Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Tratamento para próstata aumentada

Para tratar a próstata aumentada, que normalmente é causada pela hiperplasia benigna da próstata, o urologista geralmente indica o uso de medicamentos para relaxar os músculos da próstata e aliviar os sintomas, como dificuldade para urinar ou vontade repentina de urinar, por exemplo.

Confira todos os sinais que podem indicar aumento da próstata.

No entanto, em casos mais graves, em que não é possível controlar o problema com medicação ou existe risco de o aumento da próstata estar sendo causado por câncer, pode ser necessário fazer o cirurgia para para remover a próstata e curar o problema.

Tratamento para próstata aumentada

Principais remédios utilizados

O tratamento para a próstata aumentada geralmente é iniciado com o uso de medicamentos que ajudam a aliviar os sintomas e evitar complicações como retenção urinária ou pedras nos rins, por exemplo.

Alguns dos remédios mais receitados pelo urologista incluem:

  • Remédios para relaxar os músculos da próstata, como alfa-bloqueadores onde se incluem tansulosina, alfuzosina, doxazosina e silodosina;
  • Remédios para reduzir os hormônios masculinos e diminuir o tamanho da próstata, como finasterida e dutasteride;
  • Antibióticos para diminuir a inflamação da próstata, caso exista, como ciprofloxacina.

Estes medicamentos podem ser utilizados em separado ou em combinação, dependendo dos sintomas apresentados e do tamanho da próstata, por exemplo.

No entanto, quando a próstata está aumentada devido ao desenvolvimento de câncer, pode ser necessário realizar radioterapia e quimioterapia para eliminar as células malignas do tumor. Veja como tratar o câncer da próstata.

Como fazer tratamento natural

Além do tratamento com medicamentos é possível utilizar extratos naturais para ajudar a aliviar mais rapidamente os sintomas. No entanto, este tipo de tratamento não deve substituir o tratamento indicado pelo, devendo apenas completá-lo.

Algumas das plantas medicinais utilizadas no tratamento natural deste problema incluem:

1. Saw Palmetto

Tratamento para próstata aumentada

Esta planta, de nome científico Serenoa repens, possui excelentes propriedades anti-inflamatórias e diuréticas que ajudam a desinflamar a próstata e facilitam a passagem da urina.

Para se obter todo o efeito é recomendado tomar 1 cápsula de Saw Palmetto ao café da manhã e ao jantar. Outra opção é tomar 1 colher de chá de pó de Saw Palmetto misturado num copo de água, 2 vezes por dia.

Saiba mais sobre esta planta medicinal.

2. Pygeum africanum

Tratamento para próstata aumentada

Esta substância é retirada do interior da casca da árvore de ameixa africana e é utilizada frequentemente para tratar problema urinários e da próstata, reduzindo a vontade urgente para urinar.

Pygeum africanum pode ser comprada na forma de cápsulas em lojas de produtos naturais e deve ser ingerida em doses entre 25 e 200 mg por dia.

Quando é necessário fazer cirurgia

A cirurgia para tratar a próstata aumentada está indicada nos casos mais graves, principalmente quando se usa sonda vesical para conseguir urinar, grande quantidade de sangue na urina, pedra na bexiga ou insuficiência renal, por exemplo.

Desta forma, pode ser realizada uma prostatectomia, que é a remoção da parte interna da próstata através de uma cirurgia abdominal normal ou uma resseção transuretral de próstata, também conhecida por endoscopia clássica à próstata, onde ocorre a remoção da próstata através de um aparelho que é introduzido pela uretra. Veja como é feita esta cirurgia.

Além destas cirurgias, em alguns casos, pode ser feito apenas um pequeno corte na próstata para facilitar a passagem da uretra, sem ser necessário retirar a próstata.

Como aliviar o desconforto da próstata aumentada

Para melhorar o desconforto causado pela próstata aumentada, algumas dicas são:

  • Urinar sempre que tiver vontade, evitando segurar a urina;
  • Evitar beber muitos líquidos de uma só vez, ao fim da tarde, antes de dormir ou em locais onde não existe banheiro;
  • Fazer exercício físicos e fisioterapia para fortalecer os músculos pélvicos. Veja como fazer este tipo de exercícios;
  • Urinar de 2 em 2 horas, mesmo sem vontade;
  • Evitar alimentos condimentados e bebidas diuréticas, como café e bebidas alcoólicas, laranja, limão, lima, ananás, azeitonas, chocolate ou frutos secos;
  • Não deixar urina pingando no final da micção, apertando a uretra, para evitar infecções;
  • Evitar medicamentos que provocam retenção da urina, como descongestionante nasal;

Além disso, homens com facilidade em desenvolver prisão de ventre devem aumentar a ingestão de água e alimentos laxantes para estimular o funcionamento do intestino, uma vez que a prisão de ventre pode piorar o desconforto da próstata aumentada. Veja as melhores dicas para combater a prisão de ventre.

Mais sobre este assunto:
Carregando
...