Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
Fechar Coronavírus: Informações sobre COVID-19 Ler mais
O que você precisa saber?

Como é feito o tratamento para disfunção erétil

A disfunção erétil é um problema relativamente comum, mas que tem cura. Para isso, é necessário fazer uma avaliação médica adequada em um urologista, para identificar a causa do problema e definira melhor opção de tratamento.

Algumas das terapias mais usadas para tratar a disfunção erétil incluem fazer terapia em casal, usar remédios, tomar injeções, usar aparelhos de vácuo ou, em último caso, fazer uma cirurgia para colocar uma prótese peniana, por exemplo.

É importante destacar que a manutenção da qualidade de vida e saúde é de fundamental importância para evitar a disfunção erétil. O controle do sedentarismo, obesidade, estresse, colesterol, hipertensão arterial e diabetes são imprescindíveis. Deve-se evitar também o uso de drogas, cigarro e consumo exagerado de álcool.

Como é feito o tratamento para disfunção erétil

O tratamento para a disfunção erétil, depende da causa que pode estar na sua origem, como:

1. Estresse e pressão psicológica

Normalmente este tipo de disfunção erétil, conhecida como "impotência psicológica", deve ser tratada através do acompanhamento psicológico ou psiquiátrico, de preferência em casal.

A causa psicológica é bastante frequente, podendo acontecer em consequência de excesso de trabalho, estresse, más experiências sexuais ocorridas na infância ou mesmo na vida adulta. Muitas vezes a disfunção erétil está relacionada a um evento específico e tem um início repentino, como após separação conjugal, alteração do afeto pela parceira ou problemas financeiros.

Normalmente nos casos de disfunção psicológica as ereções matinais e noturnas são mantidas, sendo necessário a toma de remédios apenas se houver alguma outra causa orgânica associada.

2. Diabetes

A disfunção erétil que surge devido a diabetes tem cura, sendo necessário manter controlado todos os fatores relacionados à doença. As alterações vasculares, complicações neurológicas, fatores psicológicos, alterações hormonais e efeitos colaterais dos medicamentos típicos da diabetes devem estar devidamente controlados.

O tratamento deste tipo de disfunção é feito através do controle dos valores de açúcar e da pressão arterial, manutenção do peso ideal, prática de exercícios físicos e idas periódicas ao médico.

3. Uso de cigarro

O primeiro passo para o tratamento de uma disfunção erétil pelo cigarro é parar de fumar. O cigarro reduz o fluxo de sangue nos vasos sanguíneos do órgão sexual masculino, dificultando a ereção ou chegando mesmo a impedi-la, causando a disfunção.

Essas alterações podem acontecer lentamente, mas tudo dependerá do número de cigarros fumados por dia, tempo de tabagismo e associação com outros fatores de risco como hipertensão arterial e diabetes.

O médico também pode prescrever algum tipo de tratamento para ajudar a parar de fumar ou remédios que atuam diretamente no órgão masculino durante o contato íntimo, como sildenafil e cloridrato de apomorfina.

Outros tratamentos para disfunção erétil

Basicamente o tratamento para disfunção erétil pode incluir:

  • Tratamento psicológico: se a causa da disfunção for stress, ansiedade, depressão;
  • Medicamentos: como viagra ou de hormônios masculinos;
  • Alimentação especial: à base de condimentos como alho, cebola e oréganos;
  • Injeções no pênis: Com medicamento indicado antes do contato íntimo;
  • Cirurgia: Colocação de dispositivos que ajudam na ereção;
  • Exercícios para disfunção erétil;
  • Dispositivo a vácuo: estimulam a ereção através do aumento da irrigação sanguínea no local.

Seja qual for a origem da disfunção erétil, geralmente tem cura. Basta que o homem procure ajuda médica e inicie o tratamento o mais rápido possível para melhorar sua qualidade de vida.

Assista o vídeo seguinte e veja como fazer exercícios que ajudam a prevenir e a melhorar a disfunção erétil:

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem