Corrimento

publicidade

O corrimento vaginal pode ser acompanhado de mau cheiro, coceira e/ou ardor ao urinar. Ele pode ser causado por diversos microrganismos diferentes e por isso ao notar a sua presença é importante marcar uma consulta com o ginecologista para que ele faça o diagnóstico e indique a melhor forma de tratamento.

Algumas possíveis causas de corrimento:

  • Corrimento branco, tipo leite coalhado com coceira pode ser Candidíase;
  • Corrimento amarelo com mau cheiro pode ser Tricomoníase;
  • Corrimento marrom ou presença de sangue após o contato íntimo pode ser Gonorreia;
  • Corrimento transparente, tipo clara de ovo, pode ser sinal de período fértil;
  • Corrimento rosado pode ser nidação, que indica o início da gravidez;
  • Corrimento amarelo-esverdeado, com mau cheiro, tipo peixe podre, e ardor ao urinar pode ser Vaginose Bacteriana.
  • Corrimento que parece pus e que conta com o sangue após contato íntimo pode ser Clamídia.

Ao observar a presença de algum corrimento deve-se observar atentamente a sua consistência, quantidade e odor para relatar estes parâmetros ao ginecologista o mais rápido possível.

Corrimento na gravidez

O corrimento na gravidez deve ser relatado ao médico, assim que seja possível, para que este possa diagnosticar a causa e indicar o tratamento mais adequado. Qualquer corrimento na gravidez deve ser tratado com o uso de medicamentos pois ele aumenta o risco de parto prematuro e pode trazer complicações para a mulher ou para o bebê.

Tratamento para corrimento

O tratamento para o corrimento varia de acordo com o diagnóstico. O uso dos medicamentos pode ser feito em dose única ou repartido durante 7 dias ou mais, conforme a necessidade. Na maior parte das vezes pode-se indicar:

  • Para tricomoníase: 2g de Secnidazol, em dose única;
  • Para candidíase: 1 comprimido de 150 mg de Fluconazol, de 12 em 12h, por 1 dia;
  • Para vaginose bacteriana: Metronidazol 500 mg, 1 comprimido de 12 em 12 horas, por 5 a 7 dias;
  • Para clamídia: 1g de Azitromicina, em dose única;
  • Para gonorreia: 1g Ciprofloxacino, em dose única.

Referência Bibliográfica

OLIVEIRA RMW. Corrimento vaginal: causa, diagnóstico e tratamento farmacológico. Acesso em Nov. 2011.

Links úteis:

publicidade
Dicas por Email

Dicas Grátis de Saúde, Nutrição, Emagrecimento e muito mais.

publicidade

Atenção: O Tua Saúde é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre de temas relacionados com saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde.

Última atualização do site: 21/10/2014 Última atualização da página: 19/08/2014
© 2007 - 2014 Tua Saúde - Todos os direitos reservados.