Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Como é a gravidez da mulher obesa

A gravidez da mulher obesa tem que ser mais controlada porque o excesso de peso aumenta o risco de desenvolver complicações na gravidez, como hipertensão e diabetes na mãe, e também problemas de malformações no bebê, como defeitos cardíacos.

Embora, durante a gravidez não seja aconselhado fazer dietas de emagrecimento, é fundamental controlar a qualidade da alimentação e a ingestão de calorias para que o bebê tenha todos os nutrientes necessários ao seu desenvolvimento, sem que a gestante aumente muito o peso.

Se a mulher está muito acima do seu peso ideal, é importante que emagreça antes de engravidar para alcançar um índice de massa corporal aceitável e assim diminuir os riscos associados ao sobrepeso durante a gravidez. Um acompanhamento nutricional antes e durante a gravidez, nesses casos, é indispensável. Perder peso antes de engravidar também vai ajudar a mulher a sentir o bebê quando estiver grávida, pois o excesso de gordura dificulta a mulher obesa de sentir o seu bebê mexendo.

Quantos quilos a grávida já acima do peso pode engordar durante a gravidez?

O peso que a mulher deve engordar durante a gravidez depende do peso da mulher antes de engravidar, que se avalia através do índice de massa corporal, que relaciona o peso com a altura. Assim, se o índice de massa corporal antes da gravidez era:

  • Menor que 19,8 (abaixo do peso) - o ganho de peso durante a gravidez deve ser entre 13 a 18 quilos.
  • Entre 19,8 e 26,0 (peso adequado) - o ganho de peso durante a gravidez deve ser entre 12 a 16 quilos.
  • Maior que 26,0 (acima do peso) - o ganho de peso durante a gravidez deve ser entre 6 a 11 quilos.

Em alguns casos, as mulheres obesas podem não engordar ou engordar muito pouco durante a gravidez porque à medida que o bebê cresce e a gravidez avança, a mãe pode emagrecer fazendo uma alimentação mais saudável e, como o peso que o bebê ganha compensa o que a mãe perde, o peso na balança não se altera.

semanas
Erro
m
Erro
kg
Erro
kg
Erro
Atenção: Esta calculadora não é adequada em caso de gravidez múltipla.
Imagem que indica que o site está fazendo loading

Riscos da gravidez na mulher obesa

Os riscos da gravidez na mulher obesa envolve problemas para a saúde do bebê e da mãe.

A grávida obesa tem um maior risco de desenvolver pressão alta, eclampsia e diabetes gestacional, mas o bebê também pode sofrer por causa do peso em excesso da mãe. O aborto e o desenvolvimento de malformações no bebê, como defeito cardíaco ou espinha bífida, são mais comuns na mulher obesa, além de maior risco de ter um bebê prematuro.

O pós-parto da mulher obesa também é mais complicado, com maior risco de dificuldade de cicatrização, por isso, emagrecer antes de engravidar pode ser uma excelente forma de ter uma gravidez livre de complicações.

Alimentação para a grávida obesa

A alimentação da grávida obesa tem que ser equilibrada e variada, mas as quantidades têm que ser calculadas pelo nutricionista para que a gestante tenha todos os nutrientes necessários ao desenvolvimento do bebê. Além disso, pode ser necessário a prescrição de suplementos de acordo com o peso corporal da gestante.

É fundamental não ingerir alimentos gordurosos, como frituras ou embutidos, doces e refrigerantes.

Para saber mais sobre o que comer durante a gravidez veja: Alimentação na gravidez.

Mais sobre este assunto:
Carregando
...