Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Transtorno de Personalidade Histriônica: O que é, sintomas e tratamento

O transtorno de personalidade histriônica caracteriza-se por uma excessiva emotividade e busca por atenção, que geralmente se manifesta no início da idade adulta. Estas pessoas geralmente sentem-se mal quando não são o centro das atenções, utilizam a aparência física para captar a atenção das pessoas e são facilmente influenciáveis.

O tratamento consiste na realização de sessões de psicoterapia com o psicólogo e, caso a pessoa também sofra de ansiedade ou depressão, pode ser necessário realizar um tratamento farmacológico prescrito pelo psiquiatra.

Transtorno de Personalidade Histriônica: O que é, sintomas e tratamento

Quais os sintomas

De acordo com o DSM, Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais, os sintomas característicos que podem ocorrer em uma pessoa com Transtorno de Personalidade Histriônica são:

  • Desconforto quando não é o centro das atenções;
  • Comportamento inadequado com outras pessoas, caraterizado frequentemente por uma abordagem sexualmente provocante ou sedutora;
  • Superficialidade e mudanças rápidas na expressão das emoções;
  • Utilização da aparência física para chamar a atenção;
  • Recorrência a um discurso excessivamente impressionista, mas com poucos detalhes;
  • Expressão emocional exagerada, dramática e teatral;
  • Facilmente influenciável pelos outros ou pelas circunstâncias;
  • Considera os relacionamentos mais íntimos do que realmente são.

Conheça outros transtornos de personalidade.

Possíveis causas

Não se sabe ao certo o que está na origem deste transtorno de personalidade, mas pensa-se possa estar relacionado com fatores hereditários e vivências da infância.

Como é feito o tratamento

Geralmente, as pessoas com este tipo de transtorno de personalidade acreditam que não precisam de tratamento, a não ser que desenvolvam depressão, que pode resultar do impacto que este transtorno tem no relacionamento com outras pessoas.

A psicoterapia é, na maior parte dos casos, o tratamento de primeira linha para o transtorno de personalidade histriônica e consiste em ajudar a pessoa a identificar as motivações e medos que podem estar na origem do seu comportamento e aprender a geri-los de uma forma mais positiva.

Caso este transtorno esteja associado a ansiedade ou depressão pode ser necessário recorrer a medicamentos, que devem ser prescritos por um psiquiatra.

Bibliografia >

  • MAZER, Angela K.; MACEDO, Brisa Burgos D. et. al.. Transtornos de Personalidade. Medicina (Ribeirão Preto). 85-97, 2017
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem