Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Chá de amora: principais benefícios e como é feito

O chá de amora apresenta propriedade antioxidante, cicatrizante, calmante de mucosa e anti microbiana, devido a presença de taninos, vitamina C, ferro, cálcio, sais minerais e ácidos graxos. Por isso, é amplamente usado como remédio caseiro, já que pode acrescentar vários benefícios à saúde, como tratar dores de garganta, inflamações nas gengiva e anemia, por exemplo.

Além disso, quando preparado por decocção, o chá das folhas ainda pode ser usado para tratar feridas e como um enxaguante bucal natural.

Apesar do chá de amora poder ser consumido todos os dias, possuir vários benefícios e ajudar no tratamento de algumas doenças, o seu consumo não deve substituir o tratamento indicado pelo médico, sendo apenas um complemento.

Chá de amora: principais benefícios e como é feito

Benefícios do chá de amora 

O chá das folhas de amora possui vários benefícios para a saúde, como:

  1. Aumentar a imunidade;
  2. Acelerar a cicatrização de feridas;
  3. Melhorar casos de anemia;
  4. Combater a inflamação das vias respiratórias, como garganta e cordas vocais;
  5. Tratar erupções bucais, como herpes;
  6. Reduzir o fluxo menstrual intenso;
  7. Melhorar o trânsito intestinal;
  8. Combater a diarreia;
  9. Reduzir o desconforto das aftas bucais;
  10. Evitar o aparecimento de caries. 

Além disso, este chá pode ser usado na redução do risco de câncer de mama, esôfagos e boca, por ser rico em antioxidantes que reduzem a quantidade de radicais livres no corpo, muitas vezes responsáveis pelo aparecimento destas doenças. 

Outros benefícios que podem ser citados são os da fruta amora, porque ajuda a emagrecer, previne o envelhecimento e pode ser usada como tintura. Saiba outros benefícios da amora a saúde.  

Como preparar o chá de amora

Esta bebida pode ser feita na forma convencional por infusão, ou seja, a água é fervida e logo em seguida as folhas são adicionadas e permanecem lá por alguns minutos, ou por decocção, onde as folhas são fervidas junto com a água. Nas duas formas os benefícios da planta se mantém, no entanto na decocção as propriedade ficam mais concentradas. 

1. Chá de amora por infusão 

O chá de amora na concentração obtida pela infusão, pode ser usado no dia-a-dia para se ter os efeitos terapêuticos como, tratar a dor de garganta ou reduzir os sintomas de um resfriado, por exemplo. 

Ingredientes:

  • 2 colheres de chá de folhas de amora;
  • 1 xícara de água fervente.

Modo de preparo:

Misturar as folhas de amora com a água fervente, e deixar esta mistura em descansar por 10 minutos, em seguida coar. Para um melhor aproveitamento dos fitonutrientes, é indicado consumir ainda morno.

2. Chá das folhas de amora por decocção 

O chá de amora feito por decocção é mais concentrado e possui maior teor de taninos, sendo usado amplamente para fortalecer o sistema imune, tratar feridas da pele, diminuir o fluxo menstrual e reduzir os sintomas de gripe.

Ingredientes: 

  • 3 colheres de chá de folha de amora;
  • 1 xícara de água.

Modo de preparo:

Levar ao fogo a água e as folhas de amora já misturadas, e deixar ferver por 10 minutos. Em seguida, coar e servir ainda morno.

Quem não deve usar

Apesar de possuir muitos benefícios, esta bebida é contraindicada para pessoa alérgicas a fruta amora, gestantes, lactantes e para quem tem estômago ou intestino facilmente irritável. 

Quem faz uso de medicamentos diários, deve consultar o médico responsável pelo tratamento, antes de consumir este chá, pois algumas substâncias podem interagir com certos medicamentos e causar efeitos colaterais.

Bibliografia >

  • PHARMACOGN REV.. Rubus fruticosus (blackberry) use as an herbal medicine. 2014. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4127818/>. Acesso em 10 Set 2020
  • QUÍM. NOVA V.28 N.5 SÃO PAULO SET./OUT. 2005. Taninos: uma abordagem da química à ecologia . 2005. Disponível em: <https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-40422005000500029&lng=pt&nrm=iso>. Acesso em 09 Set 2020
  • ANTIOXIDANTS (BASEL). . Berry Leaves: An Alternative Source of Bioactive Natural Products of Nutritional and Medicinal Value. 2016. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4931538/>. Acesso em 09 Set 2020
  • J PHARM BIOMED ANAL . A novel strategy for rapid screening of the complex triterpene saponin mixture present in the methanolic extract of blackberry leaves (Rubus cv. Loch Ness) by UHPLC/QTOF-MS. 2019. Disponível em: <https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/30343243/>. Acesso em 09 Set 2020
  • J PERIODONTAL RES.. Antibacterial Effects of Blackberry Extract Target Periodontopathogens. 2014. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3540108/>. Acesso em 09 Set 2020
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem