Gravida pode fazer tatuagem?

Atualizado em março 2023

Durante a gravidez, a mulher não deve fazer tatuagem, uma vez que existem vários fatores de risco que podem afetar o desenvolvimento do bebê assim como a saúde da grávida, não sendo recomendado fazer tatuagem na gravidez.

Isto porque fazer uma tatuagem em qualquer fase da gestação pode aumentar o risco de contrair uma infecção, como hepatites B ou C, ou HIV, especialmente quando a agulha é mal esterilizada. 

Além disso, a tinta usada para tatuar, geralmente contém metais pesados, como mercúrio, chumbo ou arsênio, ou pigmentos, que podem interferir no desenvolvimento do bebê. Desta forma, é recomendado que a grávida não faça tatuagem na gestação. 

Imagem ilustrativa número 1

Riscos de fazer tatuagem na gravidez

Os principais risco de fazer tatuagem na gravidez são: 

  • Atrasos no desenvolvimento do bebê: durante a realização de uma tatuagem é comum que a pressão arterial diminua e ocorram alterações hormonais, mesmo que a mulher está habituada à dor. Nestes casos, a alteração brusca na pressão arterial pode diminuir a quantidade de sangue que vai para o bebê, podendo atrasar seu desenvolvimento;
  • Transmissão de infecções para o bebê: embora seja uma situação pouco frequente, é possível ficar infectado por uma doença grave, como Hepatite B ou HIV, devido ao uso de agulhas mal esterilizadas. Caso a mãe desenvolva uma destas doenças infecciosas, pode facilmente transmitir para o bebê durante a gravidez ou o parto;
  • Malformações no feto: a presença de tinta fresca no organismo pode causar a liberação de químicos na corrente sanguínea, e metais pesados, como mercúrio, chumbo ou arsênio, podendo levar a alterações na formação do feto, especialmente no primeiro trimestre da gestação, em que estão sendo formados os principais órgãos do bebê. 

Além disso, a pele sofre algumas alterações devido aos hormônios e ao aumento de peso, e isso pode interferir no desenho da tatuagem quando a mulher voltar ao seu peso habitual.

O que fazer quando se fez tatuagem sem saber que se está grávida

Nos casos em que a mulher fez uma tatuagem, mas não sabia que estava grávida é aconselhado avisar o obstetra para fazer os testes necessários para doenças como HIV e hepatite, de forma a avaliar se está infectada e se existe risco de transmitir a doença para o bebê.

Assim, caso exista esse risco, os profissionais de saúde podem adotar alguns cuidados durante o parto e iniciar tratamento nas primeiras horas de vida do bebê, para diminuir o risco de infecção ou de desenvolvimento dessas doenças.

Marque consulta com um Obstetra perto de você!

Atendemos mais de 150 convênios em 7 estados do Brasil*.

Marcar Consulta

*Rio de Janeiro, São Paulo, Pernambuco, Bahia, Maranhão, Sergipe e Distrito Federal

Foto de uma doutora e um doutor de braços cruzados esperando você para atender