Somos REDE D'OR
icon de informação icon de telefone 3003-3230
Número disponível apenas em território brasileiro, com custo de chamada local.

Gravidez silenciosa (sem sintomas): é realmente possível?

janeiro 2023

A gravidez silenciosa é a gestação que não é sentida ou identificada pela mulher, sendo geralmente descoberta no terceiro trimestre da gravidez ou até no momento do parto. Isso porque nesse tipo de gravidez a mulher não apresenta nenhum sintoma, podendo, inclusive, continuar tendo sangramentos e manter a barriga lisa, sem que seja perceptível qualquer saliência característica da gravidez.

No entanto, algumas mulheres com gravidez silenciosa podem apresentar alguns sintomas típicos da gravidez, como náuseas, cólicas, sonolência excessiva, cansaço ou aumento da sensibilidade nos seios, que podem ser confundidos ou atribuídos a outras causas, como TPM, por exemplo. Saiba diferenciar a TPM da gravidez

A gravidez silenciosa é rara, porém pode ocorrer em algumas mulheres, especialmente as que possuem ciclos menstruais irregulares ou longo intervalo entre as menstruações, por exemplo, o que pode trazer riscos para o bebê, já que não é feito nenhum acompanhamento pré-natal.

Imagem ilustrativa número 1

Sinais e sintomas da gravidez silenciosa

Os principais sinais e sintomas da gravidez silenciosa são:

  • Sangramentos recorrentes, que podem ser confundidos com a menstruação;
  • Ausência de menstruação, que pode ser confundido com ciclos menstruais irregulares ou longos períodos entre as menstruações;
  • Ausência de crescimento da barriga, sendo mais comum em mulheres que sofrem de obesidade ou são atletas.

Além disso, é comum a mulher não apresentar da gravidez ou ter poucos sintomas, como náuseas, cólicas abdominais, cansaço ou sonolência excessivos, ou aumento de sensibilidade nos seios, que não são específicos da gravidez, e podem ser atribuídos a outras causas, como TPM, alimentação, exposição excessiva ao sol ou até problemas para dormir.

Por que acontece

Alguns sintomas que ocorrem durante a gravidez, como náuseas e vômitos, dor nas mamas, cólicas ou alterações de humor, por exemplo, são principalmente causados pelo aumento dos hormônios sexuais, porém, algumas mulheres podem não sentir essas diferenças por terem maior tolerância aos hormônios e a essa oscilação hormonal. Saiba quais os sintomas característicos da gravidez e que facilitam o seu diagnóstico.

Além disso, um bebê quieto ou uma placenta situada na frente do útero podem impedir que a mulher perceba os movimentos do bebê.

Por que surge sangramento?

O sangramento vaginal que pode ocorrer durante uma gravidez silenciosa, é muitas vezes confundido pela mulher com a menstruação, porém, pode resultar de outros fatores, como a nidação, que consiste no implante do embrião no útero, que causa o rompimento de vasinhos que o revestem, podendo causar sangramento. Como este período coincide com os dias em que ocorreria a menstruação, a mulher pensa que não está grávida.

Além disso, à medida que a gravidez avança, o útero vai aumentando de tamanho, o que também contribui para o rompimento dos vasinhos e sangramento, fazendo com que a mulher continue a acreditar que não está grávida.

Por que não aparece barriga?

Algumas mulheres que têm uma gravidez silenciosa podem até nunca chegar a ter barriga saliente, que é a característica mais evidente da gravidez.

Isto pode acontecer por vários motivos, em mulheres que têm um abdômen longo, em que existe mais espaço para que o útero se desenvolva para cima e não para fora, podendo dar a impressão de uma barriga menor, em mulheres com excesso de peso, cuja barriga pode ser confundida, ou em mulheres com músculos mais trabalhados, em que a barriga pode não ficar tão saliente, e o bebê se desenvolver mais perto da coluna.

Além disso, o feto também pode estar escondido na caixa torácica e/ou, quando é muito pequeno, pode também não se perceber uma diferença muito grande na barriga.

Quais os riscos de não perceber a gravidez

O fato de a mulher não saber que está grávida, faz com que ela não procure acompanhamento pré-natal ou aulas de preparação para o parto, podendo por em risco a vida do bebê. Além disso, a pessoa continua a manter os mesmos hábitos, que podem ser prejudiciais para o bebê, como ingerir bebidas alcoólicas, cigarro ou medicamentos que são contra-indicados na gravidez.

Existem também suplementos que devem ser tomados durante a gravidez, como é o caso do ácido fólico, por exemplo, para que o bebê nasça saudável e, nestes casos, isso não é possível. Entenda a importância do ácido fólico na gravidez.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Flávia Costa - Farmacêutica, em janeiro de 2023.

Bibliografia

  • SAYLEA, Amy E. et al. A prospective study of the onset of symptoms of pregnancy. Journal of Clinical Epidemiology. Vol.55, n.2012. 676-680, 2002
  • AMERICAN PREGNANCY ASSOCIATION. Pregnancy Symptoms – Early Signs of Pregnancy. 2019. Disponível em: <https://americanpregnancy.org/getting-pregnant/early-pregnancy-symptoms/>. Acesso em 27 nov 2019
Equipe editorial constituída por médicos e profissionais de saúde de diversas áreas como enfermagem, nutrição, fisioterapia, análises clínicas e farmácia.