Sistema endócrino: o que é, função, glândulas e doenças comuns

novembro 2022

O sistema endócrino é um conjunto de glândulas e tecidos responsáveis pela produção de hormônios, que são substâncias que regulam o funcionamento de diferentes órgãos e células do corpo humano.

Os hormônios produzidos pelo sistema endócrino controlam funções como o crescimento, desenvolvimento sexual ou a quantidade de glicose no sangue. Por isso, quando ocorrem desequilíbrios na sua produção, podem surgir doenças como hipotireoidismo ou diabetes, por exemplo.  

Em caso de suspeita de doenças do sistema endócrino, é importante consultar um endocrinologista para uma avaliação. Exames como a dosagem de hormônios e minerais no sangue podem ser indicados para identificar desequilíbrios hormonais e suas causas.

Principais funções

A função do sistema endócrino é controlar, por meio da produção de hormônios, funções do corpo, como:

  • Crescimento;
  • Produção e descida do leite na amamentação;
  • Contração do útero no parto;
  • Produção de urina;
  • Pressão arterial;
  • Equilíbrio de minerais no sangue;
  • Desenvolvimento sexual e fertilidade;
  • Digestão de alimentos;
  • Apetite;
  • Quantidade de glicose no sangue;
  • Metabolismo;
  • Temperatura corporal;
  • Frequência cardíaca;
  • Sono.

Além disso, o sistema endócrino monitora continuamente a quantidade de hormônios no sangue para que não ocorra excesso ou falta dessas substâncias. Dessa forma, este sistema contribui para manter o equilíbrio do funcionamento de diferentes órgãos e células do corpo.

Glândulas do sistema endócrino

As principais glândulas do sistema endócrino são:

  • Hipotálamo: é uma pequena glândula localizada no cérebro e que produz hormônios que afetam o funcionamento de outras glândulas do corpo;
  • Hipófise: uma glândula dentro do crânio que produz hormônios que controlam o desenvolvimento sexual, funcionamento da tireóide e produção de urina, por exemplo.
  • Tireoide: glândula no pescoço que produz hormônios que aceleram o metabolismo e controlam a quantidade de cálcio no sangue;
  • Adrenal: é uma glândula encontrada acima de cada um dos rins que produz hormônios que controlam a pressão, batimentos cardíacos e metabolismo, por exemplo;
  • Pâncreas: glândula que produz os hormônios que controlam a glicose no sangue;
  • Gônadas: nas mulheres são os ovários e nos homens os testículos, que são onde são produzidos os hormônios que afetam o desenvolvimento sexual; 
  • Pineal: uma glândula encontrada no cérebro que produz hormônios que afeta o ritmo circadiano;
  • Paratireoide: glândula localizada no pescoço que participa na regulação dos níveis de cálcio no sangue.   

Existem ainda órgãos que fazem parte de outros sistemas do corpo, como o coração, rins, estômago e intestino, por exemplo, que não são glândulas mas também produzem hormônios que regulam o funcionamento de diferentes partes do corpo.

O que são glândulas endócrinas e exócrinas?

As glândulas endócrinas são aquelas que liberam as substâncias produzidas diretamente na circulação sanguínea. Já as glândulas exócrinas liberam substâncias dentro de ductos no corpo, como os ductos lacrimais e salivares.

Qual a maior glândula do corpo?

O pâncreas é a maior glândula do corpo e mede cerca de 15 centímetros em adultos. 

Além de produzir hormônios que regulam a quantidade de glicose no sangue, também produz enzimas que participam da digestão de alimentos. 

Hormônios produzidos pelo sistema endócrino

A tabela abaixo mostra os hormônios que são produzidos por cada glândula do sistema endócrino:

GlândulaHormônios produzidos
Hipotálamo

Hormônio liberador de tireotrofina

Hormônio liberador de corticotrofina

Hormônio liberador de gonadotrofina

Hormônio liberador do hormônio de crescimento

Somatostatina 

Dopamina

Hipófise

Lobo anterior:

Hormônio do crescimento (GH)

Hormônio estimulador da tireoide (TSH)

Hormônio adrenocorticotrófico (ACTH)

Prolactina 

Hormônio folículo estimulante (FSH)

Hormônio luteinizante (LH)

Lobo posterior:

Oxitocina

Hormônio antidiurético (ADH)

Tireoide

Triiodotironina (T3)

Tiroxina (T4)

Calcitonina

Pâncreas

Glucagon

Insulina

Gônadas

Testosterona (testículos)

Estrogênio e progesterona (ovários)

Adrenal

Epinefrina

Norepinefrina

Aldosterona

Cortisol

PinealMelatonina
ParatireoideParatormônio (PTH)

Além disso, existem hormônios, como o peptídeo natriurético atrial, a eritropoietina, a renina ou  a leptina, que são produzidos por outros tecidos do corpo e que também regulam o funcionamento do organismo.  

Doenças comuns do sistema endócrino

Algumas doenças relativamente comuns que podem surgir no sistema endócrino são:

  • Diabetes;
  • Nanismo;
  • Acromegalia;
  • Hipotireoidismo;
  • Hipertireoidismo;
  • Hiperparatireoidismo;
  • Síndrome dos ovários policísticos.

Em caso de suspeita de alguma doença endócrina é importante consultar um endocrinologista para identificar a causa e, quando indicado, iniciar o tratamento adequado, que pode envolver a reposição de hormônios ou cirurgia para remover a glândula em alguns casos.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Jonathan Panoeiro - Neuropediatra, em novembro de 2022.

Bibliografia

  • HALL, John E. Textbook of Medical Physiology. 13.ed. Philadelphia, PA: Elsevier, 2016.
  • STATPEARLS. Physiology, Exocrine Gland. 2022. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK542322/>. Acesso em 16 nov 2022
Mostrar bibliografia completa
  • ROA, Ignacio; DEL SOL, Mariano. Morfología de la Glándula Pineal - Revisión de la Literatura. International Journal of Morphology. Vol.32, n.2. 515-521, 2014
  • STATPEARLS. Physiology, Endocrine Hormones. 2022. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK538498/>. Acesso em 16 nov 2022
Equipe editorial constituída por médicos e profissionais de saúde de diversas áreas como enfermagem, nutrição, fisioterapia, análises clínicas e farmácia.