Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que pode acontecer ao tomar Furosemida

A Furosemida é um medicamento com propriedades diuréticas e anti-hipertensivas, sendo indicado para tratar hipertensão arterial leve a moderada e inchaço devido a problemas cardíacos, renais e hepáticos, por exemplo.

Esse medicamento pode ser usado para emagrecer devido à sua propriedade diurética, retirando o excesso de líquido do organismo. No entanto, a Furosemida não deve ser tomado indiscriminadamente e sem orientação médica, pois pode a superdosagem pode ser prejudicial à saúde, podendo levar à queda brusca da pressão sanguínea, alteração nos batimentos cardíacos e desidratação, além de apatia, confusão mental, delírios e insuficiência renal.

A Furosemida, conhecida comercialmente por Lasix, pode ser encontrada em qualquer farmácia e pode custar entre R$5 e R$12,00, dependendo da região. Saiba mais sobre o Lasix.

O que pode acontecer ao tomar Furosemida

O que pode acontecer ao tomar Furosemida

De acordo com a bula da Furosemida, um dos efeitos colaterais do seu uso é baixar a pressão arterial. Se o indivíduo já tiver a pressão baixa e tomar o medicamento, pode ter consequências mais graves, como o choque, por exemplo, caso não seja acompanhado por um médico. Veja quais são os tipos de choque.

Muitos suplementos para emagrecer contêm em sua fórmula a Furosemida, pois ela tem um efeito adelgaçante, ou seja, evita o acúmulo de gordura. Nesse caso, porém, a furosemida está associada a outras substâncias, potencializando o emagrecimento. Sozinha, a Furosemida não é capaz de atuar na gordura e eliminá-la, ela promove um efeito emagrecedor apenas pelo aumento da perda de líquidos.

O medicamento Furosemida está proibido nas competições desportivas, pois pode alterar os resultados da competição, devido à diminuição do peso corporal, sendo facilmente reconhecido no exame antidoping. Além disso, os diabéticos devem ter um cuidado maior ao consumir a Furosemida, pois ela pode alterar os níveis de açúcar no sangue e alterar os exames de glicose. 

O uso da Furosemida também pode favorecer a ocorrência de câimbras, tonturas, aumento na concentração de ácido úrico e alcalose metabólica. Por isso que antes de fazer uso do medicamento é importante ter acompanhamento médico e saber se o uso pode ser feito sem risco. Quem não possui indicação para o uso desse medicamento, mas que deseja desinchar e emagrecer, há alternativas de diuréticos naturais que ajudam a combater a retenção de líquidos, causando menos riscos para a saúde, como cavalinha, hibisco ou centelha asiática, por exemplo. Confira para que serve e como tomar diuréticos naturais em cápsulas

Quem não deve tomar

O uso de Furosemida é contra-indicado para quem possui insuficiência renal, desidratação, doenças do fígado ou possui alergia à Furosemida, Sulfonamidas ou aos constituintes do medicamento. O uso do medicamento por pessoas que possuem qualquer uma das condições pode levar à complicações graves. Por isso é importante consultar o médico para verificar se é possível fazer uso do medicamento sem qualquer risco e qual a dose mais indicada.

3 passos para emagrecer

Se está precisando emagrecer confira no vídeo a seguir, o que precisa fazer:

Mais sobre este assunto:


Carregando
...