Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Como tratar o Glaucoma para evitar a Cegueira

O glaucoma não tem cura e a sua principal consequência é a cegueira irreversível mas ele pode ser controlado com o tratamento indicado pelo médico, que pode incluir o uso de colírios, comprimidos ou cirurgia dependendo do tipo que a pessoa possui. Dificuldade para enxergar, vermelhidão e dor intensa nos olhos, náuseas, vômitos ou visão em túnel são alguns dos sintomas causados pelo glaucoma, que nos casos mais graves pode mesmo levar à perda da visão. Conheça os principais sintomas causados por esta doença clicando aqui

O tipo mais comum é o de ângulo aberto que pode ser controlado com uso de colírios, mas se não for possível manter a pressão dentro do olho sempre bem controlada ou quando a pessoa apresenta outros problemas de vista pode ser necessário fazer uma cirurgia para que possa ver melhor e controlar a pressão.

Tipos de Glaucoma

Existem 4 tipos diferentes de glaucoma e cada um deles apresenta diferentes características, que incluem:

TipoCaracterísticas
Glaucoma de ângulo aberto - ou crônico

É o mais frequente e, normalmente afeta os dois olhos e não causa sintomas. Há bloqueio dos canais de drenagem do olho, diminuindo a drenagem natural do líquido do olho, havendo aumento da pressão intraocular e perda gradual da visão.

Glaucoma de ângulo fechado - estreito ou agudo

É o mais grave porque ocorre o bloqueio rápido da passagem do líquido, levando ao aumento da pressão e à perda de visão.

Glaucoma congênito

É uma situação rara onde o bebê já nasce com a doença sendo diagnosticado por volta dos 6 meses de idade. O tratamento apenas é feito com cirurgia.

Glaucoma secundárioÉ causado por lesões nos olhos como pancadas, sangramento, tumor ocular, toma de alguns remédios, como a cortisona, inflamação, diabetes ou catarata.

Remédios usados no tratamento

Inicialmente o médico pode indicar o uso de colírios diariamente para controlar a pressão no olhos e melhorar a qualidade de vida da pessoa.

Se não for possível controlar o glaucoma com este tipo de medicamento o médico poderá indicar ainda a toma de remédios diuréticos para diminuir a pressão nos olhos. Veja os Principais colírios para tratar o Glaucoma e seus efeitos colaterais.

Cirurgia para glaucoma

Em caso de glaucoma congênito ou quando os medicamentos não são suficientes para regular a pressão do olho o médico pode indicar a realização de uma cirurgia à laser.

Esta cirurgia é útil e consegue fazer o olho drenar o líquido em excesso no interior dos olhos, alcançando bons resultados na maioria das pessoas. No entanto, por vezes a pessoa pode ter que realizar uma outra cirurgia para combater a visão embaçada, que é uma complicação relativamente comum.

Tratamento para glaucoma agudo

Este tratamento normalmente é feito através de laser ou cirurgia, pois este é um caso de glaucoma de ângulo fechado, no qual o olho não consegue drenar qualquer quantidade de líquido.

Como tratar o Glaucoma para evitar a Cegueira

Assim, o laser pode ajudar a estimular o sistema de drenagem do olho, enquanto a cirurgia cria um novo canal para que o líquido saia do interior do olho e baixe a pressão ocular, evitando danos na visão.

Normalmente a cirurgia dura cerca de 15 minutos e é feita no consultório do oftalmologista sob anestesia local e o indivíduo pode voltar as suas atividades ao final de 1 semana.

Tratamento para glaucoma crônico

Este tratamento depende da gravidade do caso e do tempo de desenvolvimento da doença.

No caso do glaucoma crônico simples podem ser usados colírios, como o Timolol, que baixam a pressão dentro dos olhos e ajudam o líquido a sair. Porém, quando este tratamento não apresenta resultados positivos é necessário incluir a ingestão de remédios orais, como a Furosemida, que ajudam o corpo a eliminar água e a baixar a pressão no olho.

Como tratar o Glaucoma para evitar a Cegueira

Já nos casos mais graves, em que existem danos na visão, ou nos casos de glaucoma que não passa com colírios ou remédios, é necessário recorrer a laser ou cirurgia para estimular a drenagem de líquido do olho.

Tratamento para glaucoma congênito

O tratamento geralmente é feito através da cirurgia, pois é a melhor forma para curar o glaucoma e evitar que ocorram danos durante o desenvolvimento da visão da criança.

A maioria dos casos de glaucoma congênito são identificados ainda na maternidade e a cirurgia é sugerida pelo pediatra.

Sinais de melhora

Os sinais de melhora podem demorar até 7 dias para surgir e, normalmente, incluem redução da vermelhidão dos olhos, diminuição da dor nos olhos e alívios dos enjoos e vômitos.

Sinais de piora

Os sinais de piora são mais frequentes em pacientes que não fazem o tratamento de forma adequada e incluem aumento da dificuldade para enxergar.

Complicações

A principal complicação é a cegueira, que surge devido às lesões permanentes no olho provocadas pelo aumento de pressão. No entanto, outras complicações incluem moscas volantes e visão em túnel.

Mais sobre este assunto:
Carregando
...