Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Caquexia: o que é, causas, sintomas e tratamento

A caquexia é caracterizada pela perda de peso e de massa muscular acentuada, fraqueza e deficiências nutricionais que normalmente não conseguem ser corrigidas mesmo com dieta balanceada e recomendada por um nutricionista.

Essa situação é normalmente consequência de doenças crônicas, como doenças cardiovasculares, doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) e câncer, por exemplo.

Caquexia: o que é, causas, sintomas e tratamento

Sintomas de caquexia

Os principais sintomas indicativos de caquexia são:

  • Perda de peso;
  • Atraso no desenvolvimento, no caso de crianças;
  • Deficiências nutricionais;
  • Perda de massa muscular, conhecida como sarcopenia;
  • Má absorção intestinal;
  • Náuseas;
  • Perda da habilidade motora;
  • Fraqueza;
  • Diminuição da atividade do sistema imunológico;
  • Cansaço excessivo;
  • Perda de apetite.

Na caquexia a perda de massa muscular acontece devido ao aumento do metabolismo e perda do apetite, levando à utilização pelo organismo de proteína e gordura. É importante que a causa da caquexia seja descoberta para que seja iniciado o tratamento para melhorar a qualidade de vida da pessoa.

Como é o diagnóstico

O diagnóstico da caquexia é feito pelo médico baseado nos sintomas e características da pessoa e resultado dos exames laboratoriais solicitados. No caso de pacientes oncológicos, por exemplo, é considerado caquexia quando a perda de peso é superior à 5%, quando o IMC é menor que 20 e a perda de peso é superior a 2% ou quando há sarcopenia e perda de peso superior a 2%.

Principais causas

A caquexia normalmente é resultado de doenças crônicas, sendo as principais:

  • Câncer;
  • Doenças cardiovasculares, como Insuficiência Cardíaca Congestiva;
  • Insuficiência renal;
  • Problemas no fígado;
  • Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica;
  • Tuberculose;
  • Infecções crônicas;
  • AIDS;
  • Fibrose Cística;
  • Leishmaniose visceral.

Além disso, a caquexia pode acontecer como consequência de intoxicação e queimaduras graves, por exemplo.

Como é feito o tratamento

O tratamento da caquexia deve ser feito com fisioterapia, nutrição e uso de medicamentos. A fisioterapia é importante para evitar a perda excessiva de massa muscular, além de estimular os movimentos, uma vez que na caquexia a pessoa pode perder a habilidade motora.

A nutrição em casos de caquexia normalmente não é eficaz no que diz respeito à reposição de massa muscular, porém é de extrema importância que esse paciente seja acompanhado por um nutricionista para evitar a perda de mais nutrientes.

Em relação aos medicamentos, o médico pode recomendar o uso do hormônio do crescimento, esteroides, anti-inflamatórios, antioxidantes e suplementos de vitaminas e minerais, por exemplo, com o objetivo de aliviar os sintomas.

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem