Sintomas de HPV

Os sintomas do HPV incluem a presença de várias verrugas, que aparecem na região genital masculina ou feminina ou até na boca e podem ser facilmente visíveis ou apenas serem identificadas através de exame microscópico.

No entanto, em muitos casos, apesar do indivíduo estar infectado com o vírus do HPV, a doença pode não apresentar sintomas, sendo importante o uso de preservativo em todas as relações sexuais como forma de prevenção mais eficaz.

Sintomas do HPV no homem

Os sintomas do HPV no homem incluem a presença de várias verrugas de tamanhos variáveis na zona genital masculina, como no pênis, escroto, ou no ânus, que podem estar tão juntas que formam placas.

No entanto, o homem, apesar de estar contaminado com o vírus do HPV, pode não apresentar sintomas, embora possa transmitir a doença a outros através do contato íntimo sem preservativo. Saiba mais em: HPV no homem.

Sintomas do HPV na mulher

Os sintomas do HPV na mulher incluem a presença de várias verrugas de tamanhos variáveis na vulva, grandes ou pequenos lábios, parede vaginal, útero ou ânus, e que tal como no homem, podem estar tão juntas que formam placas.

Além disso, pode surgir a presença de corrimento, não sendo tão comum.

Sintomas do HPV na boca e garganta

O sintomas do HPV na boca incluem várias pequenas verrugas de tamanhos variáveis que podem estar nos lábios, bochechas ou língua.

O HPV na boca pode também afetar qualquer outro local da boca e até a garganta. Saiba mais sobre este tipo de HPV em: HPV na boca.

Diagnóstico do HPV

O diagnóstico do HPV pode ser feito através do exame clínico-visual, porém, em alguns casos, quando as verrugas são muito pequenas e, é necessário um exame microscópico.

Além disso, na mulher, as lesões do colo do útero relacionadas com o HPV podem ser detectadas pelo teste de Papanicolau.

Tratamento para HPV

O tratamento para o HPV consiste em utilizar pomadas específicas diariamente entre 6 meses a 2 anos. Algumas lesões do HPV podem ainda ser tratadas com a utilização da cauterização ou laser, sendo que o dermatologista ou ginecologista decide qual tratamento é mais indicado. Veja também: Tratamento do HPV.

Links úteis: