Saiba o que pode causar o Corrimento Esverdeado

O Corrimento Esverdeado ou amarelo-esverdeado quando acompanhado de cheiro desagradável, coceira e ardência na região íntima pode ser sinal de Tricomoníase, uma infecção vaginal, ou de vulvovaginite, uma inflamação que ocorre em simultâneo na vulva e na vagina. 

Nestes maior parte dos casos, o Corrimento Esverdeado vem quase sempre acompanhado de outros sintomas, sendo recomendado consultar o médico ginecologista logo que possível, para que este possa indicar o melhor tratamento.

Saiba o que pode causar o Corrimento Esverdeado

Principais Causas do Corrimento Esverdeado

Tricomoníase

A tricomoníase é uma infecção vaginal causada pelo protozoário Tricomonas Vaginalis que pode ser sexualmente transmissível, sendo por isso considerada uma DST (doença sexualmente transmissível). Esta infecção vaginal além de provocar Corrimento Esverdeado, causa também dor durante a relação sexual, cheiro desagradável, irritação e coceira genital, dor ao urinar e aumento da frequência urinária. Conheça todos os sintomas que esta doença pode causar em Tricomoníase

Geralmente, a tricomoníase é tratada recorrendo ao uso de remédios antibióticos como o Metronidazol ou Tinidazol, que devem ser tomados 2 vezes por dia durante 5 a 7 dias de tratamento. 

Vulvovaginite

A vulvovaginite é um inflamação que ocorre em simultâneo na vulva e na vagina, sendo a combinação de uma vulvite (inflamação na vulva) e de uma vaginite (inflamação do revestimento da vagina). Esta inflamação além do Corrimento Esverdeado, causa também irritação, coceira, vermelhidão e inflamação genital, cheiro desagradável, desconforto ou sensação de queimação ao urinar. 

A vulvovaginite pode ter diversas causas, pois pode ser causada por bactérias, fungos, vírus ou outros parasitas ou por substâncias químicas encontradas em espumas, sabonetes ou perfumes, por exemplo. 

Geralmente, o tratamento da vulvovaginite pode ser feito recorrendo ao uso de remédios antibióticos, antifúngicos ou anti-histamínicos, dependendo do tipo e da causa da infecção. Por exemplo, se vulvovaginite estiver a ser causada por uma alergia a algum produto deverão ser usados remédios para a alergia anti-histamínicos para tratar o problema. Saiba mais sobre como é feito o tratamento desta doença em Tratamento para vulvovaginite

Saiba o que pode causar o Corrimento Esverdeado

Tratamento Caseiro para para o Corrimento Esverdeado

Para completar o tratamento, existem alguns cuidados de higiene e dicas caseiras que podem ajudar quando existe corrimento esverdeado, que incluem: 

  • Lavar 2 a 3 vezes por dia a região genital com água corrente sendo dispensável o uso de sabão. Veja algumas dicas sobre como fazer a higiene íntima de forma correta clicando aqui
  • Fazer banhos de assento com água morna ou com Chá de goiabeira, para ajudar a aliviar a coceira na região genital. Veja como preparar um banho de assento usando esse chá em Remédio caseiro para corrimento vaginal
  • Evitar o uso de roupas íntimas sintéticas ou apertadas, apostando nas ropas íntimas de algodão. 

Qualquer alteração no corrimento vaginal pode ser uma forma do organismo avisar de que existe algum problema, sendo por isso um alerta para procurar o médico ginecologista logo que possível. Aprenda a identificar o que quer dizer cada cor de Corrimento Vaginal clicando aqui

Mais sobre este assunto: