Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Cauterização do colo do útero: Como é feita e Recuperação

A cauterização do colo do útero é um tratamento utilizado nos casos de feridas no útero provocadas por HPV, alterações hormonais ou infecções vaginais, por exemplo, assim como em casos de corrimento ou sangramento excessivo após o contato íntimo.

Geralmente, durante a cauterização do colo do útero, o ginecologista utiliza um aparelho para queimar as lesões no colo do útero, permitindo que novas células saudáveis se desenvolvam no local afetado.

A cauterização do colo uterino pode ser feita no consultório do ginecologista com anestesia local e, por isso, não dói, porém algumas mulheres podem sentir algum desconforto no momento em que o médico realiza a cauterização. Veja as principais causas de ferida no útero, que podem precisar de cauterização.

Cauterização do colo do útero: Como é feita e Recuperação

Como é feita a cauterização

A cauterização do colo do útero é feito de forma semelhante ao papanicolau e, por isso, a mulher deve retirar a roupa abaixo da cintura e ficar deitada na maca do ginecologista, com as pernas ligeiramente afastadas, para permitir a introdução de um objeto que mantém o canal vaginal aberto e que é chamado de espéculo.

Depois, o ginecologista coloca anestesia no colo do útero, para evitar que a mulher sinta dor durante o procedimento, e insere um aparelho mais comprido para queimar as lesões do colo do útero, o que pode demorar entre 10 a 15 minutos.

Como é a recuperação após a cauterização

Após a cauterização a mulher pode voltar a casa sem precisar ficar internada, no entanto, não deve conduzir devido aos efeitos da anestesia, sendo, por isso, recomendado que seja acompanhada por um familiar.

Além disso, durante a recuperação da cauterização do colo uterino é importante saber que:

  • Podem surgir câimbras abdominais nas primeiras 2 horas após o procedimento;
  • Podem acontecer pequenos sangramentos até 6 semanas após a cauterização;
  • Deve-se evitar contato íntimo ou utilizar tampões até que os sangramentos desapareçam;

Nos casos em que a mulher apresenta muitas câimbras abdominais após a cauterização, o médico pode receitar analgésicos, como o Paracetamol ou Ibuprofeno, para ajudar a aliviar a dor.

Quando ir no médico

É recomendado ir ao pronto-socorro quando surge:

  • Febre acima de 30ª;
  • Corrimento com cheiro fétido;
  • Aumento do sangramento;
  • Cansaço excessivo;
  • Vermelhidão na região genital.

Estes sintomas podem indicar o desenvolvimento de uma infecção ou hemorragia e, por isso, deve-se ir imediatamente ao hospital para iniciar o tratamento adequado e evitar o desenvolvimento de complicações graves.

Saiba tudo sobre o tratamento de feridas uterinas em: Como tratar a ferida no útero.

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Mais sobre este assunto:


Publicidade

LIVE | Saúde da Prostata

A Tatiana e o Manuel vão estar te esperando num encontro informal para falar tudo sobre problemas na próstata.

A sua presença vai fazer o evento ser mais especial.

Se inscreva e receba uma notificação quando começar, para não perder nenhum minuto.

Inscreva-se
* Não perca a oportunidade de fazer perguntas e participar deste momento em homenagem ao Novembro Azul.

Estamos ao vivo agora! Vem falar com a gente!

A Tati e o Manuel falam sobre problemas na próstata, o preconceito dos homens a respeito do exame de toque retal, e até sobre impotência sexual, que pode ser um complicação da detecção tardia desse tipo câncer.

Participe agora
* Vamos responder todas as perguntas que chegarem, sem tabus. Estamos te esperando!
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem