Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Como surgiu o novo coronavírus (COVID-19)

O misterioso novo coronavírus, que causa a infeção COVID-19, surgiu em 2019 na cidade de Wuhan na China e os primeiros casos da infecção parecem ter acontecido de animais para pessoas. Isso porque os vírus da família "coronavírus" afetam principalmente animais, existindo quase 40 tipos diferentes desse vírus identificados em animais e apenas 7 tipos em humanos.

Além disso, os primeiros casos de COVID-19 foram confirmados num grupo de pessoas que estiveram no mesmo mercado popular da cidade de Wuhan, onde eram vendidos vários tipos de animais selvagens vivos, como cobras, morcegos e castores, que poderiam ter estado doentes e passado o vírus para as pessoas.

Após esses primeiros casos, foram identificadas outras pessoas que nunca tinham estado no mercado, mas que também estavam apresentando um quadro de sintomas semelhantes, apoiando a hipótese de que o vírus tinha se adaptado e estava se transmitido entre humanos, possivelmente através da inalação de gotículas de saliva ou de secreções respiratórias que ficavam suspensas no ar após a pessoa contaminada tossir ou espirrar.

Como surgiu o novo coronavírus (COVID-19)

Sintomas de novo coronavírus

Os coronavírus são um grupo de vírus conhecidos por causar doenças que podem ir de uma simples gripe a uma pneumonia atípica, sendo conhecidos até o momento 7 tipos de coronavírus, incluindo o SARS-CoV-2, que causa o COVID-19.

Os sintomas da infecção COVID-19 são semelhantes aos de uma gripe e, por isso, podem ser difíceis de identificar em casa. Dessa forma, se acha que pode estar infectado, responda às perguntas para saber qual o risco:

  1. 1. Sente dor de cabeça ou mal-estar geral?
  2. 2. Sente dor muscular generalizada?
  3. 3. Sente cansaço excessivo?
  4. 4. Tem congestão nasal ou coriza?
  5. 5. Está com tosse intensa, especialmente seca?
  6. 6. Sente dor intensa ou pressão persistente no peito?
  7. 7. Tem febre acima de 38ºC?
  8. 8. Sente dificuldade para respirar ou falta de ar?
  9. 9. Está com os lábios ou rosto ligeiramente azulados?
  10. 10. Está com dor de garganta?
  11. 11. Esteve em algum local com elevado número de casos de COVID-19, nos últimos 14 dias?
  12. 12. Acha que teve contato com alguém que possa estar com COVID-19, nos últimos 14 dias?
Imagem que indica que o site está carregando

Em alguns casos, especialmente de pessoas com sistema imune fragilizado, a infecção pode evoluir para uma pneumonia, o que pode provocar sintomas mais intensos e colocar a vida em risco. Entenda mais sobre os sintomas do coronavírus e faça nosso teste online.

O vírus pode matar?

Assim como qualquer doença, o COVID-19 pode causar a morte, especialmente quando evolui para um situação de pneumonia grave. No entanto, o óbito por COVID-19 é mais frequente entre pessoas mais velhas e que apresentam doenças crônicas, isso porque possuem o sistema imunológico mais comprometido.

Além disso, pessoas que foram submetidas a transplantes ou a cirurgias, que possuem câncer ou que estão em tratamento com imunossupressores também possuem maior risco de ter complicações.

Veja mais sobre o COVID-19 assistindo ao vídeo a seguir:

Como acontece a transmissão

A transmissão da COVID-19 acontece principalmente através da tosse e dos espirros de uma pessoa infectada, podendo acontecer ainda do contato físico com objetos e superfícies contaminadas. Saiba mais sobre a forma de transmissão da COVID-19.

Como prevenir a COVID-19

Assim como acontece com a prevenção da transmissão de outros vírus, para se proteger da COVID-19 é importante adotar algumas medidas, como:

  • Evitar contato próximo com pessoas que pareçam estar doentes;
  • Lavar frequentemente e corretamente as mãos, principalmente após contacto direto com pessoas doentes;
  • Evitar contacto com animais;
  • Evitar a partilha de objetos, como talheres, pratos, copos ou garrafas;
  • Tapar o nariz e boca quando se espirrar ou tossir, evitando fazê-lo com as mãos.

Veja como lavar corretamente as mãos, no vídeo seguinte:

Bibliografia >

  • CDC. 2019 Novel Coronavirus (2019-nCoV), Wuhan, China. Disponível em: <https://www.cdc.gov/coronavirus/2019-nCoV/summary.html>. Acesso em 06 Mar 2020
  • CDC. Update and Interim Guidance on Outbreak of 2019 Novel Coronavirus (2019-nCoV) in Wuhan, China. Disponível em: <https://emergency.cdc.gov/han/han00426.asp>. Acesso em 06 Mar 2020
  • CDC. Human Coronavirus Types. Disponível em: <https://www.cdc.gov/coronavirus/types.html>. Acesso em 06 Mar 2020
  • SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE DO PARANÁ. Nota técnica nº 08 - Emergência em Saúde Pública de Importância Internacional: Coronavírus. 2020. Disponível em: <http://www.saude.pr.gov.br/arquivos/File/ACS/NotaTecnicaCoronavirus.pdf>. Acesso em 06 Mar 2020
  • NOBRE, Akim Felipe S. et al. Primeira detecção de coronavírus humano associado à infecção respiratória aguda na Região Norte do Brasil. Rev Pan-Amaz Saude. Vol 05. 2 ed; 37-41, 2014
  • BARER, Michael R. et al. Medical Microbiology - A guide to microbial infections: pathogenesis, immunity, laboratory investigation and control. 19 ed. Elsevier, 2018. 548-554.
  • ANVISA. NOTA TÉCNICA Nº 04/2020 GVIMS/GGTES/ANVISA - Orientações para serviços de saúde: medidas de prevenção e controle que devem ser adotadas durante a assistência aos casos suspeitos ou confirmados de infecção pelo novo coronavírus (2019- nCoV). 2020. Acesso em 06 Mar 2020
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem