Anemia

publicidade

A anemia é caracterizada pela pouca quantidade de sangue ou de elementos do sangue no organismo, que gera sintomas como cansaço, sono e palidez. Seu tratamento deve ser feito com medicamentos e boa alimentação.

Existem muitos tipos de anemia que, em geral, manifestam sintomas semelhantes, mas têm causas diferentes. São eles:

  • Anemia falciforme: anemia genética onde as células vermelhas do sangue são deformadas, com baixa capacidade de transportar oxigênio.
  • Anemia ferropriva: anemia mais comum, causada geralmente pela alimentação pobre em ferro.
  • Anemia perniciosa: anemia que se desenvolve pela falta da vitamina B12.
  • Anemia hemolítica: anemia causada pela destruição das células vermelhas pelo próprio organismo.
  • Anemia aplástica: anemia causada pela produção insuficiente de células vermelhas pela medula óssea.
  • Anemia de fanconi: anemia de origem genética onde há deficiência na produção de células vermelhas.
  • Anemia megaloblástica: anemia onde há células vermelhas grandes e menor quantidade de plaquetas e de glóbulos brancos.
  • Anemia refratária: anemia causada pela baixa produção de glóbulos vermelhos ou eritrócitos pela medula óssea.

O tratamento da anemia deve ser orientado pelo médico clínico geral, mas nos casos mais raros de anemia, pode-se recorrer ao hematologista.

Sintomas da Anemia

Os sintomas da anemia podem incluir:

  • Sono; fraqueza; sensação de desmaio; palidez; falta de apetite;
  • Tontura; cansaço; indisposição; dor de cabeça;
  • Unhas fracas; pele seca; queda de cabelo; dor nas pernas;
  • Inchaço dos tornozelos; falhas na memória; dificuldades de concentração.

Nem todos estes sintomas precisam estar presentes para o médico desconfiar de anemia. 

Causas da Anemia

As causas da anemia podem ser:

  • Má alimentação, consumo de poucos alimentos ricos em ferro;
  • Hemorragia de maneira súbita ou gradual por longos meses;
  • Destruição das células eritrócitos;
  • Falha na produção de células sanguíneas;
  • Falta do hormônio eritropoetina no sangue.

Outras possíveis causas da anemia podem ser doenças como leucemia, câncer, doenças do fígado ou úlcera gástrica, por exemplo.

Diagnóstico da Anemia

O diagnóstico da anemia pode ser feito através do exame de sangue chamado hemograma.

Idade/ sexoHemoglobina Hb (g/dL)Hematocrito Ht (%)
6 meses a 5 anos1133
de 5 a 11 anos1,534
de 12 a 13 anos1236
mulheres1236
mulheres grávidas1133
homens1339

A anemia está presente quando o exame de sangue apresentar esses dados combinados ou valores inferiores a estes. Valores muito baixos podem indicar anemia profunda.

Tratamento para Anemia

O tratamento da anemia é relacionado a sua causa e pode ser:

  • Suplementação de 60 mg de ferro ou sulfato ferroso por dia, por 3 a 4 meses. Ao tomar o medicamento, deve-se também tomar 1 copo de suco de fruta cítrica para aumentar a sua absorção pelo organismo.
  • Transfusão sanguínea, nos casos muito graves.
  • Suplementação de outras vitaminas ou outros sais minerais.
  • Tratamento da doença que deu origem a anemia.

O tratamento da anemia deverá ser realizado até que os valores do hemograma estejam dentro do ideal.

Anemia na Gravidez

A anemia é uma condição comum na gravidez, mas que pode ser grave, porque durante a gestação as necessidades de ferro aumentam e, se durante o parto a mulher perder muito sangue, ela pode vir a desenvolver uma anemia profunda, dificultando o cuidado do recém-nascido.

Para evitar ou tratar a anemia na gravidez recomenda-se o consumo diário de alimentos ricos em ferro, como os de origem animal e as frutas ricas em ferro. Exemplos dessas frutas são a ameixa preta seca, damasco e morangos. O médico poderá indicar a suplementação de ferro e de ácido fólico para prevenir ou tratar a anemia durante a gravidez.

Anemia causa leucemia?

A anemia nunca poderá causar leucemia, pois ela não consegue alterar as células sanguíneas e gerar este tipo de câncer.

Links úteis:

Dicas por Email

Dicas Grátis de Saúde, Nutrição, Emagrecimento e muito mais.

publicidade

Atenção: O Tua Saúde é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre de temas relacionados com saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde.

Última data de atualização do site: 15/04/2014 Última data de atualização da página: 29/01/2014
© 2007 - 2014 Tua Saúde - Todos os direitos reservados.