Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Saiba quais são as consequências da Gravidez na Adolescência

Segundo a Organização Mundial de Saúde, a gravidez é considerada precoce quando a menina engravida entre os 10 e os 19 anos. A gravidez precoce geralmente se deve à cultura e à dificuldade de acesso a métodos contraceptivos, podendo causar consequências desagradáveis tanto para a saúde da gestante como do bebê.

Causas da gravidez precoce

As principais causas da gravidez precoce devem-se a vários fatores diferentes, mas podem incluir:

  • Primeira menstruação muito cedo;
  • Desinformação sobre gravidez e métodos contraceptivos;
  • Baixo nível financeiro e social;
  • Famílias com outros casos de gravidez precoce;
  • Conflitos e mau ambiente familiar.

A gravidez precoce pode acontecer em qualquer classe social, mas é mais frequente nas famílias de baixa renda.

Consequências da gravidez precoce

As consequências da gravidez precoce podem afetar tanto a jovem mãe como o bebê que irá nascer, incluindo:

As principais consequências físicas da gravidez precoce são:

  • Rompimento precoce da bolsa de água;
  • Parto prematuro e complicações durante o parto;
  • Aborto espontâneo;
  • Diminuição do peso e risco de anemia.

As consequência emocionais da gravidez precoce são:

  • Problemas afetivos entre a mãe e o bebê;
  • Diminuição da auto-estima da grávida;
  • Risco de depressão na jovem grávida.

As consequências socioeconômicas da gravidez precoce são:

  • Baixo nível escolar e abandono do estudo;
  • Dificuldade em encontrar emprego;
  • Rejeição da jovem por parte da sociedade;
  • Aumento da pressão para realizar o casamento.

As principais consequências da gravidez precoce para o bebê são:

  • Prematuridade;
  • Baixo peso ao nascer;
  • Risco de malformações.

Devido a todas as implicações que a gravidez precoce pode provocar, este tipo de gestação é considerado uma gravidez de alto risco e deve ser acompanhada por profissionais de saúde qualificados para evitar ou diminuir o impacto das consequências.

O que fazer em caso de gravidez na adolescência

Em caso de gravidez precoce, o que a jovem pode fazer é marcar uma consulta médica para iniciar o pré-natal e contar a sua família para obter o apoio necessário.

Médicos psicólogos e obstetras, assim como enfermeiro e assistente social devem ser informados para que haja uma correta vigilância pré-natal para reduzir as complicações na mãe e no bebê. Este tipo de acompanhamento também ajuda a evitar uma nova gravidez na adolescência e a incentivar a jovem mãe a voltar à escola.

Links úteis:

Mais sobre este assunto:
Carregando
...