Agar-agar: o que é, para que serve e como consumir

agosto 2022

O agar-agar é uma microalga que possui propriedade espessante, gelificante e estabilizante que pode ser utilizado em receitas para dar maior consistência às sobremesas ou na preparação de gelatinas vegetais, por exemplo.

Além disso, devido às suas propriedades e ao fato de ser rico em fibras e minerais, como fósforo, potássio, ferro, cloro e iodo, celulose e proteínas, o agar-agar pode ajudar no processo de perda de peso e regulação do funcionamento do intestino.

O agar-agar pode ser encontrado em farmácias, supermercados ou em lojas de produtos naturais em forma de tiras de algas secas, pó ou cápsulas, devendo ser usado conforme a indicação do médico ou do nutricionista.

Para que serve agar-agar

O agar-agar é rico em fibras e minerais, possuindo diversos benefícios para a saúde, como:

1. Ajudar a emagrecer 

O ágar-ágar, quando consumido com água, forma um gel no estômago, aumentando a sensação de saciedade, reduzindo a vontade de comer e evitando que sejam ingeridos alimentos e calorias em excesso ao longo do dia, além de não ter calorias, o que pode ajudar a emagrecer. 

Além disso, para garantir o benefício de emagrecimento, é importante que o ágar-ágar faça parte de uma alimentação saudável e balanceada e que seja praticada atividade física de forma regular.

2. Melhorar o funcionamento do intestino

O ágar-ágar possui propriedade gelificante, sendo capaz de promover a hidratação das fezes. Além disso, como é rico em fibras, o ágar-ágar, ajuda a aumentar o volume do bolo fecal e estimular os movimentos intestinais, melhorando o funcionamento do intestino.

3. Controlar a glicemia 

O ágar-ágar é rico em fibras que regulam a absorção de carboidratos pelo intestino, o que ajuda a diminuir os níveis de glicose no sangue e a resistência à insulina, podendo ser usado por pessoas com diabetes ou que tenham intolerância à glicose.

4. Melhorar a saúde dos ossos 

O ágar-ágar é rico em cálcio e magnésio, que são minerais fundamentais para fortalecer, aumentar a resistência e a densidade óssea, mantendo os ossos saudáveis.

5. Controlar os níveis de colesterol 

Por ser rico em fibras, o ágar-ágar ajuda a diminuir a absorção de gorduras da alimentação, o que pode ser útil para ajudar a controlar os níveis de colesterol no sangue. 

Apesar de possuir benefícios para a saúde, ainda são necessários mais estudos que comprovem todos os efeitos do agar-agar. 

Como consumir agar-agar

O uso do agar-agar pode variar de acordo com a forma na qual a microalga se encontra e com o objetivo do uso. O agar-agar é totalmente de origem vegetal e tem um poder gelificante até 20 vezes maior que a gelatina sem sabor, comum, por isso deve ser usado em menor quantidade nas receitas. Assim, o uso do agar-agar pode ser da seguinte forma:

  • Nas receitas, como gelificante: pode-se adicionar 1 colher de chá ou de sopa de agar-agar no preparo do mingau ou no creme das sobremesas. O agar-agar não dissolve na temperatura fria, por isso deve ser usado quando o creme estiver ao fogo, numa temperatura acima de 90 graus, sendo necessário misturar com uma colher, mexendo sempre até dissolver completamente.  
  • Para fazer gelatina vegetal: adicionar 2 colheres de sopa de agar-agar em 1 copo de suco de laranja puro, acabado de espremer, ou suco integral de uva. Levar ao fogo para que possa dissolver completamente, se necessário pode adoçar à gosto. Colocar em formas e levar à geladeira por cerca de 1 hora, até solidificar. 
  • Em cápsulas, como laxante ou emagrecedor: tomar 1 cápsula de agar-agar (0,5 à 1 g) 30 minutos antes do almoço, e outra antes do jantar, juntamente com 2 copos de água. 

É importante que o uso do agar-agar com o objetivo de ter benefícios para a saúde seja sempre orientado pelo médico ou pelo nutricionista, isso porque quantidades excessivas de agar-agar pode provocar efeitos colaterais. 

Possíveis efeitos colaterais

O ágar-ágar é considerado seguro para adultos quando consumido nas quantidades recomendadas, e quando utilizado tomando pelo menos 8 copos de água por dia. Isto porque se não se consumir água suficiente, o ágar-ágar pode bloquear o esôfago ou intestino, o que necessita de tratamento médico imediato.

Por isso, deve-se procurar o pronto socorro mais próximo se surgirem sintomas de obstrução intestinal ou do esôfago, como vômitos, dor no peito, dificuldade para engolir ou respirar.

Além disso, quando consumido em excesso, pode causar diarréia, devido ao seu efeito laxativo.

Quem não deve usar

O ágar-ágar não é indicado para gestantes, mulheres que amamentam e crianças com idade inferior a 3 anos. 

Além disso, o ágar-ágar não deve ser consumido por pessoas que tenham obstrução intestinal ou doenças crônicas.

Por isso, é recomendado que seu uso seja sempre feito com orientação do médico ou do nutricionista.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Flávia Costa - Farmacêutica, em agosto de 2022.

Bibliografia

  • FOOD INGREDIENTS BRASIL. Agar - Gelificante natural com múltiplas aplicações. 2017. Disponível em: <http://revista-fi.com.br/upload_arquivos/201707/2017070270220001500897511.pdf>. Acesso em 26 nov 2022
  • VITAFARMA. Agar agar. Disponível em: <http://vitafarmamanipulacao.com.br/wp-content/uploads/2017/05/AGAR-AGAR.pdf>. Acesso em 04 ago 2021
Mostrar bibliografia completa
  • ESTEVAM, Adriana C. T. Avaliação de extratos de algas do filo Rhodophyta no desenvolvimento de produtos lácteos probióticos. Tese de doutorado, 2016. Universidade Federal de Pernambuco.
Equipe editorial constituída por médicos e profissionais de saúde de diversas áreas como enfermagem, nutrição, fisioterapia, análises clínicas e farmácia.