Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Como Evitar as Principais Causas do Cabelo Oleoso

Dormir com fronha de algodão, excesso de estresse, uso de produtos inapropriados ou aplicação de cosméticos na raiz do cabelo, são alguns dos fatores que podem aumentar a oleosidade produzida pelo cabelo.

A tendência do cabelo para ficar oleoso depende de pessoa para pessoa, pois ela é causada especialmente por fatores genéticos responsáveis pelo tipo de cabelo e pela sua capacidade para produzir cebo. O cabelo oleoso é um tipo de cabelo bastante sensível, que exige alguns cuidados. Por isso, fique a conhecer que fatores que podem contribuir para um cabelo oleoso e com pouco volume:

Como Evitar as Principais Causas do Cabelo Oleoso

9 Principais Causas de Oleosidade no Cabelo

1. Alterações hormonais

As alterações hormonais como as sentidas durante a gravidez podem provocar um aumento da oleosidade no cabelo, pois pode ser potenciada uma produção elevada de gordura pelas células do cabelo durante esses períodos.

Geralmente estes períodos são transitórios, e com o tempo o cabelo acaba voltando ao normal. O ideal nesse períodos é consultar um dermatologista, para fazer um tratamento para o controle da oleosidade.

2. Excesso de estresse ou de preocupações

Períodos de grande estresse ou com muitas preocupações podem acabar provocando oleosidade no cabelo, pois as alterações que ocorrem no sistema nervoso durante esse período acabam aumentando a produção de gordura pelo couro cabeludo.

Outra alteração comum durante esses períodos é o aumento da quantidade de suor produzida, o que também acaba contribuindo para o aumento da oleosidade no cabelo.

Nestas alterações, o recomendado é também consultar um dermatologista para fazer um tratamento para o controle da oleosidade e tentar relaxar, através de técnicas como o yoga ou meditação por exemplo.

3. Uso de produtos não apropriados no cabelo

Usar produtos que não são adequados para cabelos oleosos como shampoo, condicionador ou creme de pentear por exemplo, podem acabar aumentando a oleosidade no cabelo.

Como Evitar as Principais Causas do Cabelo Oleoso

Estes produtos, especialmente quando são indicados para cabelos secos acabam não só aumentando a oleosidade na raiz do cabelo, como também podem deixar estes tipos de cabelo pesados e sem volume.

Os produtos para cabelos oleosos, para aumentar o volume ou a densidade são sempre os mais indicados, pois apenas eles permitem uma limpeza profunda na raiz do cabelo, eliminando eficientemente todos os resíduos de gordura dos poros.

4. Alimentação rica em gorduras

Fazer uma alimentação rica em alimentos gordurosos como frituras, fast food, manteigas, creme de leite, queijos amarelos ou molhos, por exemplo, é outra das causas que pode levar a um aumento da oleosidade no cabelo.

Estes alimentos acabam contribuindo para a produção de gordura pelo couro cabeludo, pois acabam alterando o metabolismo do corpo e o funcionamento dos folículos capilares.

O ideal é evitar este tipo de alimentos e apostar numa alimentação saudável, com poucas gorduras. Além disso, investir em alimentos ricos em Vitamina A, Biotina, Silicio, Zinco, Betacaroteno, ômega-3, aminoácidos e colágeno
ajuda a fortalecer os fios, o que contribui para a saúde do cabelo.

Assista a esse vídeo da Tati para aprender a preparar uma vitamina para fortalecer o cabelo:

5. Lavar o cabelo com água quente

Lavar o cabelo com água quente é outro fator que aumenta a oleosidade no couro cabeludo, sendo por isso indicado lavar sempre que possível com água morna ou fria.

Além disso, secar o cabelo com o secador numa temperatura muito quente também acaba trazendo as mesmas consequências da água quente, sendo por isso recomendado manter o secador em temperaturas mais baixas, secando sempre com ele longe do couro cabeludo.

6. Usar cosméticos na raiz do cabelo

Passar máscara, creme de pentear ou protetor térmico diretamente no couro cabeludo ou usar ampolas de hidratação são outros comportamentos que também contribuem para o aumento da produção de óleo.

Esses produtos podem ser usados, porém devem ser evitados produtos muito gordurosos e a sua utilização deve restringir-se ás pontas do cabelo.

7. Usar chapéus, lenços ou toucas no cabelo

O ideal para os cabelos com tendencia para a oleosidade é andarem soltos, pois o uso de acessórios como chapéus, lenços ou toucas por exemplo dificultam a respiração e ventilação do coura cabeludo.

O ideal mesmo é optar pelo cabelo solto ou fazer penteados simples, pondo de parte este tipo de acessórios.

8. Usar fronha de algodão para dormir

As fronhas de algodão roubam a umidade dos fios, o que acaba por ressecar o cabelo, aumentar o frizz e estimular a produção de sedo na raiz do cabelo.

O ideal é optar pelas fronhas de seda ou de cetim, que mantêm a umidade natural do cabelo e ajudam no controle da oleosidade, ou usar toucas de cetim para dormir. 

Como Evitar as Principais Causas do Cabelo Oleoso

9. Passar regularmente a mão pelo cabelo

Passar regularmente a mão pelo cabelo,  jogando o cabelo para trás ou para o lado, é um comportamento que estimula a produção de sebo e que acaba piorando a oleosidade. Além disso, este hábito faz com que toda a sujeira das mãos passe para o cabelo, deixando-o também mais sujo e mais pesado. 

Por isso, se quer livrar-se desse hábito, opte por usar um grampo ou piranha para prender a franja, ou escolha usar o cabelo amarrado. 

O cabelo oleoso pode ser difícil de lidar, mas essas dicas vão ajudar a manter o óleo sob controle. Se não sabe qual o seu tipo de cabelo, aprenda a identificar em Saiba qual é o seu tipo de cabelo.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...