Sintomas da sífilis

Os sintomas da sífilis se manifestam entre 1 e 12 semanas após a infecção, começando com o aparecimento de uma ferida na região genital que não sangra e é indolor, mas que, quando friccionada, libera um líquido transparente.

No entanto, os sintomas da sífilis são diferentes dependendo do tempo de infecção e, por isso, a sífilis é classificada como sendo primária, secundária ou terciária. Além disso, a sífilis também pode ser congênita, que é quando o bebê nasce de uma mãe contaminada com a doença.

Veja como se proteger da sífilis em: Como se pega sífilis?

Fotos dos sintomas da sífilis

Sintomas da sífilis primária

Os primeiros sintomas da sífilis, que caracterizam a sífilis primária são:

  • Uma única ferida arredondada e endurecida que não causa dor, localizada na região íntima ou na boca;
  • Inchaço das ínguas junto da ferida.

Quando esta ferida não é devidamente tratada ela pode continuar por cerca de 6 semanas e depois desaparece espontaneamente, mas isto não representa a cura da doença, mas sim o seu agravamento.

Sintomas da sífilis secundária

Os sintomas da sífilis secundária aparecem de 6 a 8 semanas após o surgimento da primeira ferida da sífilis, e podem ser:

  • Várias pequenas manchas arredondadas ou ovais avermelhadas ou rosadas que podem surgir especialmente no tronco, palma das mãos e sola dos pés;
  • Febre constante acima de 38ºC;
  • Dor de garganta e de cabeça frequente;
  • Perda de peso sem razão aparente.

Assim como ocorre na sífilis primária se a doença não for tratada as feridas podem desaparecer espontaneamente dentro de 1 a 6 meses, mas isto não representa a cura da sífilis, mas o seu agravamento para sífilis terciária.

Sintomas da sífilis terciária

O sintoma da sífilis terciária podem surgir de 1 a 30 anos após o surgimento da primeira ferida da sífilis, mas, neste caso, a bactéria que causa a doença já chegou ao sistema nervoso central, causando:

  • Dor de cabeça constante;
  • Náuseas e vômitos frequentes;
  • Rigidez do pescoço com dificuldade para movimentar a cabeça;
  • convulsões, uveíte, irite e perda auditiva quando a sífilis afeta as meninges;
  • Dor de cabeça, vertigem, insônia e síndrome do acidente vascular encefálico quando a sífilis afeta a meninge refletindo meningite e vasculite associadas;
  • Reflexos exagerados, pupilas dilatadas, delírios, alucinações, diminuição da memória recente, da capacidade de orientação, de realizar cálculos matemáticos simples e fala quando há paresia geral.

Além disso, a sífilis terciária pode provocar complicações graves como danos permanentes no cérebro, nervos, olhos, coração, vasos sanguíneos, fígado, ossos ou articulações.

Assim, embora seja possível tratar a doença nesta fase com injeções de penicilina, deve-se fazer o tratamento da doença logo após o surgimento dos primeiros sintomas de sífilis para evitar as complicações.

Sintomas da sífilis congênita

Os sintomas da sífilis congênita, normalmente, surgem a partir da 2ª semana de vida do bebê e incluem:

  • Manchas arredondadas de cor vermelho pálido ou cor de rosa na pele, incluindo a palma das mãos e a sola dos pés;
  • Febre acima de 37,5ºC;
  • Irritabilidade fácil;
  • Perda de apetite e da vontade para brincar.

​O tratamento para sífilis congênita pode ser feito com o uso de 2 injeções de penicilina por 10 dias ou 2 injeções de penicilina por 14 dias, dependendo da idade da criança.

Veja como tratar e atingir a cura desta doença em:

Dicas por Email

Dicas Grátis de Saúde, Nutrição, Emagrecimento e muito mais.