Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Sene: o que é, para que serve e efeitos colaterais

O sene é uma planta medicinal, também conhecida como Sena, Cássia, Cene, Lava-pratos, Mamangá, que é muito utilizada para tratar problemas intestinais devido às suas fortes propriedades laxativas e purgantes.

O nome cientifico desta planta é Senna alexandrina e pode ser encontrada em lojas de produtos naturais e em algumas farmácias de manipulação. Senna alexandrina é um nome moderno que engloba dois nomes antigos do Sene, o Cassia Senna e o Cassia angustifolia.

Sene: o que é, para que serve e efeitos colaterais

Para que serve

O sene possui propriedades laxativas, purgativas, depurativas e vermífugas e, por essa razão é muito utilizado para tratar problemas gastrointestinais, especialmente a prisão de ventre. No entanto, uma vez que deixa as fezes mais moles, também pode ser usado para aliviar o desconforto da defecação em pessoas com fissura anal e hemorroidas.

Apesar de seus benefícios, o sene deve ser utilizado com cautela e sob orientação médica, pois seu uso constante pode causar alterações da microbiota intestinal, cólicas muito fortes e até mesmo predispor ao câncer de colo retal.

Veja outros remédios caseiros que podem ser usados para tratar a prisão de ventre.

Como fazer chá de sene

Para fazer o chá deve-se dar preferência às folhas verde de sene, pois possuem um efeito mais ativo no organismo, especialmente quando comparadas à sua versão seca. Além disso, quanto mais verde for a folha, mais forte será o efeito.

Ingredientes

  • 1 a 2 g de sopa de folhas de sene;
  • 250 ml de água fervente.

Modo de preparo

Colocar a erva numa panela ou xícara, acrescentar a água e deixar repousar por 5 minutos. Esperar esfriar um pouco, coar e beber 2 a 3 vezes ao dia, sem adicionar açúcar. Este chá só deve ser usado até melhora dos sintomas de prisão de ventre ou por até 3 dias consecutivos.

Embora o chá seja uma opção prática de consumir sene, esta planta também pode ser encontrada sob a forma de cápsulas, que podem ser vendidas em lojas de produtos naturais e algumas farmácias, e que normalmente são ingeridas na quantidade de 1 cápsula de 100 a 300 mg por dia.

Idealmente, o sene só deve ser utilizado com orientação de um médico, fitoterapeuta ou naturopata e até uma período máximo de 7 a 10 dias consecutivos. Se após esse período, a prisão de ventre se mantiver, é aconselhado consultar um clínico geral ou gastroenterologista.

Chá de sene ajuda a emagrecer?

O chá de sene é muitas vezes utilizado, popularmente, durante processos de emagrecimento. No entanto, essa planta não tem qualquer propriedade que ajude na queima de gorduras, sendo que o seu efeito na diminuição do peso apenas está relacionados com o aumento da frequência de evacuações, além da inibição da absorção de água, o que evita a retenção de líquidos.

A melhor forma para emagrecer definitivamente é através de uma alimentação saudável e da prática regular de exercícios. Saiba como emagrecer rápido e saudável assistindo ao vídeo a seguir:

Emagrecer com Saúde

330 mil visualizações

Possíveis efeitos colaterais

O uso do sene em excesso pode levar a diversos efeitos colaterais, como por exemplo cólicas intensas, vômitos, diarreia, aumento do fluxo menstrual, hipocalcemia, hipocalemia, má absorção intestinal e diminuição das hemoglobinas.

Quem não deve usar

O sene está contraindicado em casos de hipersensibilidade ao sene, gravidez, lactação, em crianças menores de 12 anos, assim como em caso de oclusão intestinal, enterite, apendicite aguda e dor de estômago de causa desconhecida.

Além disso, o sene não deve ser consumido por pessoas que estejam tomando remédios para o coração, laxantes, cortisona ou diuréticos e o seu uso não deve ser superior a 10 dias consecutivos, já que pode causar vários efeitos colaterais e aumentar a predisposição ao câncer colorretal. Por isso, antes de fazer uso do sene, é importante buscar orientação de um médico para evitar as possíveis complicações.


Bibliografia

  • GRUNWALD, JORG; JANICKE, CHRISTOF. A farmácia verde. Espanha: Editora Everest, 2009. 346-347.
  • FILHO, Carlos Isaia et al.. Avaliação comparativa de eficácia clínica e tolerabilidade para a combinação de Cassia fistula e Senna alexandrina Miller em pacientes com constipação intestinal funcional crônica. Rev Soc Bras Clin Med. Vol.1. 15-21, 2014
  • FLORIEN. Sene. 2013. Link: <florien.com.br>. Acesso em 21 Mai 2019
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem