Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Saiba qual o seu relógio biológico: matutino ou vespertino

O cronotipo refere-se às diferenças de rendimento que cada indivíduo tem em relação aos períodos de sono e vigília ao longo das 24 horas do dia. 

As pessoas organizam suas vidas e atividades segundo um ciclo de 24 horas, ou seja, com horários determinados de acordar, de entrada no trabalho ou na escola, de realização de atividades de lazer e hora de deitar, podendo ter mais ou menos rendimento em determinadas horas do dia, que influenciam e são influenciadas pelo ciclo biológico de cada um.

Existem períodos do dia em que o rendimento da pessoa é maior ou menor, o que tem a ver com o seu cronótipo. Assim, as pessoas são classificadas conforme os seus ritmos biológicos em matutinos, intermediários e vespertinos, conforme os períodos de sono/vigília, também conhecido por ciclo circadiano, que apresentam nas 24 horas do dia.

Tipos de relógio biológico 

Saiba qual o seu relógio biológico: matutino ou vespertino

De acordo com o seu relógio biológico as pessoas podem ser classificadas como sendo:

1. Matutino ou diurno 

Os matutinos são indivíduos que preferem acordar cedo e que têm um bom desempenho nas atividades que iniciam de manhã, e geralmente apresentam dificuldade para se manter acordados até tarde. Estas pessoas sentem sono mais cedo e tem dificuldade de se manterem devidamente concentrados durante a noite. Para estas pessoas trabalhar por turnos pode ser um pesadelo porque elas são muito estimuladas pela claridade do dia. 

Estas pessoas representam cerca de 10% da população mundial.

2. Vespertino ou noturno 

Os vespertinos são aquelas pessoas que são mais produtivas à noite ou de madrugada e que preferem ficar acordadas até mais tarde, e ir dormir sempre de madrugada, tendo maior desempenho nas suas atividades nesse horário. 

Seu ciclo de sono/vigília é mais irregular e tem mais dificuldade de concentração durante a manhã, e apresentam maiores problemas de atenção e sofrer mais de problemas emocionais, tendo necessidade de consumir mais cafeína ao longo do dia, para se manterem despertos.

Os vespertinos representam cerca de 10% da população mundial. 

3. Intermediário

Os intermediários ou indiferentes são aqueles que se adaptam aos horários com mais facilidade em relação aos matutinos e aos vespertinos, não havendo uma preferência por um horário específico para estudar ou trabalhar. 

A maioria da população é intermediária, o que significa que maior parte das pessoas consegue ajustar aos horários impostos pela sociedade, mais facilmente do que os vespertinos e matutinos. 

Como funciona o relógio biológico 

O relógio biológico é mantido pelo ritmo da própria pessoa e pela imposição da sociedade, com horários para trabalhar das 8 às 18h por exemplo, e para dormir à partir das 23h. 

O que acontece quando se entra no horário de verão pode ser indiferente para as pessoas com cronotipo intermediário, mas pode causar algum desconforto em quem é matutino ou vespertino. Normalmente após 4 dias é possível estar completamente adaptado ao horário de verão, mas para quem é matutino ou vespertino podem surgir mais sono, menos disposição para o trabalho e para praticar exercício pela manhã, falta de fome no horário das refeições e até mal-estar. 

Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem