neurotransmissores ajuda a emagrecer, mas ao mesmo tempo, também exerce um efeito vasoconstritor e leva ao aumento da frequência cardíaca e da pressão arterial, aumentando o risco de ocorrência de ataque cardíaco ou AVC.

Por isso, antes de decidir tomar o medicamento, a pessoa deve ser informada acerca de todos os riscos que a sibutramina tem para a saúde e também da sua eficácia a longo prazo, devendo ser acompanhado pelo médico durante todo o tratamento. Saiba mais sobre os perigos da sibutramina para a saúde.


Bibliografia

  • LEGRAND PHARMA INDÚSTRIA FARMACÊUTICA LTDA. Cloridrato de sibutramina monoidratado. 2016. Link: <www.anvisa.gov.br>. Acesso em 22 Mai 2019
  • CAMPOS, Larissa Soares et. al.. ESTUDO DOS EFEITOS DA SIBUTRAMINA. Revista UNINGÁ Review. 20. 3; 50-53, 2014
  • SILVA, Viviana Peixoto. O USO DE SIBUTRAMINA NO TRATAMENTO DE PACIENTES OBESOS . Monografia, 2011. FACULDADE DE EDUCAÇÃO E MEIO AMBIENTE.
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem