Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Bócio - O que é e quais os Sintomas

O Bócio surge quando a glândula da tireoide aumenta de tamanho, formando uma espécie de nódulo ou caroço na região do pescoço, que se torna mais arredondado e mais largo do que o normal. O bócio geralmente consegue ser facilmente observado sem grande dificuldade, e ele pode ser simétrico, assimétrico, composto por um nódulo ou por um conjunto deles, sendo nestes casos conhecido como bócio nodular ou multinodular. 

O bócio pode ter diversas causas, mas é comum surgir quando surgem distúrbios no funcionamento da tireoide, como o hipertireoidismo ou hipotireoidismo, sendo por isso recomendado consultar um endocrinologista logo que possível, para que possa investigar e tratar o problema. 

Bócio - O que é e quais os Sintomas

Principais Sintomas 

Os principais sintomas que indicam o surgimento do bócio incluem: 

  • Dificuldade para engolir; 
  • Surgimento de um nódulo ou caroço no pescoço; 
  • Aparecimento de tosse;
  • Desconforto na região do pescoço;
  • Sensação de falta de ar; 
  • Rouquidão.

Além disso, também podem surgir sintomas como cansaço fácil, depressão, dores musculares ou nas articulações que podem indicar a presença de hipotireoidismo. 

Possíveis causas 

Algumas das possíveis causas que podem levar ao surgimento do bócio incluem: 

  • Distúrbios no funcionamento da tireoide como hipertireoidismo ou hipotireoidismo;
  • Uso de alguns medicamentos;
  • Doenças autoimunes como a tireoidite autoimune;
  • Infecções;
  • Tumor na tireoide.

O bócio também pode surgir devido a deficiências em iodo, que fazem com que a glândula da tireoide seja forçada trabalhar mais para capturar iodeto necessário para a síntese dos hormônios tireoidianos. Este trabalho forçado feito por esta glândula leva ao seu aumento de tamanho e assim ao surgimento do bócio. Além disso, existem casos onde o bócio surge logo à nascença, sedo nestes casos conhecido como bócio congênito.

Como saber se tenho Bócio

O diagnóstico do bócio pode ser feito através de um conjunto de exames, que determinam se o bócio é maligno ou não, se e ou não câncer. 

Bócio - O que é e quais os Sintomas

Primeiramente, o médico começa por observar a presença de um caroço no pescoço, pedindo geralmente em seguida a realização de um ultrassom ou ecografia  que irá permitir uma melhor visualização da glândula da tireoide. Além disso, o diagnóstico é também complementado com a realização de exames de sangue específicos que avaliam a quantidade de hormônios tireoidianos no sangue, como T4, T3 e TSH, o que permite identificar se existem distúrbios no funcionamento da tireoide. 

Nos casos onde o médico suspeitar de câncer na tireoide, ele irá recomendar a realização de uma punção ou biópsia da tireoide, na qual é retirado um pequeno pedaço desta glândula. Este exame não dói e não deixa cicatriz e o pequeno pedaço recolhido é depois alisado em laboratório.  

Tratamento 

Quando o bócio é causado por deficiências em iodo, o seu tratamento é feito através da administração de iodo em doses 10 vezes maiores que a dose diária recomendada durante algumas semanas. Com este tratamento, a glândula da tireoide consegue capturar sem esforço o iodeto que necessita para a síntese de hormônios, o que após algumas semanas pode fazer com que ela volte ao seu tamanho normal. Porém, em casos mais graves pode ser necessário manter o tratamento por toda a vida. 

Nos casos de existem distúrbios no funcionamento da tireoide como hipertireoidismo ou hipotireoidismo o tratamento não é linear, podendo ser feito usando remédios como Tapazol ou Puran T4 ou com cápsulas de iodo radioativo. Nos casos de câncer da tireoide, pode ser necessária a remoção desta glândula através de cirurgia. 

Como prevenir o surgimento do Bócio

O surgimento do bócio que tem origem em deficiências em iodo, pode ser prevenido através do consumo de alimentos ricos neste mineral, como: 

  • Cavala, Mexilhão, Pescada;
  • Sal iodado, Salmão, Camarão;
  • Atum, Rim, Leite;
  • Ovos, Cerveja. 

Na sua maioria, os alimentos ricos em iodo têm origem marinha, sendo por isso os peixes e frutos do mar as opções mais ricas em iodo que devem ser consumidos regularmente para prevenir de doenças relacionadas com a carência em Iodo, como o bócio. Saiba mais sobre quais os alimentos ricos em iodo e que doenças podem ser causadas pela sua carência clicando aqui

Mais sobre este assunto:


Carregando
...