Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Atrofia testicular: o que é, causas e tratamento

Outubro 2020

A atrofia testicular acontece quando um ou ambos testículos têm o tamanho visivelmente reduzido, o que pode acontecer principalmente devido à varicocele, que é uma situação em que há dilatação das veias do testículo, além de também poder ser consequência de uma orquite ou infecção sexualmente transmissível (IST).

Para que o diagnóstico dessa condição seja feito, o urologista poderá indicar exames laboratoriais e de imagem para identificar o que está causando a atrofia, e a partir daí indicar o tratamento mais adequado, podendo ser antibióticos, reposição hormonal e até cirurgia nos casos de torção ou câncer, por exemplo.

Atrofia testicular: o que é, causas e tratamento

Possíveis causas

A principal causa da atrofia testicular é a varicocele, que é a dilatação das veias dos testículos, o que leva ao acúmulo de sangue e ao surgimento de sintomas como dor, sensação de peso e surgimento de inchaço no local. Entenda melhor o que é a varicocele e como tratar

Além disso, também é possível que atrofia surja por situações menos comuns como a orquite causada pela caxumba, torção do testículo por acidentes ou pancadas, inflamações, IST's e até por câncer de testículo. Em casos raros, devido ao abuso de álcool, drogas ou uso de anabolizantes é provável que a atrofia testicular aconteça, pelas alterações hormonais que estas substâncias causam no corpo. 

Principais sintomas 

O principal sintoma de atrofia testicular é a redução visível no tamanho de um ou ambos testículos, porém outros sintomas podem estar presentes, como:

  • Redução da libido;
  • Diminuição da massa muscular;
  • Perda e redução do crescimento de pelos corporais;
  • Sensação de peso nos testículos;
  • Testículos muito macios;
  • Inchaço;
  • Infertilidade.

Quando a causa da atrofia é por inflamações, infecções ou torção, é possível que os sintomas como dor, sensibilidade em excesso e náuseas sejam relatados. Desta forma, caso exista a suspeita de atrofia testicular, um urologista deve ser consultado, pois quando não tratado adequadamente, essa condição pode levar a esterilidade e até necrose da região.

Como confirmar o diagnóstico

Para a confirmação do que está causando a atrofia, o urologista pode fazer uma avaliação dos testículos observando o tamanho, firmeza e textura, além de realizar perguntas a fim de investigar melhor as possíveis causas.

Além disso, poderá ser indicado exames laboratoriais como hemograma completo a fim de identificar uma infecção viral ou bacteriana, testes de IST’s, medição de testosterona e exames de imagem verificar o fluxo sanguíneo, se existe torção, cisto ou a possibilidade de câncer testicular. 

Como é feito o tratamento

O tratamento para a atrofia testicular deve ser indicado pelo urologista de acordo com a causa, podendo ser indicado o uso de medicamentos que promovam o alívio dos sintomas e que façam com que os testículos voltem ao tamanho normal. No entanto, quando isso não acontece, o médico pode indicar a realização de cirurgia.

Quando a atrofia testicular é causada por câncer de testículo também pode ser indicado a cirurgia, para a retirada do tumor, além do tratamento convencional de quimioterapia e radioterapia quando for necessário. 

Além disso, caso seja verificado que a atrofia testicular é consequência de torção no testículo, é importante que a cirurgia seja feita o mais rápido possível para evitar a necrose da região e a infertilidade.

Bibliografia >

  • EUR J PEDIATR SURG. Factors Predicting Testicular Atrophy after Testicular Salvage following Torsion. 2016. Disponível em: <https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/26509312/>. Acesso em 15 Set 2020
  • J UROL .. Severe testicular atrophy does not affect the success of microdissection testicular sperm extraction. 2014. Disponível em: <https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/23911635/>. Acesso em 15 Set 2020
  • EUR J PEDIATR. Primary and secondary testicular atrophy. 1987. Disponível em: <https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/2891525/>. Acesso em 16 Set 2020
  • MED ARCH. Testicular Volume and Testicular Atrophy Index as Predictors of Functionality of Unilaterally Cryptorchid Testis. 2014 . Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4272499/>. Acesso em 16 Set 2020
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem