Sífilis tem cura

publicidade

A sífilis é uma doença sexualmente transmissível grave, porém, quando é devidamente tratada, tem cerca de 98% de chance de cura. A cura da sífilis pode ser alcançada em 1 ou 2 semanas de tratamento, mas há casos onde ela pode perdurar por 2 anos ou mais.

A maior causa de abandono do tratamento é achar que a doença já foi vencida, por já não haver nenhum sintoma aparente e por isso é importante seguir todas as orientações médicas até que o médico diga que se está curado.

Exames que testificam a cura da sífilis

Os exames que testificam a cura da sífilis são o exame de sangue VDRL e o exame do líquor.

A cura da sífilis é alcançada quando os exames de VDRL e do líquor são considerados normais, entre 6 e 12 meses após o início do tratamento. Considera-se os exames normais quando há uma diminuição de 4 titulações na quantidade de anticorpos circulantes no sangue, por exemplo:

  • VDRL cai de 1/64 para 1/16
  • VDRL cai de 1/32 para 1/8
  • VDRL cai de 1/128 para 1/32

Não é necessário que os valores de VDRL sejam iguais a zero para dizer que a cura da sífilis foi alcançada.

Após alcançar a cura, o indivíduo poderá ser novamente contaminado se for novamente exposto ao treponema pallidum, uma espécie de bactéria gram-negativa. Por isso, recomenda-se o uso do preservativo em todas as relações.

Tratamento para curar a sífilis

O tratamento para curar a sífilis é feito com o uso de injeções semanais de penicilina. A concentração de penicilina, a quantidade de doses e de dias em que devem ser tomadas variam de acordo com o tempo que a doença está instalada no indivíduo.

Veja mais detalhes de como deve ser feito o tratamento da sífilis.

publicidade
Dicas por Email

Dicas Grátis de Saúde, Nutrição, Emagrecimento e muito mais.

publicidade