Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Como tomar Hibisco em cápsulas para emagrecer

As cápsulas de hibisco devem ser tomadas 1 a 2 vezes por dia para garantir os melhores resultados na perda de peso. A parte medicinal do hibisco é a flor seca, que pode ser consumida na forma de chá ou em cápsulas, podendo ser comprada em lojas de produtos naturais, farmácias de manipulação e alguns supermercados. Se preferir, veja como preparar o chá de hibisco.

No entanto, a melhor forma de usar a planta é na forma de cápsulas, já que garante a ingestão da dose exata da planta, sendo mais fácil adequar o tratamento. Embora a dose tóxica seja muito elevada e, por isso, o risco de usar este suplemento seja baixo, é sempre aconselhado consultar um fitoterapeuta antes de usar o hibisco para emagrecer.

O nome científico dessa planta é Hibiscus sabdariffa, sendo popularmente conhecida como hibisco, caruru-azedo, vinagreira ou quiabo-roxo. Além de auxiliar na perda de peso, ela também é muito utilizada no tratamento da pressão alta, do colesterol, de doenças do fígado, diabetes e na prevenção do envelhecimento precoce.

Como tomar Hibisco em cápsulas para emagrecer

Como tomar as cápsulas de hibisco

Segundo vários estudos, a dose ideal de hibisco é de 500 a 1000 mg por dia, dependendo da concentração de compostos, especialmente antocianinas, no extrato. Assim, é indicado tomar:

  • Hibisco 1%: 1000 mg ou 2 vezes 500 mg, por dia;
  • Hibisco 2%: 500 mg por dia.

Porém, é sempre aconselhado consultar um fitoterapeuta ou ler as instruções na embalagem das cápsulas de hibisco.

Preço das cápsulas

O preço do Hibisco em cápsulas varia entre R$ 30,00 e R$ 63,00, dependendo da região e da quantidade de comprimidos.

Porque o hibisco ajuda a emagrecer

O hibisco contém vários componentes que ajudam na perda de peso como antocianinas, fenóis e flavonóides. Estes componentes ajudam a regular os genes envolvidos no metabolismo dos lípidos e também evitam a hipertrofia dos adipócitos, reduzindo o tamanho das células de gordura.

Além de ajudar a emagrecer, o hibisco também ajuda a diminuir os triglicerídeos e o níveis de colesterol no sangue. Também é bastante rico em antioxidantes e, por isso, combate os radicais livres, evitando o envelhecimento precoce das células.

Possíveis efeitos colaterais 

As cápsulas de hibisco podem causar náusea, mal estar intestinal e diarreia, especialmente se ingeridas em doses superiores às indicadas. Para garantir a segurança no uso do hibisco, deve-se evitar o consumo de mais de 2g de cápsulas de hibisco por dia.

Contraindicações

O hibisco em cápsulas está contraindicado para pessoas com doenças cardíacas, pressão baixa, mulheres grávidas ou que estejam amamentando.

Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...