Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que é peritonite

A peritonite é uma inflamação do peritônio, que é uma membrana que envolve a cavidade abdominal e reveste os órgãos do abdômen, formando uma espécie de saco. Esta complicação, geralmente, resulta de uma infecção, ruptura ou grave inflamação de um dos órgãos do abdômen, como por uma apendicite ou pancreatite, por exemplo. 

Desta forma, existem inúmeros fatores que podem levar ao desenvolvimento de uma peritonite, como doenças gastrointestinais, lesões na cavidade abdominal ou procedimentos médicos que levam à infecção ou irritação do peritôneo, provocando sinais e sintomas como dor e sensibilidade abdominal, febre, vômitos ou prisão de ventre, por exemplo.

O tratamento da peritonite é indicado pelo médico e depende da sua causa, mas, geralmente, é feita com antibióticos e estabilização em meio hospitalar, também podendo ser indicada a realização de uma cirurgia.

O que é peritonite

Quais os sinais e sintomas

O principal sintoma de peritonite é dor e sensibilidade abdominal, que costumam piorar à realização de movimentos ou ao pressionar a região, por exemplo. Outros sinais e sintomas comuns que podem ocorrer são o distensão do abdômen, febre, enjoos e vômitos, perda de apetite, diarreia, diminuição da quantidade de urina, sede e parada da eliminação de fezes e gases.

Para confirmar o diagnóstico de peritonite, o médico poderá fazer uma avaliação clínica que revela sinais típicos da doença, com a palpação do abdômen ou pedir que o paciente fique em determinada posição. Além disso, exames de sangue que avaliam infecções e inflamações, além de exames de imagem como radiografia, ultrassom ou tomografia podem ser solicitados.

Possíveis causas

Existem inúmeras causas de peritonite. No entanto, citamos aqui algumas das mais comuns:

1. Apendicite

A apendicite é uma das principais causas de peritonite, pois a inflamação que acontece no apêndice pode se estender através da cavidade abdominal e atingir o peritôneo, principalmente quando ela não é rapidamente tratada e apresenta complicações como ruptura ou formação de abscesso. Saiba reconhecer quando a dor abdominal pode ser apendicite.

2. Inflamação da vesícula biliar

Também chamada de colecistite, geralmente, acontece quando um cálculo da vesícula provoca obstrução do ducto biliar e, em seguida, inflamação deste órgão. Esta inflamação deve ser tratada prontamente pelo médico, que inclui realização de cirurgia e uso de antibióticos.

Caso não seja tratada adequadamente, a inflamação da vesícula estende-se para outros órgãos e para o peritôneo, provocando a peritonite e outras complicações como abscessos, fístulas, risco de infecção generalizada.

3. Pancreatite

A pancreatite é uma inflamação do pâncreas, que gera sintomas que geralmente incluem dor abdominal que irradia para as costas, enjoo e vômitos. Caso não seja tratada adequadamente, a inflamação pode se tornar grave e provocar complicações como peritonite, necrose e formação de abscesso, colocando em risco a vida da pessoa afetada. Veja mais sobre pancreatite.

4. Lesões na cavidade abdominal

Lesões em órgãos abdominais seja por rupturas, lesões por traumatismos, complicações após cirurgias ou mesmo por inflamações são importantes causas de peritonite. Isto porque as lesões podem liberar conteúdos irritativos à cavidade abdominal, assim como provocar contaminações por bactérias. 

5. Procedimentos médicos

Procedimentos médicos como diálise peritoneal, cirurgias gastrointestinais, colonoscopias ou endoscopias, podem causar peritonite devido a complicações que podem surgir, seja devido à perfurações como também por contaminação do material cirúrgico.

O que é peritonite

6. Íleo paralítico

É uma condição em que o intestino para de funcionar e deixando de haver seus movimentos peristálticos. Esta condição pode surgir após cirurgias abdominais ou situações como inflamações, hematomas, efeito colateral de certos medicamentos.

Os sintomas provocados pelo íleo paralítico incluem perda do apetite, prisão de ventre, vômitos ou mesmo obstrução intestinal que em casos mais graves pode levar à perfuração do intestino, levando à propagação de bactérias que provocam a peritonite. Saiba mais sobre esta doença.

7. Diverticulite

A diverticulite consiste na inflamação e infecção dos divertículos, que são pequenas pregas ou sacos que surgem nas paredes do intestino, especialmente na última porção do cólon, causando dor e sensibilidade abdominal especialmente na parte inferior do lado esquerdo, além de diarreia ou prisão de ventre, enjôos, vômitos, febre e calafrios.

O seu tratamento deve ser iniciado rapidamente pelo médico, baseado no uso de antibióticos, analgésicos, alterações na dieta e hidratação, de forma a evitar a piora da inflamação e surgimento de complicações como sangramentos, formação de fístulas, abscessos, obstrução intestinal e a própria peritonite. Leia mais em tudo sobre diverticulite

Como é feito o tratamento

O tratamento da peritonite depende da sua causa, mas é sempre aconselhado procurar ajuda médica o mais rápido possível para que o tratamento seja iniciado brevemente, de forma a evitar complicações. 

Geralmente o tratamento é feito com a administração de antibióticos para tratar a infecção e impedir a propagação das bactérias. Ao mesmo tempo, é indicada a hospitalização onde são administrados analgésicos e anti-inflamatórios, fluidos administrados na veia ou oxigênio.

Além disso, caso estas medidas não sejam suficientes para tratar o problema, pode ser necessário fazer uma cirurgia para resolução da causa da inflamação, como retirada do apêndice, remoção de uma área de necrose ou drenagem de uma abscesso, por exemplo

Mais sobre este assunto:


Carregando
...