Cinetose: o que é, sintomas, causas e tratamento

novembro 2022

A cinetose é o enjoo causado pela sensação de movimento, que pode estar associado a outros sintomas como vômitos, tontura e palidez. Nos casos mais graves, a pessoa também pode perder o equilíbrio e até não conseguir andar temporariamente.

Normalmente, a cinetose ocorre devido ao movimento durante viagens de carro, avião ou barco, por exemplo, sendo mais comum de acontecer em pessoas jovens, durante o ciclo menstrual e na gravidez.  

Em caso de suspeita de cinetose, caso os sintomas sejam intensos, frequentes ou demorem a passar é importante consultar um clínico geral. O tratamento geralmente envolve medidas para prevenir a cinetose e uso de medicamentos como anti-histamínicos e anticolinérgicos.  

Principais sintomas

Os principais sintomas de cinetose são:

  • Enjoo;
  • Vômitos;
  • Tontura;
  • Suores frios;
  • Sonolência;
  • Respirar fundo;
  • Visão embaçada;
  • Desorientação;
  • Palidez.

Geralmente, os sintomas surgem gradualmente momentos após a pessoa perceber o movimento, e tendem a ser aliviados após a pessoa vomitar. Além disso, nos casos mais graves, a pessoa pode não conseguir andar e sentir-se sem equilíbrio. Normalmente, os sintomas melhoram completamente em até 24 horas depois que o movimento para.

O que causa cinetose

A cinetose é causada por uma dificuldade de adaptação do corpo ao movimento, ocorrendo geralmente quando os sinais que o cérebro recebe através dos olhos são diferentes do movimento percebido pelo corpo. Os sintomas podem surgir ao viajar de carro, avião, barco e até mesmo ao andar de elevador ou usar óculos de realidade virtual, por exemplo. 

O risco de ocorrer cinetose é maior em caso de doenças, como vertigem e enxaqueca, pessoas mais jovens ou com bom condicionamento físico. Além disso, há maior risco de cinetose durante o ciclo menstrual ou na gravidez.

Como é feito o tratamento

O tratamento da cinetose geralmente envolve o uso de medicamentos anticolinérgicos, como escopolamina, e anti-histamínicos, como difenidramina ou prometazina, que devem ser utilizados apenas com orientação médica. Veja quais são os principais anti-histamínicos e os efeitos colaterais.

Normalmente, é indicado usar o medicamento entre 30 minutos e 1 hora antes da viagem ou quando os sintomas começarem a surgir. 

Cinetose tem cura?

A cinetose pode ser curada em alguns casos, quando o corpo da pessoa se acostuma com os movimentos que causam os sintomas. 

Como evitar a cinetose

Para evitar a cinetose é importante:

  • Estar descansado antes de viajar
  • Sentar no lugar da frente ou junto a uma janela e olhar para o horizonte;
  • Evitar ler durante a viagem ou utilizar dispositivos, como celular, portátil ou tablet;
  • Utilizar travesseiros que apoiem bem a cabeça, em caso de dormir durante a viagem; 
  • Evitar fumar, em caso de tabagismo;
  • Não fazer refeições pesadas antes da viagem; 
  • Evitar ingerir alimentos muito ácidos ou com gordura, como atum, salame e queijo antes de viajar;
  • Não tomar café, álcool ou muitos líquidos antes da viagem;
  • Abrir um pouco a janela para respirar ar fresco, sempre que possível;
  • Evitar cheiros fortes, como fumaça de cigarro e perfumes, por exemplo.

Além disso, alguns remédios caseiros para enjoo que possuem propriedades antieméticas e antiespasmódicas podem ser indicados pelo médico para complementar o tratamento, como chá de gengibre ou hortelã-pimenta. Confira mais opções de chá para enjoo.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Jonathan Panoeiro - Neuropediatra, em novembro de 2022. Revisão clínica por Manuel Reis - Enfermeiro, em novembro de 2022.

Bibliografia

  • LEUNG, Alexander K. C; HON, Kam L. Motion sickness: an overview. Drugs Context. Vol.8. 9-4, 2018
  • STATPEARLS. Motion Sickness. 2022. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK539706/>. Acesso em 04 nov 2022
Mostrar bibliografia completa
  • APSEN FARMACÊUTICA S.A.. MECLIN. 2014. Disponível em: <http://www.anvisa.gov.br/datavisa/fila_bula/frmVisualizarBula.asp?pNuTransacao=9088752015&pIdAnexo=2894960>. Acesso em 16 set 2019
  • TAKEDA. Dramin. 2009. Disponível em: <https://www.takeda.com/siteassets/pt-br/home/what-we-do/produtos/dramin_caps_25mg_drcgm25_nspc_0616_vps__bula-profissional.pdf>. Acesso em 16 set 2019
  • COELHO, Carlos S.M., et. al.. ENENJOO DE MOVIMENTO: ETIOLOGIA, FACTORES PREDISPONENTES E ADAPTAÇÃOFACTORES PREDISPONENTES E ADAPTAÇÃO. PSICOLOGIA, SAÚDE & DOENÇAS. 8. 1; 33-48, 2007
  • CENTERS FOR DISEASE CONTROL AND PREVENTION. Motion Sickness. Disponível em: <https://wwwnc.cdc.gov/travel/page/motion-sickness>. Acesso em 16 set 2019
  • NHS. Motion sickness. Disponível em: <https://www.nhs.uk/conditions/motion-sickness/>. Acesso em 12 abr 2021
Revisão clínica:
Manuel Reis
Enfermeiro
Pós-graduado em fitoterapia clínica e formado pela Escola Superior de Enfermagem do Porto, em 2013. Membro nº 79026 da Ordem dos Enfermeiros.