Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
Fechar Coronavírus: Informações sobre COVID-19 Ler mais
O que você precisa saber?

Como tomar hibisco em cápsulas para emagrecer

Março 2020

As cápsulas de hibisco devem ser tomadas 1 a 2 vezes por dia para garantir os melhores resultados na perda de peso. A parte medicinal do hibisco é a flor seca, que pode ser consumida na forma de chá ou em cápsulas, podendo ser comprada em lojas de produtos naturais, farmácias de manipulação e alguns supermercados. Se preferir, veja como preparar o chá de hibisco.

No entanto, a melhor forma de usar a planta é na forma de cápsulas, já que garante a ingestão da dose exata da planta, sendo mais fácil adequar o tratamento. Embora a dose tóxica seja muito elevada e, por isso, o risco de usar este suplemento seja baixo, é sempre aconselhado consultar um fitoterapeuta antes de usar o hibisco para emagrecer.

O nome científico dessa planta é Hibiscus sabdariffa, sendo popularmente conhecida como hibisco, caruru-azedo, vinagreira ou quiabo-roxo. Além de auxiliar na perda de peso, ela também é muito utilizada no tratamento da pressão alta, do colesterol, de doenças do fígado, diabetes e na prevenção do envelhecimento precoce.

Como tomar hibisco em cápsulas para emagrecer

Como tomar as cápsulas de hibisco

Segundo vários estudos, a dose ideal de hibisco é de 500 a 1000 mg por dia, dependendo da concentração de compostos, especialmente antocianinas, no extrato. Assim, é indicado tomar:

  • Hibisco 1%: 1000 mg ou 2 vezes 500 mg, por dia;
  • Hibisco 2%: 500 mg por dia.

Porém, é sempre aconselhado consultar um fitoterapeuta ou ler as instruções na embalagem das cápsulas de hibisco.

Porque o hibisco ajuda a emagrecer

O hibisco contém vários componentes que ajudam na perda de peso como antocianinas, fenóis e flavonóides. Estes componentes ajudam a regular os genes envolvidos no metabolismo dos lípidos e também evitam a hipertrofia dos adipócitos, reduzindo o tamanho das células de gordura.

Além de ajudar a emagrecer, o hibisco também ajuda a diminuir os triglicerídeos e o níveis de colesterol no sangue. Também é bastante rico em antioxidantes e, por isso, combate os radicais livres, evitando o envelhecimento precoce das células.

Possíveis efeitos colaterais 

As cápsulas de hibisco podem causar náusea, mal estar intestinal e diarreia, especialmente se ingeridas em doses superiores às indicadas. Para garantir a segurança no uso do hibisco, deve-se evitar o consumo de mais de 2g de cápsulas de hibisco por dia.

Contraindicações

O hibisco em cápsulas está contraindicado para pessoas com doenças cardíacas, pressão baixa, mulheres grávidas ou que estejam amamentando. Além disso, também deve ser evitado quando se faz tratamento com anticoagulantes.

Bibliografia >

  • REVISTA SAÚDE EM FOCO. Hibisco e o processo de emagrecimento: uma revisão da literatura. 2015. Disponível em: <http://portal.unisepe.com.br/unifia/wp-content/uploads/sites/10001/2018/06/11hibisco_emagrecimento.pdf>. Acesso em 27 Mar 2020
  • CUNHA, Jersica M.; et al. Os efeitos do Hibisco (hibiscos sabdariffa) no emagrecimento. Revista Científica Univiçosa. Vol.8, n.1. 657-661, 2016
  • EXAMINE. Hibiscus sabdariffa. Disponível em: <https://examine.com/supplements/hibiscus-sabdariffa/>. Acesso em 27 Mar 2020
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem