Alguns chás, como o chá de camomila ou o chá de hortelã-pimenta, podem ajudar a aliviar os sintomas da síndrome do intestino irritável, como dor abdominal, cólica ou excesso de gases, por exemplo, pois possuem substâncias com propriedades anti-inflamatórias, antiespasmódicas e calmantes do trato gastrointestinal.

Além disso, alguns destes chás também ajudam a aliviar a ansiedade, nervosismo e o estresse, que são fatores que podem levar ao surgimento, ou agravamento do intestino irritável. 

Embora não sirvam para substituir o tratamento médico, os chás são uma boa opção para complementar o tratamento. Além disso, é importante fazer uma alimentação pobre em cafeína, álcool, açúcares e gorduras pois são substâncias que irritam o intestino e agravam os sintomas. Confira como deve ser a alimentação para síndrome do intestino irritável

1. Chá de camomila

O chá de camomila é rico em compostos fenólicos como apigenina, quercetina e patuletina, com propriedades anti-inflamatórias e calmantes do trato gastrointestinal que ajudam a aliviar a cólica causada pelo intestino irritável.

Além disso, a camomila tem propriedades calmantes que podem ajudar a reduzir a ansiedade que pode provocar ou piorar o intestino irritável.

Ingredientes

  • 2 colheres (de chá) de flores secas de camomila;
  • 250 mL de água fervente.

Modo de preparo

Adicionar as flores secas de camomila em uma xícara com a água fervente, tampar, deixar repousar durante cerca de 5 a 10 minutos e coar antes de beber. 

Este chá pode ser bebido 3 vezes por dia, e caso seja necessário pode ser adoçado com uma colher de chá de mel. 

Outra forma de preparar o chá de camomila é utilizando o saquinho do chá, que pode ser encontrado em supermercados ou farmácias. Confira outras forma de preparar o chá de camomila

2. Chá de hortelã-pimenta

O chá de hortelã-pimenta é uma boa opção de remédio caseiro para intestino irritável pois possui óleos essenciais na sua composição, como mentol, mentona e limoneno, que têm ação analgésica e antiespasmódica, ajudando a relaxar os músculos intestinais, e a reduzir a formação de gases, o que diminui as contrações que causam cólica intestinal. 

Ingredientes

  • 2 a 3 colheres de folhas frescas, secas ou trituradas de hortelã-pimenta;
  • 150 mL de água fervente.

Modo de preparo

Colocar as folhas de hortelã-pimenta numa xícara de chá e encher com água fervente. Deixar repousar durante 5 a 7 minutos e coar. Este chá deve ser bebido 3 a 4 vezes por dia. 

3. Chá de funcho

O chá de funcho possui substâncias com ação anti-inflamatória, analgésica, antiespasmódica e digestiva, como anetol, estragol e alcânfora, que ajudam a aliviar a inflamação do intestino, diminuindo a dor abdominal, cólicas, diarréia ou gases, causados pela síndrome do intestino irritável.

Ingredientes

  • 1 colher (de sopa) de sementes de funcho;
  • 1 xícara de água fervente.

Modo de preparo

Adicionar as sementes de funcho na xícara de água fervente. Tampar e deixar amornar, durante 10 a 15 minutos. Coar e beber a seguir de 2 a 3 xícaras por dia, 20 minutos antes da refeição. Outra opção de preparo deste chá é usar o saquinho do chá de funcho. Saiba outras formas de usar o funcho.

O chá de funcho não deve ser usado por mulheres grávidas ou em amamentação. 

4. Chá de cominho

O chá de cominho é rico em luteolina e apigenina, com ação anti-inflamatória e antiespasmódica, que ajudam a aliviar as cólicas e os gases, causados pela síndrome do intestino irritável.

Ingredientes

  • 1 colher (de sopa) de folhas de cominho ou 1 colher (de chá) das sementes;
  • 200 mL de água fervente.

Modo de preparo

Adicionar o cominho na água fervente, tampar e deixar repousar por 10 minutos. Coar e beber no máximo 2 a 3 xícaras deste chá por dia.

O chá de cominho não deve ser usado por mulheres grávidas ou em amamentação ou por pessoas que tenham diabetes ou utilizam remédios anticoagulantes.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Flávia Costa - Farmacêutica, em dezembro de 2021.

Bibliografia

  • BADGUJAR, S. B.; et al. Foeniculum vulgare Mill: A Review of Its Botany, Phytochemistry, Pharmacology, Contemporary Application, and Toxicology. Biomed Res Int. 2014. 842674, 2014
  • PORTINCASA, P.; et al. Irritable bowel syndrome and diet. Gastroenterol Rep (Oxf). 5. 1; 11–19, 2017
Mostrar bibliografia completa
  • AGAH, S.; et al. Cumin Extract for Symptom Control in Patients with Irritable Bowel Syndrome: A Case Series. Middle East J Dig Dis. 5. 4; 217–222, 2013
  • SANTOS, A. R. F. C.; et al. Matricaria chamomilla L: propriedades farmacológicas. Arch Health Invest. 8. 12; 846-852, 2019
  • HAWRELAK, J. A.; et al. Western Herbal Medicines in the Treatment of Irritable Bowel Syndrome: A Systematic Review and Meta-analysis. Complementary Therapies in Medicine. 1-48, 2019
  • GRUNDMANN, O.; YOON, S. L. Complementary and alternative medicines in irritable bowel syndrome: An integrative view. World J Gastroenterol. 20. 2; 346–362, 2014
Equipe editorial constituída por médicos e profissionais de saúde de diversas áreas como enfermagem, nutrição, fisioterapia, análises clínicas e farmácia.

Tuasaude no Youtube

  • Sindrome do Intestino irritável - como tratar

    04:01 | 893000 visualizações