Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Perigos dos Medicamentos para Emagrecer

Dentre os perigos do uso dos medicamentos para emagrecer pode-se citar a dependência química, o efeito sanfona e os efeitos colaterais indesejados.

No Brasil, os medicamentos para emagrecer atuam de 3 maneiras, inibindo o apetite, aumentando a saciedade ou não absorvendo a gordura ingerida. Cada um deles apresenta um efeito colateral diferente. Alguns exemplos são:

  • Inibidores do apetite: Anfepramona, Mazindol e Femproporex, que podem causar taquicardia, sensação de boca seca, insônia, ansiedade, depressão. Estes, não devem ser utilizados por indivíduos com problemas psiquiátricos.
  • Dentre a classe dos saciantes estão a Sibutramina e o Rimonabanto, que podem gerar boca seca, prisão de ventre, insônia, taquicardia, tontura, enjôo, depressão ou diarréia.
  • Na classe dos inibidores da absorção de gorduras, pode-se citar  Xenical, que pode causar distúrbios gastrointestinais indesejados como a diarreia e a anemia.

Cabe ao médico decidir se o indivíduo deve, além da dieta, tomar algum remédio para emagrecer, pois ele está apto para decidir entre o risco/benefício. Nenhum medicamento deve ser tomado sem aconselhamento médico.

Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem