Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Como garantir uma viagem de avião tranquila durante a gravidez

Para garantir a calma e a tranquilidade durante o voo é aconselhado evitar viagens muito próximas da data provável do parto e preferencialmente escolher um acento no corredor, próximo ao banheiro do avião porque é normal que a gestante tenha que se levantar para ir ao banheiro várias vezes durante a viagem.

Outras dicas que podem ser úteis, garantindo a paz e o sossego durante a viagem são:

  • Manter o cinto sempre bem apertado, abaixo da barriga e vestir uma roupa leve e confortável;
  • Levantar-se para caminhar pelo avião de hora em hora, para melhorar a circulação sanguínea, diminuindo o risco de trombose;
  • Beber água evitando café, refrigerantes ou chás, e preferir alimentos de fácil digestão.

Ter sempre à mão livros e revistas com assuntos que goste também pode ajudar a proporcionar uma viagem menos estressante. Se tiver medo de viajar de avião, pode ser útil comprar um livro que fale deste assunto, porque todos possuem boas dicas para vencer o medo e a ansiedade durante o voo.

Além disso, é importante não esquecer que após viagens longas podem surgir alguns sintomas de Jet Lag como cansaço e dificuldade em dormir, que são normais e acabam passando em poucos dias. saiba mais sobre este problema em Como lidar com o Jet Lag

Como relaxar durante o voo

​Se a gestante tiver medo de andar de avião, o que pode fazer para tentar se acalmar é tomar um anti-histamínico, sob orientação médica, ou tomar 1/2 taça de vinho porque estas situações favorecem o sono, deixando a mulher mais calma e relaxada. Apesar das bebidas alcoólicas não serem recomendadas durante a gravidez, pequenas concentrações de álcool quando ingeridas eventualmente não fazem mal ao bebê, e existem anti-histamínicos que também podem ser usados durante a gestação.

Adotar técnicas como respirar profundamente mantendo a concentração no movimentação abdominal também pode ajudar a manter a mente focada e tranquila, mas é recomendado evitar viajar sozinha para que encontre uma mão amiga para eventuais necessidades que possam aparecer.

Até quando as grávidas podem viajar de avião

As grávidas saudáveis podem viajar de avião até as 35 semanas de gestação, quando está esperando apenas um bebê, e até às 32 semanas de gestação, se estiver grávida de gêmeos. Porém, no caso de grávidas com anemia, diabetes ou pressão alta; história de parto prematuro; sangramentos ou dores recentes, a viagem de avião pode ser desaconselhada.

A partir das 28 semanas de gestação, algumas companhias aéreas, podem pedir que as gestantes viajem com uma declaração do médico que garanta a saúde da grávida e a data provável do parto.

O que fazer se o trabalho de parto iniciar dentro do avião

Se as contrações uterinas iniciarem dentro do avião deve manter a calma mas comunicar a tripulação do que está acontecendo porque se a viagem for muito longa e ainda estiver muito longe do seu destino, pode ser necessário aterrizar no aeroporto mais próximo ou chamar uma ambulância para ficar à sua espera assim que aterrar no seu local de destino.

O trabalho de parto pode demorar cerca de 12 a 14 horas na primeira gravidez e este tempo tende a diminuir nas gestações seguintes e é por isso que não é aconselhado viajar de avião, especialmente em viagens longas, após as 35 semanas de gestação. No entanto, o corpo da mulher está preparado para a concepção e o parto pode acontecer naturalmente dentro do avião, com o auxilio de pessoas próximas e da tripulação, sendo uma experiência marcante.

Veja também:

Mais sobre este assunto:
Carregando
...