Transtorno de Personalidade Paranoide: o que é, sintomas e tratamento

O Transtorno de Personalidade Paranoide, também chamado de TPP, caracteriza-se por um excesso de desconfiança por parte do indivíduo e suspeitas em relação aos outros, em que as suas intenções são, na maior parte das vezes, interpretadas como maldosas. Geralmente, este transtorno surge no início da idade adulta, podendo ser consequência de fatores hereditários e vivências da infância.

O TPP normalmente acontece associado a outros transtornos, como transtorno de ansiedade, transtorno obsessivo compulsivo e agorafobia, sendo importante que o psicólogo seja consultado para que o tratamento mais indicado seja iniciado. O tratamento é realizado com sessões de psicoterapia, através do método cognitivo-comportamental, e em alguns casos pode ser necessário recorrer ao uso de medicamentos, que devem ser indicados pelo psiquiatra.

Transtorno de Personalidade Paranoide: o que é, sintomas e tratamento

Principais sinais e sintomas

Os sinais e sintomas do transtorno de personalidade paranoide costumam surgir no início da vida adulta, sendo os principais:

  • Desconfiança persistente sobre outras pessoas;
  • Suspeita que está sendo explorado, maltratado ou enganado por outras pessoas, mesmo que não exista motivo plausível para isso;
  • Receio de dar informações para outras pessoas que podem ser usadas de forma maldosa contra si;
  • Interpretação equivocada de acontecimentos sem intenção maldosa, de forma que podem achar que determinado acontecimento foi humilhante e/ou ameaçador, por exemplo;
  • Guarda rancor constantemente;
  • Identifica mais facilmente ataques ao seu caráter ou reputação e reage com raiva.

Além disso, as pessoas com esse tipo de transtorno podem duvidar da lealdade de amigos, parentes e cônjuges, de forma que as relações sociais podem ser prejudicadas, uma vez que os questionamentos sobre as intenções das pessoas acontece de forma constante.

Possíveis causas

Não se sabe o certo quais as causas que estão na origem deste transtorno de personalidade, mas pensa-se que pode estar relacionado com fatores hereditários, já que o transtorno de personalidade paranoide é mais comum em pessoas que têm familiares com esquizofrenia ou transtorno delirante.

Além disso, as experiências vividas na infância, também podem ter influência no desenvolvimento deste transtorno, como bullying, assédio moral ou ter crescido em um ambiente em que os pais/ responsáveis são mais cautelosos e cuidadosos com as pessoas, por exemplo.

Como é feito o tratamento

Na maior parte dos casos, as pessoas que sofrem do transtorno de personalidade paranoide sentem que não necessitam de tratamento e não vêm motivos para o fazer. No entanto, é importante que o tratamento seja feito de acordo com as orientações do psicólogo, através da terapia cognitivo-comportamental, pois assim é possível que sejam criadas estratégias que permitam que a pessoa confie mais nas pessoas, de forma que as suas relações interpessoais não sejam tão prejudicadas.

Além disso, em alguns casos, principalmente quando o TPP acontece associado a outros transtornos, pode ser indicada a realização de tratamento com o psiquiatra, que pode indicar o uso de medicamentos.

Esta informação foi útil?

Bibliografia

  • SCHMIDT, Diego Rafael; MEA, Cristina P. D. Transtorno de Personalidade Paranoide Dentro do Enfoque CognitivoComportamental. Revista de Psicologia da IMED. Vol 5. 2 ed; 77-83, 2013
Mais sobre este assunto: