Como alcançar a cura da hepatite C

A hepatite C tem cura quando o tratamento é feito de acordo com a orientação do médico, que pode indicar uma combinação de medicamentos que deve ser usada por 8 a 12 semanas de acordo com o grau da hepatite. É importante que o tratamento seja feito conforme a recomendação médica, mesmo que não existam mais sintomas aparentes, pois assim é possível garantir a inibição do vírus da hepatite C.

A hepatite C é a inflamação do fígado causada pelo vírus HCV, que pode ser transmitida para as pessoas por meio do compartilhamento de seringas e agulhas ou pelo contato com o sangue ou secreções de pessoas infectadas, se multiplicar no organismo e levar ao aparecimento de alguns sinais e sintomas como dor abdominal, urina escura, pele e olhos amarelados e barriga inchada. Conheça mais sobre a hepatite C.

Como alcançar a cura da hepatite C

Remédios para curar a Hepatite C

Os remédios indicados no tratamento da hepatite C tem como objetivo inibir a replicação do vírus da hepatite C, diminuindo a quantidade de vírus circulante e promovendo alívio dos sintomas. Esses remédios, quando usados de acordo com a indicação médica, podem levar à cura, sendo os principais:

  • Daclatasvir;
  • Simeprevir;
  • Sofosbuvir;
  • Combinação de ombitasvir, dasabuvir, veruprevir e ritonavir;
  • Combinação de ledipasvir e sofosbuvir;
  • Combinação de elbasvir e grazoprevir.

Os remédios indicados podem variar de acordo com o grau de inflamação do fígado e estado geral de saúde da pessoa, podendo o tratamento durar entre 8 a 12 semanas. Em comparação com os medicamentos anteriormente indicados, esses remédios estão associados com menos efeitos colaterais e melhores resultados, assim como maior facilidade na posologia e menor necessidade de realizar exame molecular para monitorar a eficácia do tratamento.

Como saber se estou curado da hepatite C

Para saber se foi possível alcançar a cura da hepatite C, o médico pode recomendar a realização de exames de sangue que permitam avaliar o funcionamento do fígado, como dosagem de ALT, AST, fosfatase alcalina, gama GT e bilirrubinas. Além disso, pode ser indicada a realização de exame sorológico e/ou de biologia molecular para verificar se o vírus da hepatite C foi eliminado e, caso não tenha sido, identificar em que concentração está presente.

É importante seguir o tratamento receitado pelo médico para tentar curar a hepatite C, isso porque essa inflamação não se cura sozinha e, caso o tratamento não seja realizado, há risco aumentado de desenvolver complicações como cirrose hepática e câncer no fígado, sendo indicado nesses casos a realização de transplante de fígado.

Esta informação foi útil?

Bibliografia

  • MINISTÉRIO DA SAÚDE. Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas para Hepatite C e Coinfecções. 2018. Disponível em: <http://conitec.gov.br/images/Relatorios/2018/Relatorio_PCDT_HepatiteC.pdf>. Acesso em 18 Ago 2021
Mais sobre este assunto: