Glucomannan: o que é, para que serve e como tomar

Atualizado em novembro 2023
Evidência científica

O glucomannan, ou glucomanano, é uma fibra vegetal que ajuda a emagrecer porque forma um tipo de gel no estômago, aumentando o tempo da digestão dos alimentos e diminuindo a fome entre as refeições.

Além disso, o glucomannan, que é extraído da raiz de konjac, uma planta medicinal conhecida cientificamente como Amorphophallus konjac, também ajuda a combater a prisão de ventre, pois promove a hidratação das fezes, facilitando as evacuações. Entenda melhor para que serve o konjac.

O glucomannan pode ser encontrado em farmácias e lojas de produtos naturais, na forma suplementos em cápsulas, comprimidos ou em pó. Além disso, o glucomannan também é usado na fabricação de farinhas e massas, como o macarrão shirataki.

Imagem ilustrativa número 1

Para que serve

O glucomannan é rico em fibras que fornecem diversos benefícios para a saúde:

1. Favorecer a perda de peso

O glucomanano é rico em fibras solúveis que formam uma espécie de gel no estômago, aumentando o tempo de digestão dos alimentos, ajudando a controlar o apetite a diminuir a quantidade de alimentos consumidos.

2. Regular os níveis de colesterol e os triglicerídeos

O glucomanano ajuda a regular o colesterol LDL e os triglicerídeos no sangue, já que diminui a absorção da gordura dos alimentos, ajudando a prevenir doenças como aterosclerose, pressão alta e infarto.

3. Combater a prisão de ventre

Por conter fibras, o glucomanano ajuda a combater a prisão de ventre, já que favorece a absorção de água nas fezes, aumentando o seu volume e facilitando a evacuação.

4. Prevenir a diabetes

A fibras presentes no glucomanano ajudam a diminuir a velocidade de absorção do açúcar presente nos alimentos a nível intestinal, favorecendo o controle dos níveis de glicose no sangue, sendo uma excelente opção para as pessoas que possuem pré-diabetes.

5. Prevenir o câncer

O glucomanano diminui o risco de câncer colorretal, já que possui fibras solúveis que atuam como um prebiótico, o que favorece a multiplicação de bactérias boas para o organismo a nível intestinal, mantém a flora bacteriana intestinal saudável e protege o intestino.

6. Melhorar as doenças inflamatórias intestinais

O glucomanano também pode ajudar no tratamento de doenças inflamatórias intestinais, como a colite ulcerativa e a doença de Crohn, já que ajuda a combater bactérias “ruins” no intestino, fortalecendo o sistema imunológico e diminuindo as inflamações.

Como tomar

O glucomannan deve ser tomado entre 30 a 60 minutos antes das refeições principais, sendo normalmente indicado o uso de de 500 mg a 4 g desse suplemento por dia, que deve ser dividido em duas doses e tomado sempre junto com 2 copos de água.

O uso de glucomannan deve ser feito por até 4 meses e somente sob a orientação e acompanhamento de um médico ou nutricionista.

Possíveis efeitos secundários

O uso de glucomannan pode causar alguns efeitos colaterais leves, como inchaço, excesso de gases, fezes moles ou diarreia.

Quando se toma o glucomannan com pouca água, as fezes podem ficar muito secas e duras, causando prisão de ventre grave, ou até mesmo, obstrução intestinal, uma situação grave e que necessita de atendimento médico imediato.

Além disso, quando o glucomanano é ingerido com pouca água, pode se expandir antes de chegar no estômago e causar sufocamento ou bloqueio da garganta.

Quem não pode usar

O glucomannan não é indicado para crianças, para mulheres grávidas ou que estejam amamentando. Da mesma forma que esse suplemento é contraindicado para pessoas com bloqueio no esôfago ou estômago, ou doenças que causam dificuldades para engolir, como doença de Parkinson, derrame e esclerose múltipla.

Pessoas que usam hipoglicemiantes, insulina ou qualquer outro medicamento devem sempre consultar um médico antes de usarem o glucomannan, porque esse suplemento pode alterar o efeito de alguns remédios.