Gosto amargo na boca é sinal de problemas no fígado?

“Tem alguns dias que eu estou sentindo um sabor amargo na boca. Às vezes parece que melhora, mas nunca desaparece. Isso pode ser sinal de algum problema no fígado?”

Dr.ª Janessa Oliveira

Farmacêutica e Bioquímica

CRF-SP 22143

Dr.ª Janessa Oliveira
Não tem agenda disponível
Buscar Gastroenterologista Hepatológico perto de você

As doenças e problemas do fígado podem causar gosto amargo na boca, no entanto essa não é uma causa comum, sendo mais frequente que o gosto amargo seja causado por:

  • Problemas dentários, como cáries ou inflamações da gengiva;
  • Alterações hormonais da gravidez;
  • Transtornos de ansiedade ou depressão;
  • Fumar cigarro;
  • Uso de alguns medicamentos, especialmente anti-hipertensivos, antidepressivos, anti-inflamatórios, antibióticos, antialérgicos, anticonvulsivantes e antiparasitários;
  • Doença do refluxo gastroesofágico;
  • Diabetes.

Confira as principais causas de gosto amargo na boca e o que fazer.

Caso sinta gosto amargo frequente na boca, o ideal é marcar uma consulta com um clínico geral, um otorrinolaringologista ou um dentista, para identificar a causa do problema e iniciar o tratamento mais adequado.

Porém, se suspeitar de problemas no fígado, o ideal é consultar um hepatologista, pois esse é o especialista mais indicado para pedir todos os exames necessários para avaliar a saúde do órgão.

Quando o gosto amargo pode ser problemas no fígado?

Alguns sinais e sintomas associados ao gosto amargo na boca que podem ajudar a perceber quando ele é causado por problemas de fígado são:

Fraqueza, cansaço e digestão difícil

Esses são os sintomas que podem estar presentes quando você come muito, mas quando são constantes podem indicar pedras na vesícula e doença hepática gordurosa não alcoólica (gordura no fígado). Ter diabetes, colesterol alto, doença cardíaca ou ter retirado a vesícula são outros sinais associados a essas doenças.

Diminuição do apetite e alterações de paladar

Esses são outros sinais que podem estar presentes para quem tem doenças crônicas do fígado, como a hepatite C. A percepção de alguns sabores, como o doce, pode estar aumentada e o prazer em comer diminui. Outros sinais possíveis são:

  • Perda de peso
  • Náuseas
  • Vômitos

Algumas hepatites são causadas por vírus. Você pode pegar a doença se algum líquido do corpo de uma pessoa doente (sangue, sêmen e muco vaginal) entrar no seu corpo. Isso pode acontecer no contato sexual e no uso de drogas com seringas ou agulhas compartilhadas.

Você também pode ficar doente quando um dentista, manicure, pedicure, quem coloca seu piercing ou faz sua tatuagem não lavar e esterilizar da forma adequada o material que utiliza. As hepatites virais podem ser transmitida para o bebê durante a gravidez, se a mãe tiver a doença.

Pele e branco dos olhos amarelados

Você pode perceber que a pele e branco dos olhos estão amarelados no início de uma hepatite viral ou quando uma doença hepática crônica se agrava (como no caso da cirrose). Outros sintomas, além do gosto amargo na boca, podem ser:

  • Perda de peso e de apetite
  • Fraqueza
  • Cansaço

Na cirrose, podem aparecer, ainda:

  • Inchaço, principalmente na barriga (ascite)
  • Efeitos no sistema nervoso central (confusão, problemas psiquiátricos, de equilíbrio e de locomoção)

A cirrose hepática pode ser consequência de muitos anos de alcoolismo, de uma hepatite causada por vírus ou por medicamentos, principalmente.

94% dos leitores acham este conteúdo útil (16 avaliações nos últimos 12 meses)
  • Iremos publicar sua pergunta de forma anônima.
  • Faça uma pergunta clara, curta e sem incluir dados pessoais.
  • Não peça um diagnóstico ou 2ª opinião sobre tratamentos que já esteja realizando.
Iremos utilizá-lo para o notificar sobre a resposta. O seu email nunca será publicado online.
Marque consulta com um Gastroenterologista Hepatológico perto de você!

Atendemos mais de 150 convênios em 9 estados do Brasil*.

Marcar Consulta

Disponível em: São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Pernambuco, Bahia, Maranhão, Pará, Paraná, Sergipe e Ceará.