Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Injeção anticoncepcional Mensal

Os anticoncepcionais injetáveis combinados contêm uma associação de estrogênio e progestógeno, que devem ser administrados por um profissional de saúde, via intramuscular, todos os meses.

Esse tipo de contraceptivo funciona de forma semelhante a pílula diária, inibindo a ovulação e tornando o muco cervical espesso, impedindo a passagem dos espermatozóides. Alguns nomes deste tipo de anticoncepcional injetável são Cyclofemina, Mesigyna, Perlutan, Ciclovular e Unociclo.

O preço dos anticoncepcionais injetável para uso mensal varia entre 15 e 45 reais, dependendo do medicamento e da região onde é comercializado, e pode ser comprado em qualquer farmácia.

Local de aplicação mais comum
Local de aplicação mais comum

Como usar o anticoncepcional injetável

Para mulheres com ciclo menstrual normal, que não usam a pílula nem outra injeção anticoncepcional, a primeira injeção deve ser tomada até o 5º dia do inicio da menstruação e as seguintes, devem ser administradas a cada 30 dias, mais ou menos 3 dias, independentemente da menstruação. Se houver atraso de mais de três dias para a nova injeção, a mulher deve ser orientada para uso de preservativo.

Para iniciar depois do parto, a mulher deve tomar a injeção entre o 21º e 28º dia depois do nascimento do bebê, e para começar a usar depois de um aborto ou depois de ter tomado a pílula do dia seguinte, pode-se tomar a injeção imediatamente.

Também se pode tomar a primeira injeção no mesmo dia que decidir trocar a pílula contraceptiva ou injeção trimestral, sem necessidade de usar camisinha. Se a mulher não usava nenhum método contraceptivo antes e teve relações sexuais, deve realizar o teste de gravidez antes de tomar a injeção. Saiba como trocar de anticoncepcional sem correr o risco de engravidar.

A aplicação da injeção deve ser feita pelo médico, enfermeiro ou farmacêutico sendo desaconselhada a administração pela própria mulher.

Principais efeitos colaterais

A injeção anticoncepcional mensal pode levar ao surgimento de dor nas mamas, náuseas, vômitos, dor de cabeça, tontura e a mulher pode engordar.

Além disso, podem surgir alterações menstruais, e nestes casos a mulher deve ser avaliada por um ginecologista para realizar exames a fim de identificar se existe alguma outra causa para o sangramento, como a doença inflamatória pélvica, por exemplo. Se não houver nenhuma causa aparente para o sangramento abundante e a mulher não estiver confortável com este método, é aconselhado substituir esta injeção por algum outro método contraceptivo.

Quem não deve usar

A injeção anticoncepcional mensal não é indicada para pessoas com hipersensibilidade a qualquer componente da formulação do produto, grávidas, mulheres que estejam a amamentar até 6 semanas depois do parto, câncer de mama atual ou suspeita de malignidade hormônio-dependente, dores de cabeça graves com sintomas neurológicos focais, hipertensão grave, doença vascular, histórico de tromboflebite ou distúrbio tromboembólico e histórico de cardiopatia isquêmica ou cardiopatia valvar complicada.

Além disso, a injeção também não deve ser usada em mulheres com diabetes com nefropatia, retinopatia, neuropatia ou outra doença vascular ou diabetes com duração superior a 20 anos, lúpus eritematoso sistêmico com anticorpos anti-fosfolípides positivos, histórico de doenças do fígado, que tenham realizado uma cirurgia de grande porte com imobilização prolongada, que sofram de sangramento uterino ou vaginal anormal ou que fumem mais de 15 cigarros por dia, com idade acima de 35 anos.

Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...