Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Glicosúria Renal: o que é, diagnóstico e tratamento

A glicosúria renal é a excreção de glicose pela urina em pessoas que não apresentam diabetes ou alterações dos níveis de açúcar no sangue. Geralmente, a glicosúria renal é mais frequente em pacientes com alterações renais, como Doença de Wilson ou Cistinose, mas também pode ser um problema hereditário, chamado de glicosúria renal familiar, que passa de pais para filhos.

Normalmente, os rins fazem uma filtragem do sangue, eliminando todas as substâncias que não são necessárias para o funcionamento do corpo, enquanto a glicose é reabsorvida pelo sangue devido sua importância na produção de energia, porém, as pessoas com glicosúria renal não reabsorvem a glicose, o que faz com que seja eliminada na urina.

A glicosúria renal não tem sintomas pois, na maioria dos casos, é uma alteração benigna e, por isso, nem sempre é necessário tratamento, podendo-se ter uma vida completamente normal.

Glicosúria Renal: o que é, diagnóstico e tratamento

Causas de glicose na urina

Além da glicosúria renal, a glicose na urina pode estar presente em outras situações, como por exemplo:

  • Diabetes mellitus;
  • Diabetes gestacional;
  • Pancreatite;
  • Síndrome de Cushing;
  • Câncer de pâncreas;
  • Feocromocitoma;
  • Estresse.

Além de apresentarem glicose na urina, as pessoas com qualquer uma dessas condições normalmente apresentam valores aumentados de glicose no sangue, diferentemente do que acontece na glicosúria renal, em que os níveis de glicose no sangue estão normais.

Outras condições que cursam com aparecimento de glicose na urina e que possuem relação renal são a osteomalácia, a doença de Wilson, a cistinose, a insuficiência renal crônica e a Síndrome de Fanconi, que é uma doença genética rara em que há falência progressiva da medula óssea e pode haver comprometimento renal. Saiba como identificar a doença de Fanconi.

Tratamento para glicosúria renal

O tratamento para glicosúria renal deve ser orientado por um nefrologista porque é necessário fazer exames como, ressonância magnética ou exame de urina para detectar se existe algum problema nos rins que necessite de tratamento específico.

Nos outros casos, não é necessário qualquer tipo de tratamento sendo apenas recomendado fazer exames de urina e de sangue regulares no médico para avaliar a evolução do problema, uma vez que existe maior risco de o paciente desenvolver diabetes.

Diagnóstico da Glicosúria Renal

O diagnóstico da glicosúria renal é feito através de um exame de urina, que detecta a presença de glicose. Este exame pode ser realizado em laboratório de análises clínicas ou no hospital, com materiais e tiras próprias disponíveis nas farmácias.

Normalmente, quando o paciente tem diagnóstico de glicosúria renal, o médico solicita a realização de exame de sangue para verificar a concentração de glicose no sangue e, assim, descartar a diabetes, por exemplo.

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem