Barriga d'água: o que é, sintomas, causas e tratamento

outubro 2022

A barriga d’água é o acúmulo de líquido no abdome, que pode causar sintomas como inchaço da barriga, desconforto e, quando muito grande, dificuldade para respirar. Outros sintomas, como pele e olhos amarelados, também podem ocorrer, no entanto, variam de acordo com a causa da barriga d’água.  

Embora a barriga d'água possa ser causada pela esquistossomose, o acúmulo de líquido também pode acontecer devido a outras doenças como cirrose ou mesmo câncer. Entenda melhor o que é a esquistossomose.

Em caso de suspeita de barriga d’água é importante consultar um clínico geral para que a causa seja identificada e o tratamento mais indicado possa ser iniciado. Quando tratada adequadamente, a barriga d’água pode ser curada em alguns casos.   

Principais sintomas

Os principais sintomas de barriga d'água são:

  • Inchaço da barriga;
  • Desconforto ou sensação de peso no abdome;
  • Ganho de peso;
  • Dificuldade para respirar;
  • Sensação de barriga cheia, mesmo comendo pouco.

Outros sintomas, como inchaço das pernas, aumento do tamanho das mamas, diarreia e pele e olhos amarelados, também podem surgir, dependendo da causa da barriga d’água. 

Em caso de suspeita de barriga d’água é importante consultar um clínico geral para uma avaliação. No entanto, caso ocorram sintomas como febre, dor no abdome e confusão, é recomendado procurar uma emergência, porque podem indicar complicações como a peritonite bacteriana. Saiba como identificar os sintomas de peritonite.

Como identificar

A barriga d’água pode ser inicialmente identificada pela observação do abdome, que geralmente apresenta aumento do tamanho com o tempo. No entanto, o diagnóstico normalmente é confirmado pelo clínico geral que leva em consideração os sintomas apresentados, o exame físico e os exames de imagem, como o ultrassom do abdome.

Possíveis causas

As principais causas da barriga d’água são:

  • Cirrose;
  • Esquistossomose;
  • Consumo excessivo de álcool;
  • Tuberculose;
  • Insuficiência cardíaca;
  • Uso de medicamentos na veia;
  • Câncer.

Além disso, a barriga d'água é mais comum em caso de doenças no fígado, como as hepatites virais e medicamentosas, histórico de síndrome metabólica ou histórico familiar de doenças do fígado, por exemplo. Veja os principais sintomas de problemas do fígado.

Identificar a causa da barriga d'água é fundamental para que o médico possa indicar o tratamento mais adequado. Para isso, normalmente são necessários outros exames, como a dosagem de enzimas hepáticas e o ecocardiograma, por exemplo.

Como é feito o tratamento

O tratamento da barriga d'água depende da causa identificada e pode envolver desde medidas simples como reduzir o consumo excessivo de álcool ou a ingestão de sal, até o uso de medicamentos, como antibióticos, anti-hipertensivos ou diuréticos, e cirurgia.

Quando a barriga d'água é muito grande e provoca sintomas como desconforto intenso ou dificuldade para respirar, a paracentese pode ser indicada. Essa é uma técnica que consiste em drenar o excesso de líquido acumulado no abdome usando uma agulha. Entenda melhor o que é a paracentese, para que serve e como é feita.

Barriga d'água tem cura?

A barriga d’água pode ser curada em alguns casos, dependendo da causa identificada. Normalmente, a chance de cura é maior quando a causa do acúmulo de líquido é identificada e tratada no início.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Jonathan Panoeiro - Neuropediatra, em outubro de 2022.

Bibliografia

  • COLLEY, Daniel G. et al. Human schistosomiasis. Lancet. Vol.383, n.9936. 2253–2264, 2014
  • FAISAL, Muhammad S. et al. A guide to diagnosing and managing ascites in cirrhosis. StatPearls. Vol.70, n.4. 174-181, 2021
Mostrar bibliografia completa
  • LOVERDE, Philip T. Schistosomiasis. Adv Exp Med Biol. Vol.1154. 45-70, 2019
  • STATPEARLS. Ascites. 2022. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK470482/>. Acesso em 25 out 2022
Equipe editorial constituída por médicos e profissionais de saúde de diversas áreas como enfermagem, nutrição, fisioterapia, análises clínicas e farmácia.

Tuasaude no Youtube

  • Sintomas de problemas no fígado

    01:55 | 867493 visualizações