Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.

8 remédios para bronquite

Os remédios para bronquite, como anti-inflamatórios, broncodilatadores ou antitussígenos, ajudam a reduzir os sintomas da bronquite como tosse, falta de ar ou dificuldade para respirar, ou chiado no peito. Isto porque esses remédios agem diminuindo a inflamação dos brônquios, facilitam a eliminação do catarro ou ajudam a abrir os brônquios e facilitar a respiração.

A bronquite é a inflamação das principais vias respiratórias dos pulmões, os brônquios, que são responsáveis por transportar o oxigênio de e para os pulmões, fazendo com que fiquem irritados e inflamados e causando sintomas como tosse seca ou com catarro, chiado no peito ou falta de ar. Saiba identificar os sintomas da bronquite.  

Na maior parte dos casos, a bronquite é tratada em casa, com descanso e bebendo uma boa quantidade de líquidos, sem que seja necessária a utilização de remédios. No entanto, se com estas medidas a bronquite não passar, ou se se tratar de uma bronquite crônica, cujos sintomas podem durar mais de 3 meses, pode ser necessário o tratamento com remédios que devem sempre ser indicados pelo médico.

8 remédios para bronquite

Os remédios mais utilizados para tratar a bronquite são:

1. Analgésicos

Os analgésicos, como o paracetamol ou a dipirona, por exemplo, são utilizados para aliviar os sintomas de febre, mal estar geral ou dor no corpo.

Esses medicamentos podem ser usados para a bronquite aguda ou crônica, sempre com indicação médica. 

2. Anti-inflamatórios

Os anti-inflamatórios, como o ibuprofeno, são indicados para diminuir a inflamação dos brônquios e aliviar os sintomas de dor de cabeça ou dor no corpo causados pela bronquite aguda.

É importante ressaltar que pessoas que sofrem de asma, não devem tomar o ibuprofeno ou qualquer anti-inflamatório não esteróide, como aspirina, naproxeno, nimesulida, por exemplo, pois podem piorar os sintomas da asma. 

3. Mucolíticos

Os mucolíticos, como acetilcisteína ou bromexina, podem ser indicados pelo médico para ajudar a aliviar a tosse, pois agem deixando o catarro mais líquido facilitando sua eliminação.

Estes medicamentos podem ser utilizados em casos de bronquite aguda ou bronquite crônica, mas deve-se utilizar com cautela em crianças menores de 6 anos, e apenas com acompanhamento médico.

Além disso, é recomendado beber muita água para tornar o medicamento mais eficaz e a diluir e eliminar o muco mais facilmente.

4. Expetorantes

Os expectorantes, como guaifenesina ou ambroxol, ajudam a deixar o catarro menos grosso, o que facilita sua eliminação. Além disso, também podem ter ação antitussígena, ou seja, ajudam a aliviar a tosse.

Esses medicamentos podem ser indicados pelo médico para o tratamento da bronquite, especialmente da bronquite crônica. 

5. Antitussígenos

Os antitussígenos, como o dextrometorfano ou clobutinol, ajudam a diminuir a tosse seca por agirem diretamente no cérebro na região que controla o reflexo da tosse, aliviando esse sintoma.

Outro antitussígeno que pode ser recomendado pelo médico é a codeína, que é um remédio opióide, e que também age no cérebro diminuindo a tosse.

Esses medicamentos devem sempre ser indicados pelo médico e podem ser usados para bronquite aguda ou crônica com tosse seca, sem catarro, e não são indicados quando existe suspeita de infecção bacteriana respiratória.

6. Antibióticos

Os antibióticos, como amoxicilina ou eritromicina, por exemplo, são indicados para bronquite crônica, quando há risco de infecção bacteriana e da pessoa desenvolver pneumonia, o que pode acontecer caso se trate de um bebê prematuro, um idoso, pessoas com história de doença do coração, pulmão, rim ou fígado, com um sistema imune enfraquecido ou pessoas com fibrose cística.

Para a bronquite aguda, o tratamento com antibióticos não é recomendado, pois esse tipo de bronquite geralmente é causada por vírus, e os antibióticos não têm ação contra vírus. No entanto, em alguns casos pode ser recomendado, especialmente para pessoas com desnutrição, anemia grave, doença cardíaca ou para pessoas idosas. 

Além disso, nos casos de bronquite aguda, os antibióticos podem ser receitados pelo médico se a pessoa tiver sintomas como febre acima de 38,5ºC, falta de ar e catarro com pus.

7. Broncodilatadores

Os broncodilatadores, como salbutamol, formoterol ou brometo de ipratrópio, ajudam a abrir os brônquios e facilitar a respiração e podem ser indicados pelo médico para os casos de bronquite crônica, como tratamento contínuo ou durante as crises de bronquite e, em alguns casos, podem ser usados para a bronquite aguda, especialmente quando a pessoa apresenta chiado no peito ao respirar ou obstrução das vias respiratórias, por exemplo.

Estes medicamentos são utilizados, na maior parte dos casos, através de bombinhas e agem relaxando o músculo das paredes das pequenas vias respiratórias, abrindo essas vias e permitindo um alívio do aperto no peito e da tosse, facilitando a respiração.

Além disso, os broncodilatadores também podem ser usados por nebulização, especialmente em idosos ou pessoas com uma diminuição da capacidade respiratória.

8. Corticóides

Em alguns casos o médico pode receitar corticóides para tomar por via oral, como a prednisona, ou bombinhas para uso inalatório, como a fluticasona ou a budesonida, por exemplo, para reduzir a inflamação e a irritação nos pulmões.

Muitas vezes, os inaladores com corticóide têm também um broncodilatador associado, como salmeterol ou formoterol, por exemplo, que são broncodilatadores de longa duração de ação e geralmente são utilizados em tratamento continuado.

Opções de remédios caseiros

Os remédios caseiros para bronquite, como chá de gengibre ou chá de eucalipto, possuem substâncias com ação anti-inflamatória ou expectorante, que ajudam a aliviar a inflamação nos brônquios ou aumentar a eliminação do catarro, sendo boas opções de remédios caseiros para auxiliar o tratamento indicado pelo médico. Veja outras opções de remédios caseiros para bronquite e como preparar.

Esta informação foi útil?

Bibliografia

  • ALBERT, R. H. Diagnosis and treatment of acute bronchitis. Am Fam Physician. 82. 11; 1345-50, 2010
  • LLOR, Llor; BJERRUM, Lars. Antibiotic prescribing for acute bronchitis. Expert Review of Anti-infective Therapy. 14. 7; 633-642, 2016
  • KINKADE, Scott; LONG, Natalie A. Acute Bronchitis. Am Fam Physician. 94. 7; 560-565, 2016
  • SINHGH, A.; AVULA, A.; ZAHN, E. IN: STATPEARLS [INTERNET]. TREASURE ISLAND (FL): STATPEARLS PUBLISHING. Acute Bronchitis. 2020. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK448067/>. Acesso em 16 Jun 2021
  • POOLE, P. Mucolytic agents versus placebo for chronic bronchitis or chronic obstructive pulmonary disease. Cochrane Database Syst Rev. 5. 5; CD001287, 2019
Mais sobre este assunto:

Carregando
...