Praziquantel: para que serve, como tomar e efeitos colaterais

Revisão clínica: Flávia Costa
Farmacêutica
maio 2022

O praziquantel é um antiparasitário indicado para o tratamento de infecções por helmintos ou trematódeos, como esquistossomose, teníase ou cisticercose, pois age paralisando ou afetando o metabolismo dos parasitas, facilitando sua eliminação.

Esse remédio pode ser usado por adultos ou crianças com mais de 4 anos, sendo fornecido gratuitamente pelo SUS, na forma de comprimidos de 600 mg, com o nome Farmanguinhos praziquantel, produzido pela Fiocruz.

O praziquantel deve ser usado com indicação médica, sendo necessário apresentação de receita médica para que seja liberado pela farmácia do posto de saúde.

Para que serve

O praziquantel é indicado para o tratamento de infecções por diversos parasitas, como:

  • Esquistossomose, causada pelo Schistosoma mansoni, S. haematobium, S. japonicum, S. intercalatum e S. mekongi;
  • Clonorquíase, causada por Clonorchis sinensis;
  • Opistorquíase, causada por Opisthorchis viverrini ou O. felineus;
  • Cisticercose ou neurocisticercose, causada por Cysticercus cellulosae;
  • Teníase, causada por Taenia solium e Taenia saginata;
  • Difilobotríase, causada por Diphyllobothrium latum ou D. caninum;
  • Himenolepíase, causada por Hymenolepis nana.

Além disso, o praziquantel também pode ser indicado pelo médico para ser usado em associação com o albendazol, no tratamento pós cirúrgico da cisticercose.

Como tomar

O comprimido de praziquantel deve ser tomado por via oral, com um copo de água, durante uma refeição. Os comprimidos não devem ser partidos ou mastigados, pois possuem um gosto amargo, podendo causar vômitos.

As doses normalmente indicadas do praziquantel para adultos, incluem:

Indicações

Dose para adultos

Neurocisticercose

50 mg por Kg de peso corporal por dia, divididos em 3 doses diárias, durante 15 dias. Pode ser necessário repetir o tratamento após 3 meses, conforme orientação médica

Cisticercose

50 mg por Kg de peso corporal por dia, divididos em 3 doses diárias, durante 14 dias

Esquistossomose

50 mg por Kg de peso corporal, em dose única

Infecções intestinais por Taenia saginata ou Taenia solium

5 a 10 mg por Kg de peso corporal, em dose única

Infecção por Hymenolepis nana

15 a 25 mg por Kg de peso corporal, em dose única

Infecção por Diphyllobothrium latum ou Dipylidium caninum

25 mg por Kg de peso corporal, em dose única

Para crianças acima de 4 anos, a dose recomendada do praziquantel para o tratamento da esquistossomose é de 60 mg por kg de peso corporal, em dose única, calculada pelo pediatra.

Após a ingestão do praziquantel, é recomendado fazer um repouso de pelo menos 3 horas, para prevenir o surgimento de náuseas ou tontura.

Possíveis efeitos colaterais

Os efeitos colaterais mais comuns que podem surgir durante o tratamento com o praziquantel são perda do apetite, dor de cabeça, tontura, sonolência, lentidão ou dificuldade de reagir a estímulos externos ou falar, dor abdominal, náusea, vômito, fraqueza ou cansaço. Geralmente, esses efeitos colaterais são passageiros, melhorando sem necessidade de tratamento, e surgem devido a morte dos parasitas ou devido a sua alta infestação.

Além disso, podem surgir reações alérgicas graves ao praziquantel que necessitam de atendimento médico imediato. Por isso, deve-se interromper o tratamento e procurar o pronto socorro mais próximo ao apresentar sintomas como dificuldade para respirar, sensação de garganta fechada, inchaço na boca, língua ou rosto, coceira, formação de bolhas na pele ou urticária. Saiba identificar os sintomas de reação alérgica grave.

No caso do tratamento da neurocisticercose, também podem surgir efeitos colaterais como convulsão, inflamação da membrana que protege o cérebro, rigidez na nuca, intolerância à luz, dor de cabeça, aumento da temperatura corporal ou hipertensão craniana. Por isso, o tratamento da neurocisticercose deve ser feito somente em ambiente hospitalar, com internamento da pessoa.

Quem não deve usar

O praziquantel não deve ser usado por crianças com menos de 4 anos, por pessoas que tenham cisticercose ocular, insuficiência hepática ou renal graves, ou que tenham alergia ao praziquantel ou qualquer outro componente do comprimido.

No caso de mulheres grávidas, o praziquantel só deve ser usado se recomendado pelo obstetra, após avaliação dos benefícios do tratamento para a mulher e riscos do uso desse remédio para o feto, especialmente no primeiro trimestre a gestação.

O praziquantel pode passar para o bebê pelo leite materno, sendo que seu uso só deve ser feito durante a amamentação se indicado pelo médico. No caso de utilizá-lo na fase de amamentação, é recomendado a mulher não amamentar durante pelo menos 72 duas horas após a ingestão do comprimido.

O praziquantel também não deve ser usado por pessoas em tratamento com rifampicina ou cetoconazol.

Esta informação foi útil?

Atualizado e revisto clinicamente por Flávia Costa - Farmacêutica, em maio de 2022.

Bibliografia

  • TIMSON, D. J. Praziquantel: An Enigmatic, Yet Effective, Drug. Methods Mol Biol. 2151. 1-8, 2020
  • THOMAS, C. M.; TIMSON, D. J. The Mechanism of Action of Praziquantel: Six Hypotheses. Curr Top Med Chem. 18. 18; 1575-1584, 2018
Mostrar bibliografia completa
  • FIOCRUZ. Farmanguinhos praziquantel. 2016. Disponível em: <https://www.far.fiocruz.br/wp-content/uploads/2016/12/2016-12-19-DMG-Praziquantel-Prof-sa%C3%BAde-.pdf>. Acesso em 24 mai 2022
  • DRUGS.COM. Praziquantel. 2022. Disponível em: <https://www.drugs.com/mtm/praziquantel.html>. Acesso em 24 mai 2022
Revisão clínica:
Flávia Costa
Farmacêutica
Formada em Farmácia pelo Centro Universitário Newton Paiva em 2003. Mestre em Ciências Biomédicas pela UBI, Portugal.

Tuasaude no Youtube

  • Sintomas de VERMES que você NÃO PODE ignorar!

    07:35 | 429848 visualizações
  • Sintomas e remédios para acabar com VERMES

    04:53 | 1573412 visualizações