Alcachofra realmente emagrece?

julho 2022

A Alcachofra (Cynara scolymus L.) possui propriedades medicinais protetoras do fígado, mas também pode ser usada para emagrecer, devido a sua capacidade de eliminar toxinas, gorduras e excesso de líquido do organismo.

Além de ser também considerada um alimento tônico e afrodisíaco, a alcachofra possui indicações clínicas que incluem a redução do colesterol e a regulação da glicemia, devido à substância cinaropicrina, que é encontrada nas suas folhas e que promove o aumento das secreções biliar e gástrica. Veja para que serve a alcachofra.

Alcachofra emagrece?

A alcachofra possui propriedades diuréticas e desintoxicantes, aumentando a taxa de eliminação de impurezas e do líquido em excesso no organismo. Além disso, devido à sua propriedade laxativa e ao fato de ser rico em fibras, melhora o trânsito intestinal, evitando, assim, a constipação. A alcachofra também consegue estimular a produção de bile pelo fígado, acelerando o processo de digestão dos alimentos ricos em gordura.

Assim, devido às suas propriedades, a alcachofra pode auxiliar o emagrecimento, no entanto o seu consumo para emagrecer não deve ser isolado. É importante que o consumo de alcachofra seja acompanhado da prática regular de exercícios físicos e de uma alimentação balanceada para que se possa alcançar os objetivos da melhor forma. Saiba como emagrecer com a reeducação alimentar.

Como usar a alcachofra para emagrecer

Para emagrecer, recomenda-se tomar 2 cápsulas de extrato de alcachofra por dia, ou tomar até 3 xícaras do chá de alcachofra por dia. No entanto, é importante seguir uma dieta saudável e balanceada e realizar exercícios físicos regulares para que o emagrecimento seja potencializado. Saiba como usar as cápsulas de alcachofra para emagrecer.

O chá de alcachofra pode ser feito adicionando-se 1 colher de sobremesa (de 5g a 6g) de folhas secas de alcachofra em uma panela com 1 litro de água fervente. Tampar a panela e deixar repousar por 5 a 10 minutos, esperar esfriar um pouco, coar e beber durante o dia, de preferência sem adoçar.

A alcachofra também pode ser consumida na sua forma cozida, possuindo os mesmos benefícios. O extrato da alcachofra pode ser encontrado em farmácias ou lojas de produtos naturais, em forma de xaropes, comprimidos ou cápsulas. Mas, embora natural, não deve ser consumida durante a gestação ou amamentação.

No entanto, é importante lembrar que a alcachofra não deve ser consumida por pessoas com problemas na vesícula, hepatite ou câncer no fígado sem orientação de um médico. O consumo dessa planta não é recomendado para quem usa os medicamentos anticoagulantes, porque a alcachofra pode diminuir a ação desses remédios. Além disso, a alcachofra não é indicada para mulheres grávidas ou que estejam amamentando, e para crianças menores de 12 anos.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Karla S. Leal - Nutricionista, em julho de 2022.

Bibliografia

  • CONSELHO REGIONAL DE FARMÁCIA DO ESTADO DE SÃO PAULO. PLANTAS MEDICINAIS E FITOTERÁPICOS. 2019. Disponível em: <http://www.crfsp.org.br/images/cartilhas/PlantasMedicinais.pdf>. Acesso em 14 jun 2022
  • AGÊNCIA NACIONAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA. Formulário de Fitoterápicos - Farmacopeia Brasileira - 2ª edição. 2021. Disponível em: <https://www.gov.br/anvisa/pt-br/assuntos/farmacopeia/formulario-fitoterapico/arquivos/2021-fffb2-final-c-capa2.pdf>. Acesso em 14 jun 2022
Equipe editorial constituída por médicos e profissionais de saúde de diversas áreas como enfermagem, nutrição, fisioterapia, análises clínicas e farmácia.