Somos REDE D'OR
icon de informação icon de telefone 3003-3230
Número disponível apenas em território brasileiro, com custo de chamada local.

9 sintomas de imunidade baixa, causas (e como aumentar)

Revisão médica: Dr.ª Clarisse Bezerra
Médica de Saúde Familiar
dezembro 2022

Imunidade baixa é quando o sistema imunológico não consegue responder contra infecções de forma eficaz. Isso pode acontecer devido a deficiências nutricionais, uso de alguns medicamentos ou pela presença de doenças que afetam a imunidade, como AIDS, lúpus ou câncer, por exemplo.

É possível desconfiar de imunidade baixa quando surgem infecções muito recorrentes, pois isso indica que o o sistema imunológico não está sendo capaz de combater os agentes infecciosos, como vírus e bactérias, que são os causadores de resfriados, gripes e infecções mais graves.

O sistema imunológico é um conjunto de órgãos, tecidos e células que agem com o objetivo de combater agentes invasores e, assim, evitar o desenvolvimento de doenças. Entenda melhor o que é e como funciona o sistema imune.

Imagem ilustrativa número 1

Sintomas de imunidade baixa

Quando a imunidade está baixa, podem surgir sintomas como:

  1. Infecções recorrentes, como amigdalite ou herpes;
  2. Doenças simples que demoram para passar ou que agravam facilmente;
  3. Febre frequente e calafrios;
  4. Olhos frequentemente secos;
  5. Cansaço excessivo;
  6. Náuseas e vômitos;
  7. Diarreia por mais de 2 semanas;
  8. Manchas vermelhas ou brancas na pele;
  9. Queda acentuada de cabelo;

Ao se perceber qualquer um desses sintomas, é importante adotar medidas que ajudem a fortalecer a imunidade, como ter uma alimentação saudável, por exemplo, já que alguns alimentos são capazes de fortalecer e estimular as células de defesa do corpo. Veja o que comer para aumentar a imunidade

O que causa imunidade baixa

A diminuição da imunidade pode acontecer devido a diversas situações, incluindo situações de estresse e ansiedade, por exemplo. Além disso, algumas doenças crônicas, como AIDS, lúpus, câncer e diabetes também podem diminuir a atividade dos sistema imune e favorecer o aparecimento de outras doenças.

O uso de medicamentos imunossupressores, corticoides ou antibióticos também são capazes de enfraquecer o sistema imunológico, sendo importante comunicar ao médico os sintomas que apresenta para que possa ser indicada a suspensão ou troca do medicamento para evitar o comprometimento do funcionamento das células de defesa do organismo.

Além de doenças, fatores imunológicos e uso de medicamentos, o funcionamento do sistema de defesa do corpo também pode ser comprometido devido a hábitos de vida, como falta de atividade física, alcoolismo, tabagismo e alimentação pouco saudável.

Imunidade baixa na gravidez

Durante a gravidez é normal ficar com o sistema imunológico enfraquecido, devido às alterações hormonais e às mudanças no corpo da mulher, sendo necessário ter atenção redobrada para evitar problemas como gripes e infecções urinárias.

Por isso, para evitar complicações é importante sempre ir às consultas de pré-natal, fazer uma alimentação rica em frutas e legumes ricos em antioxidantes, como laranja, abacaxi, limão, cenoura e couve, e tomar as vacinas para gripe durante a gestação. Dessa forma, é possível proteger a mãe e o bebê.

Como aumentar a imunidade

Para melhorar a imunidade é importante que a pessoa mude os hábitos de vida, incluindo a atividade física no dia a dia e melhorando os hábitos alimentares, dando preferência a alimentos que estimulam o funcionamento do sistema imunológico, como castanha do Pará, peixe, cenoura e espinafre, por exemplo.

Além disso, no caso dos sintomas de imunidade baixa serem frequentes ou no caso da pessoa ter doenças ou fatores de risco que enfraqueçam o sistema de defesa do organismo, é importante ir ao médico para que possa ser indicado o tratamento da causa da diminuição da atividade do sistema imunológico, além de ser recomendada a realização de exames de sangue para que seja possível avaliar as células de defesa. Em alguns casos, o médico também pode indicar o uso de remédios caseiros, como o chá de equinácea, como forma de complementar o tratamento para imunidade baixa.

Veja no vídeo a seguir mais formas de aumentar a imunidade:

Esta informação foi útil?

Atualizado por Manuel Reis - Enfermeiro, em dezembro de 2022. Revisão médica por Dr.ª Clarisse Bezerra - Médica de Saúde Familiar, em março de 2020.

Bibliografia

  • FILHO, Geraldo B. Bogliolo: Patologia Geral. 6 ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2018. 214-222.
  • AROSA, Fernando A.; CARDOSO, Elsa M.; PACHECO, Francisco C. Fundamentos de Imunologia. 2 ed. Lisboa: LIDEL, 2012. 31-37.
Revisão médica:
Dr.ª Clarisse Bezerra
Médica de Saúde Familiar
Formada em Medicina pelo Centro Universitário Christus e especialista em Saúde da Família pela Universidade Estácio de Sá. Registro CRM-CE nº 16976.

Tuasaude no Youtube

  • O que fazer para melhorar a IMUNIDADE

    03:14 | 159380 visualizações