Chá de casca de laranja: para que serve e como fazer

Novembro 2021

O chá de casca de laranja é rico em vitamina C e flavonoides, como a hesperidina e a nobiletina, que contêm propriedades antioxidantes, fortalecendo o sistema imunológico e ajudando na prevenção de problemas, como câncer, pressão alta, diabetes e gripe.

Além disso, o chá de casca de laranja é uma boa opção para auxiliar no emagrecimento, pois tem ótimas quantidades de potássio, um mineral com propriedades diuréticas, ajudando a eliminar o excesso de líquido corporal e desinchando a barriga.

O chá é preparado com a casca fresca ou desidratada da laranja, e pode ser consumido puro ou com canela, gengibre e mel, variando, assim, os sabores e os nutrientes da bebida. No entanto, para se obter os benefícios desse chá, é recomendado também manter uma alimentação saudável, bem como praticar exercícios físicos regularmente.

Chá de casca de laranja: para que serve e como fazer

O chá de casca de laranja contém mais vitamina C, vitamina A e potássio que a polpa da fruta, além de conter maior teor de antioxidantes que fortalecem o sistema imunológico e combatem os radicais livres. Confira as informações nutricionais da casca da laranja e da polpa da fruta.

Portanto, os benefícios do consumo desse chá para a saúde são:

1. Ajudar no emagrecimento

Por conter ótimas quantidades de potássio, o chá de casca de laranja promove a eliminação do excesso de líquido corporal, desinchando a barriga e contribuindo para o emagrecimento.

Além disso, a casca da laranja tem 4 vezes mais fibras que a fruta, sendo este chá uma boa opção para ajudar a prolongar a saciedade e controlar a vontade de comer.

2. Prevenir câncer

O chá de casca de laranja é rico em vitamina C e flavonoides, como a hesperidina e a naringenina, que possuem ação antioxidante, ajudando a combater o excesso de radicais livres e prevenindo, assim, alguns tipos de câncer.

3. Auxiliar no tratamento de varizes

A casca de laranja tem ótimas quantidades de hesperidina, um flavonoide que tem propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes, melhorando a circulação de sangue.

Por isso, o chá de casca de laranja pode ser uma boa opção para prevenir e auxiliar no tratamento de varizes e de pernas cansadas.

4. Controlar a pressão alta

O chá de casca de laranja tem boas quantidades de potássio, um mineral que ajuda a eliminar o excesso de sódio do organismo pela urina, auxiliando no controle da pressão alta.

Além disso, a casca da laranja contém ótimas quantidades de antioxidantes, como hesperidina e nobiletina, que melhoram a saúde das artérias e impedem a formação de radicais livres, prevenindo a pressão alta.

5. Prevenir gripes e resfriados

Por conter 3 vezes mais vitamina C que a fruta, o chá de casca de laranja ajuda a fortalecer o sistema imunológico, prevenindo resfriados. Veja algumas receitas com casca de laranja para prevenir e combater resfriados.

Os antioxidantes, como hesperidina, nobiletina e naringenina, presentes em boas quantidades na casca de laranja tornam este chá uma boa opção para combater o excesso de radicais livres e evitar a gripe.

6. Prevenir doenças neurodegenerativas

O chá de casca de laranja contém boas quantidades dos flavonoides nobiletina e tangeretina, que possuem funções anti-inflamatórias e antioxidantes, protegendo as células do sistema nervoso central contra os radicais livres, podendo ajudar na prevenção de doenças como demência, Alzheimer  e mal de Parkinson.

7. Prevenir diabetes

Por conter excelentes quantidades de antioxidantes, o chá de casca de laranja ajuda a melhorar as funções da insulina, hormônio responsável pelo controle dos níveis de açúcar no sangue, prevenindo a diabetes.

8. Desintoxicar o fígado

O chá de laranja possui propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes, que combatem os radicais livres, além de proteger e melhorar as funções do fígado, contribuindo, assim, na eliminação de toxinas do organismo.

Como preparar o chá de casca de laranja

O chá de casca de laranja pode ser feito com as cascas secas ou frescas da fruta, sendo recomendado priorizar, quando possível, as versões orgânica ou agroecológica da fruta, já que não contêm agrotóxicos, que são produtos químicos que são usados para matar insetos nas plantas. Veja o que são e como evitar o consumo de agrotóxicos.

Os nutrientes presentes na casca da laranja são preservados mesmo quando aquecidos até 70ºC, desde que o chá não seja reaquecido e que seja consumido em um intervalo máximo de 20 minutos após o preparo.

1. Chá de casca de laranja

Ingredientes:

  • 1 colher de sopa de cascas de laranja fresca ou desidratada (sem a parte branca);
  • 200 ml de água.

Modo de preparo:

Ao usar a casca fresca, deve-se lavar bem a laranja antes de descascar. Ferver a água em uma chaleira ou panela. Desligar o fogo, deixar a água amornar um pouco e adicionar as cascas de laranja. Deixar repousar por 5 a 10 minutos e beber em seguida, sem adicionar açúcar ou adoçante.

2. Chá de casca de laranja com canela

Ingredientes:

  • 1 colher de sopa de cascas de laranja fresca ou desidratada (sem a parte branca);
  • 200 ml de água;
  • 1 pedaço pequeno de canela em pau.

Modo de preparo:

Se preferir usar a casca fresca, é importante lavar bem a laranja antes de descascar. Ferver a água em uma panela. Apagar o fogo, deixar a água amornar um pouco e acrescentar a canela em pau e as cascas de laranja. Tampar e deixar repousar por 5 a 10 minutos. Retirar a canela e as cascas de laranja e beber, sem colocar açúcar ou adoçante.

Cuidados com o consumo do chá

A casca de laranja pode conter agrotóxicos, podendo causar sintomas simples, dor de cabeça ou vômitos, ou problemas mais graves, como alteração hormonal e câncer. Por isso, sempre que possível, deve-se priorizar as laranjas orgânicas ou agroecológicas, que não contém agrotóxicos, evitando, assim, a ingestão destes compostos.

Além disso, é importante evitar a exposição solar até 6 horas após manusear as cascas de laranja durante o preparo do chá, pois a casca contém compostos fotossensíveis que podem causar queimadura na pele.

Esta informação foi útil?
Atualizado por Karla S. Leal, Nutricionista - em Novembro de 2021.

Bibliografia

  • ZHENG, Yizhou et al. Metabolism and pharmacological activities of the natural health-benefiting compound diosmin. Food & Function journal. Vol.11. 10.ed; 8472-8492, 2020
  • RAMÍREZ. E. J. A.; HÜBSCHER. G. H. . Laranja: em defesa de seu uso como alimento funcional . Nutrire- Sociedade Brasileira de Alimentação e Nutrição. Vol.36. 3.ed; 79*91, 2011
  • UNITED STATES DEPARTMENT OF AGRICULTURE AGRICULTURAL RESEARCH SERVICE . USDA Food Composition Database. Disponível em: <https://ndb.nal.usda.gov/ndb/search/list?home=true>. Acesso em 05 Nov 2021
  • PEREIRA, E, MILENE. Resíduos de laranja como fonte de enzimas e compostos bioativos. Projeto de conclusão de mestrado , 2017. Universidade Estadual Paulista.
  • TEJADA, S.; et al. Potential Anti-inflammatory Effects of Hesperidin from the Genus Citrus. Curr Med Chem. 25. 37; 4929-4945, 2018
  • NAKAJIMA, Akira; and OHIZUMI, Yasushi. Potential Benefits of Nobiletin, A Citrus Flavonoid, against Alzheimer’s Disease and Parkinson’s Disease. International Journal of Molecular Sciences . 2019. 4.ed; 1-14, Vol.20
  • Nady Braidy et al. Neuroprotective Effects of Citrus Fruit-Derived Flavonoids, Nobiletin and Tangeretin in Alzheimer's and Parkinson's Disease. CNS & Neurological Disorders - Drug Targets. Vol.16. 4.ed; 387-397, 2017
Mais sobre este assunto: